Notas Econômicas – 18 a 22 de abril de 2022

154

Coleta de informações semanais feita pelo Economista Paulo Roberto Bretas.
Na próxima semana, não haverá a edição das Notas Econômicas por conta das justas férias do autor.

Ao promover um indulto individual pela primeira vez na história da República (confira abaixo), favorecendo o deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), o presidente Jair Bolsonaro (PL) não só abriu mais um capítulo de brigas contra o Supremo Tribunal Federal (STF). Por dez votos contra um, o representante fluminense foi condenado a nove anos de prisão e multa. Ao conceder a “graça” do perdão da pena o governo sinaliza que vai explorar o acirramento do ódio às instituições no período eleitoral, que será marcado por turbulências. Muitos terão saudades das eleições de 2018, como as mais sujas. Definitivamente, o Brasil não tende a viver anos de tranquilidade pela frente. (Radar do Futuro)

EM 2022 O BRASIL COMEMORA 200 ANOS DE INDEPENDÊNCIA.

A apresentação de uma ópera tendo como barítono José Bonifácio, de soprano a imperatriz Leopoldina e contando na orquestra com cavaquinho e um batalhão de percussionistas. Esse é o projeto que o maestro Jorge Antunes, pioneiro da música eletroacústica brasileira nos anos 1960, prepara para a comemoração este ano do bicentenário da Independência. Leopoldina, nome da obra, feita em parceria com o libretista Gerson Valle, pretende contar a separação do Brasil e de Portugal pela ótica da princesa austríaca que seria nossa primeira imperatriz. Vários teatros já manifestaram interesse em receber a ópera, mas as dimensões de sua concepção exigem que todas as restrições impostas pela covid-19 já tenham sido levantadas. (Folha) (Meio)

Economia e Finanças

Paulo Gala: “Nos dois primeiros meses de 2022 o valor total de nossas exportações foi 36% maior do que no mesmo bimestre de 2021. O volume de bens exportados cresceu 17% e os preços do que exportamos subiram 16% na mesma comparação. Os preços de importação também subiram muito, 34%, mas os volumes importados tiveram queda de quase 3% na comparação entre esses mesmos bimestres. Em março a balança comercial teve superavit de US$ 7,4 bilhões e até a segunda semana de abril registramos superávit de US$ 15,36 bilhões no acumulado do ano. A corrente de comércio, soma de exportações e importações, subiu 20,5% em relação a 2021, para US$ 147,1 bilhões, com as exportações chegando a US$ 81,23 bilhões e as importações a US$ 65,87 bilhões. Os dados que já temos para 2022 apontam para um superávit em nossa balança comercial de mais de US$ 80 bilhões, um feito histórico. Na mente dos investidores estrangeiros, o Brasil se consolida como o paraíso das commodities, o que ajuda a trazer dinheiro ao país. Por tudo isso, o real readquiriu seu status de “commodity-currency”: moedas que se apreciam muito em booms de commodities”. (Blog do Paulo Gala)

Toda Riqueza da Capital: Brasília comemora mais um aniversário sendo a região mais rica do país em renda média per capita domiciliar. Segundo dados mais atualizados do IBGE, o Distrito Federal atingiu R$ 2.384 em 2020. O valor é 260% superior ao do Estado mais pobre, o Maranhão (R$ 662). (Poder 360)

Comércio Recorde Entre Brasil e Estados Unidos 1: Entre janeiro e março de 2022, a corrente de comércio (soma de exportações e importações) dos países atingiu US$ 19 bilhões, um incremento de 40,2% ante o mesmo período de 2021 e o maior valor para um primeiro trimestre de toda a série, iniciada em 1989. (Valor)

Comércio Recorde Entre Brasil e Estados Unidos 2: As exportações brasileiras para os EUA cresceram 35,9% nos três primeiros meses de 2022, ante igual período de 2021, atingindo US$ 7,6 bilhões. Já as compras brasileiras dos EUA somaram US$ 11,4 bilhões, alta de 43,2%. (Valor)

FMI Analisa o Crescimento da Dívida Privada 1: Segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), no seu relatório “Dívida do setor privado e a recuperação global”, o crescimento recorde da dívida privada deve retardar a recuperação econômica, mas o grau de atraso da retomada vai variar entre os países e dentro deles. Tal variação terá impactos nas medidas de aperto ou alívio fiscal e, consequentemente, nas taxas de crescimento econômico desses países. (Valor)

FMI Analisa o Crescimento da Dívida Privada 2: Então, a dívida privada global aumentou para 13% do produto interno bruto mundial em 2020 — mais do que durante a crise financeira de 2008. Para o FMI, essa alavancagem pode retardar a recuperação econômica em 0,9% do PIB nas economias mais ricas e 1,3% nos países emergentes, em média, nos próximos três anos. (Valor)

Seguros de Vida 1: Segundo informações do relatório da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi), com base nos dados divulgados pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), os seguros de pessoas alcançaram R$ 4,2 bilhões em prêmios em fevereiro de 2022, resultado 3,8% maior do que o mês anterior. (Valor)

Seguros de Vida 2: Os sinistros somaram R$ 1,1 bilhão, com leve alta de 0,3% em relação a janeiro de 2022. O mercado segurador já pagou R$ 6,3 bilhões em indenizações por mortes decorrentes da covid-19, entre abril de 2020 e fevereiro de 2022. Ao todo foram registrados mais de 170 mil sinistros durante o período. (Valor)

Força da Vale e da Petrobras: Para se ter ideia da força de Vale e Petrobras hoje, basta observar que em 2021 essas duas companhias distribuíram mais dividendos do que todas as empresas da bolsa brasileira somadas. (Blog do Paulo Gala)

Privatização da Eletrobras: Sem maiores surpresas, o ministro Aroldo Cedraz, relator do processo de privatização da Eletrobras no Tribunal de Contas da União (TCU), quer que o governo revise o preço mínimo da ação da empresa usado como referência para a operação. Também sugere que uma eventual volta do controle estatal seja facilitada. (Valor)

Monitor do PIB 1: O Monitor do PIB divulgado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre), aponta crescimento de 0,6% na atividade econômica em fevereiro, na série dessazonalizada, em comparação a janeiro. (Valor)

Monitor do PIB 2: Como decorrência do crescimento do setor serviços, o Monitor do PIB mostra um avanço de 1,1% no trimestre móvel encerrado em fevereiro, em relação ao trimestre encerrado em novembro. Na comparação interanual, a economia brasileira avançou 1,2% em fevereiro e 1,7% no trimestre móvel encerrado em fevereiro. (Valor)

Formação Bruta de Capital Fixo: Conhecida como uma das formas de medir o avanço nos investimentos, a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) cresceu 0,4% no trimestre móvel findo em fevereiro em comparação ao mesmo trimestre do ano anterior, segundo o FGV Ibre. Apenas o componente de máquinas e equipamentos apresentou retração nesta comparação, devido a quedas disseminadas entre diversos segmentos deste componente, com destaque para os caminhões, outros veículos e outras máquinas e equipamentos. O Monitor mostra ainda que a taxa de investimento em fevereiro de 2022 foi de 19,9% do PIB, na série a valores correntes. (Valor)

Projeções do FMI para o Brasil 1: Segundo previsões do relatório Monitor Fiscal do Fundo Monetário Internacional (FMI) a estimativa é que a dívida bruta brasileira fique em 91,9% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2022, uma queda em relação aos 93% do PIB de 2021. Se concretizada a projeção, será o segundo recuo anual consecutivo do indicador, que ficou em 98,7% do PIB em 2020. Para o próximo ano, porém, o FMI projeta uma alta da dívida bruta, para 92,8% do PIB.  Lembramos que índices de preços elevados contribuem para aumentar a arrecadação de impostos, além de inflar o PIB em termos nominais. (Valor)

Projeções do FMI para o Brasil 2: O FMI também elevou de 0,3% para 0,8% a previsão para o avanço do PIB, em 2022. Para 2023, porém, houve uma pequena redução na projeção, de uma expansão de 1,6% para 1,4%. (Valor)

Interesse dos Estrangeiros na Dívida 1: Houve uma tímida recuperação da participação dos investidores estrangeiros na dívida brasileira vista a partir do último trimestre de 2021, contudo a recuperação deu sinais de perda de fôlego. Mas, segundo analistas, a atratividade dos títulos do governo tem aumentado com a alta dos juros e, assim, o interesse do capital externo deve voltar a crescer. (Valor)

Interesse dos Estrangeiros na Dívida 2: Em fevereiro, mês em que teve início a guerra na Ucrânia, os não residentes reduziram a participação na dívida brasileira interna de 10,53% para 9,98%, segundo o mais recente Relatório Mensal da Dívida Pública do Tesouro Nacional. Em números absolutos, isso representa cerca de R$ 550 bilhões. (Valor)

Previsão de Superávit para as Transações Correntes: No Relatório de Inflação do primeiro trimestre, o BC elevou sua projeção saldo da balança comercial em 2022 de US$ 52 bilhões para US$ 83 bilhões, incorporando a alta nos preços internacionais de commodities. Com isso e um déficit ainda historicamente contido em outras rubricas, como serviços e rendas, sua previsão para as transações correntes em 2022 passou de um déficit de US$ 21 bilhões para superávit de US$ 5 bilhões. (Valor)

Inflação

Caminhoneiros Contra Alta dos Combustíveis: Caminhoneiros ligados à Associação Nacional de Transporte no Brasil Liberdade e Trabalho começarão uma caravana pelo Brasil saindo de Curitiba (PR) no dia 20 de maio em protesto contra a política de preços da Petrobras. A expectativa é de que a carreata dure 2 meses e termine em Brasília. A intenção é que não seja um movimento exclusivo dos transportadores e que a população também seja convocada a participar. O movimento também pedirá a reestatização de empresas tidas como estratégicas ao Brasil, como a Vale do Rio Doce. (Poder 360)

Índice de Preço ao Consumidor Semanal Acelera: O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou para 1,84%, na segunda leitura de abril, vindo de 1,62% na semana imediatamente anterior, a primeira do mês, e acumulando alta de 11,45% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). (Valor)

Inflação dos Importados 1: Segundo os dados do Indicador de Comércio Exterior (Icomex), do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre), o aumento de preços de bens importados se acelerou e se espalhou no início de 2022. Os preços médios de importação subiram 32,8% de janeiro a março deste ano contra igual período de 2021, enquanto o volume das compras externas caiu 4,3%. (Valor)

Inflação dos Importados 2: Pode-se afirmar que a elevação de preços nas importações foi relativamente disseminada, com alta de 53,1% nas commodities e de 30,8% nas não commodities, aumentando, segundo especialistas, a preocupação com os efeitos na inflação doméstica. (Valor)

IGP-M Acelera Alta: Segundo informações da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) registrou inflação de 1,85% na segunda prévia de abril, após marcar 0,90% na mesma leitura do mês anterior e 1,74% no encerramento de março.(Valor)

Inflação do Aço: Automóveis devem ficar mais caros. A Usiminas reajustou os preços do aço fornecido a montadoras entre 50% e 60% a partir de 1º de abril, segundo informações do vice-presidente comercial da siderúrgica, Miguel Homes. Esses contratos são renegociados anualmente, refletindo a evolução dos custos das matérias-primas nos 12 meses anteriores. (Valor)

Governo e Ambiente Político

Bolsonaro Segue em Guerra Contra a Democracia: Pela primeira vez na República um presidente faz uso de um indulto individual. O presidente Bolsonaro (PL) abriu contra o STF sua mais grave crise ao anunciar a graça presidencial, um indulto individual, ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ). Na véspera, a Corte havia condenado o parlamentar a oito anos e nove meses de prisão por atentar contra a democracia, defendendo a volta do AI-5 e incitando agressões aos ministros do Supremo. Em sua live semanal, Bolsonaro justificou a decisão dizendo que “a liberdade de expressão é pilar essencial da sociedade em todas as suas manifestações” e que havia uma “legítima comoção” na sociedade com a sentença. Silveira foi condenado por 10 votos a 1. Somente o revisor, ministro Nunes Marques, indicado por Bolsonaro, votou pela absolvição. (CNN Brasil) (Meio)

Vera Magalhães: “Sim, o indulto pessoal, ou graça, é uma previsão constitucional. Não, Bolsonaro não está pensando nisso, e sim em insultar, desta vez de forma frontal, o Judiciário. Está conclamando seus seguidores à guerra, e a batalha final todos sabem qual é: a eleição. Se os representantes das instituições anuírem ao indulto, qual o limite para a escalada de Bolsonaro em usar prerrogativas do cargo para desrespeitar os demais Poderes? É necessário que a resposta do Supremo seja tão célere quanto a canetada de Bolsonaro.” (Globo) (Meio)

E o Moro, Quem Diria: depois de ver barradas suas candidaturas à presidência e ao Senado, o ex-ministro Sérgio Moro (União Brasil) disse que poderá não concorrer a qualquer cargo em outubro. Tal situação frustraria os planos do partido, que filiou Moro na expectativa de que o ex-juiz da Lava-Jato seja um “puxador de votos” para a Câmara. (CNN Brasil) (Meio)

Whatsapp Dificultando Fake News: Bolsonaro (PL) está indignado com a decisão do Whatsapp de só liberar para o Brasil uma ferramenta de disparo em massa de mensagens após as eleições. O atual presidente da República mandou que o ministro das Comunicações, Fábio Faria, marcasse uma reunião com representantes do aplicativo. O adiamento do serviço “Comunidades”, que permite grupos com milhares de participantes, foi resultado de um acordo com o TSE para evitar a disseminação de notícias falsas durante a campanha eleitoral. Para Bolsonaro, o pacto é “inadmissível, inaceitável e não vai ser cumprido”. (Metrópoles) (Meio)

Um Visitante Assíduo ao Planalto: O pastor Arilton Moura, suspeito de cobrar propina para liberação de verbas do MEC, esteve 35 vezes no Palácio do Planalto desde o início do governo Bolsonaro. A informação foi divulgada pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), que antes havia estabelecido sigilo sobre os registros. Seis das visitas aconteceram depois de o MEC comunicar à Controladoria-Geral da União (CGU) um pedido de apuração sobre suspeitas de propina na pasta. A Casa Civil apagou de sua conta no Flickr fotos de encontros entre Moura e o ministro Ciro Nogueira. Gilmar Santos, outro pastor suspeito de favorecimento, foi ao palácio dez vezes, sempre acompanhando o colega. (g1) (Meio)

Bolsonaro Herda Votos de Moro: Vejam como funciona a direita brasileira. A Pesquisa PoderData realizada de 10 a 12 de abril mostra que 62% dos eleitores de Bolsonaro (PL) em 2018 têm intenção de repetir seu voto no pleito de 2022. O percentual saltou 15 pontos percentuais em 1 mês, indicando que a saída do ex-ministro Moro (União Brasil) da corrida presidencial ampliou a intenção de voto no presidente. (Poder 360)

Lula Também Herdou Alguns Votos de Moro: Em seguida a Bolsonaro o segundo herdeiro dos votos de Sérgio Moro é o ex-presidente Lula (PT), com 17% do voto bolsonarista das últimas eleições, redução de 3% ante o levantamento anterior, uma variação dentro da margem de erro. (Poder 360)

Relatório da Comissão Nacional da Verdade: Em 10 de dezembro de 2014, a Comissão Nacional da Verdade divulgou um relatório no qual responsabilizou 377 pessoas por crimes cometidos durante a ditadura, entre os quais tortura e assassinatos. O documento também apontou 434 mortos e desaparecidos na ditadura, e 230 locais de violações de direitos humanos. (Poder 360)

TCU Abre Investigações sobre Compra de Próteses: O TCU (Tribunal de Contas da União) abriu uma investigação sobre processos de compra de 60 próteses penianas infláveis para unidades ligadas ao Exército. Foram destinados R$ 3,5 milhões para a aquisição. O relator do caso é o ministro Vital do Rêgo. O TCU também investigará a compra de 35.000 comprimidos de Viagra para as Forças Armadas com superfaturamento de cerca de 143%. O relator será o ministro Weder de Oliveira. A medida atende a representações de Vaz e Kajuru. (Poder 360) (Meio)

Áudios Inéditos Confirmam Torturas: Gravações inéditas de sessões do STM (Superior Tribunal Militar) durante a Ditadura Militar (1964-1985) permitem ouvir 7 ministros da época conversando sobre episódios de tortura. São eles: Rodrigo Octávio, Augusto Fragoso, Waldemar Torres de Costa, Júlio de Sá Bierrenbach, Deoclécio Lima de Siqueira, Amarílio Lopes Salgado e Faber Cintra. Os áudios, que ao todo somam 10.000 horas, foram obtidos e analisados pelo historiador Carlos Fico da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Uma parte deles foi divulgada neste domingo (17.abr.2022) pela jornalista Míriam Leitão, no jornal O Globo. (Poder 360)

Federação Brasil Esperança: A revogação da reforma trabalhista e do teto de gastos públicos vai ser parte do programa da Federação Brasil Esperança, que reúne PT, PV e PCdoB e foi registrada di 18-04-2022 na Justiça Eleitoral. O documento foi resultado de dois dias de debates e teve como base as decisões do diretório nacional do PT, aprovadas na semana passada. Embora também tenha se manifestado a favor da revogação, o ex-presidente Lula, pré-candidato da federação, reconhece que há entraves para sua implementação. (Folha) (Meio)

Reação Depois da Vaia 1: Depois de ser vaiado em evento do PT, o presidente nacional do Solidariedade, deputado Paulinho da Força (SP), se encontrou com o deputado Aécio Neves (PSDB-MG) e o ex-governador gaúcho Eduardo Leite, que, mesmo derrotado nas prévias tucanas, tenta se viabilizar como candidato da terceira via. Leite, discretamente, excluiu Aécio de suas publicações sobre o encontro. (Folha) (Meio)

PSOL e Rede, Não Tão Unidos Quanto Parece: O diretório nacional do PSOL aprovou a formação de uma federação com a Rede Sustentabilidade. Mas o placar mostra que não foi um movimento tranquilo: 38 votos a favor e 23 contra. (g1) (Meio)

Ferramenta Comunidades do Whatsapp no Brasil: Para o Ministério Público Federal, o recurso do Whatsapp que permite criar grupos de até 2.500 integrantes vai demorar mais ainda para chegar ao Brasil. O órgão enviou um ofício à empresa pedindo que, em vez de lançar a ferramenta ‘comunidades’ no Brasil após a eleição, como acordado com o TSE, ela apenas o libere no ano que vem. Hoje, o limite para grupos está em 256 pessoas. Para os procuradores, há um risco de viralização de informações falsas capaz de prejudicar a participação política dos brasileiros. O MPF cita como exemplo a invasão do Capitólio por apoiadores de Donald Trump inconformados com a derrota para Joe Biden nas eleições americanas. (CNN) (Meio)

Liberdade para Marcelo Odebrecht: O ministro do STF Edson Fachin reduziu de dez para sete anos e seis meses de prisão a pena do empresário Marcelo Odebrecht, condenado na Lava-Jato, por ele ter colaborado com as investigações. Com isso, o empreiteiro, que está atualmente em regime aberto, ficará livre no fim deste ano. (Metrópoles) (Meio)

Consultoria Eurásia Vê Chances de Vitória de Lula: As pesquisas de avaliação de governo da consultoria Eurasia Group mantêm o ex-presidente Lula (PT) como o candidato com mais chances de vencer as eleições, mesmo com a melhora do desempenho do presidente Bolsonaro (PL) nas pesquisas de avaliação de governo. A consultoria afirma que no atual momento aumentaram de 20% para 25% as chances de reeleição de Bolsonaro, mas sem mexer nas projeções de 70% de vitória para o candidato petista. (Valor)

Mas, Bolsonaro Pode Melhorar: O relatório da consultoria Eurásia Group pontua que a repercussão econômica da guerra na Ucrânia pode dificultar o caminho para Bolsonaro, diante da previsão de alta global nos preços de alimentos e combustíveis. Por outro lado, os autores ponderam que, se houver mais criação de emprego e a inflação reduzir ao menos um pouco, é possível que a aprovação de Bolsonaro supere 40% – nesse cenário, as chances de Bolsonaro ser reeleito alcançam 50%, de acordo com o modelo de cálculo adotado. (Valor)

Internet Gratuita 1: A Câmara dos Deputados aprovou no dia 18-04-2022, em votação simbólica, o texto-base da medida provisória (MP) que cria um programa que promoverá o acesso gratuito à internet em banda larga móvel aos estudantes da educação básica da rede pública de ensino, pertencentes a famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). (Valor)

Internet Gratuita 2: Além dos alunos da rede da educação básica da rede pública, estudantes matriculados nas escolas de comunidades indígenas e quilombolas e em escolas especiais sem fins lucrativos também serão contemplados pelo programa que prevê a disponibilização de chips, pacotes de dados ou dispositivos de acesso à internet. (Valor)

PGR Ajuda Bolsonaro Novamente: Vejam o que é a falta de independência da Procuradoria-Geral da República (PGR). A PGR disse ao Supremo Tribunal Federal (STF) não ver elementos que justifiquem uma investigação contra o presidente Bolsonaro (PL) por suspeita de tráfico de influência no MEC. Em um áudio divulgado em março, o então ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse a um grupo de prefeitos que, atendendo a um pedido de Bolsonaro, daria prioridade a “amigos do pastor Gilmar (Santos)”. Santos e o também pastor Arilton Moura teriam montado um gabinete paralelo no MEC para cobrar propinas em troca da liberação de verbas. Relatora do caso no STF, a ministra Cármen Lúcia pediu o parecer à PGR. Na resposta, a vice-procuradora-geral da República, Lindora Araújo, disse que “uma mera citação” não pode tornar alguém investigado. Mesmo que venha de um ministro de Estado. (g1) (Meio)

Lula Tem Apoio do Solidariedade: A candidatura de Lula vai conquistando espaços ao Centro. O presidente do partido, Paulinho da Força (SP), confirmou ontem o apoio à candidatura do ex-presidente Lula após um encontro com este e com a presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (SC). A aliança balançou após Paulinho ter sido vaiado num encontro de Lula e aliados com sindicalistas. Ele chegou a se reunir  com os tucanos Aécio Neves e Eduardo Leite, mas já havia sinalizado que chance maior era apoiar Lula. (CNN Brasil) (Meio)

Discurso do Armamento no Imaginário Coletivo: A que ponto chegamos com essa gente louca que conquistou nichos de poder no Estado. Dias antes de deixar a Secretaria Nacional de Incentivo e Fomento à Cultura para tentar uma carreira política pelo PL, o ex-PM André Porciúncula estimulou defensores do armamentismo a buscarem recursos da Lei Rouanet para “documentários, filmes, webséries e podcasts”. A ideia, nas palavras dele, era “trazer a pauta do armamento dentro de um discurso de imaginário”. A Lei Rouanet, criada para facilitar a captação de recursos para projetos culturais, é um dos alvos preferências das críticas do governo Bolsonaro e de seus apoiadores. Pelo menos um projeto, o livro – “Armas & Defesa: A História das Armas no Brasil” foi aprovado para captar recursos via Lei Rouanet. (Agência Pública) (Meio)

Mais uma Medida Eleitoreira: Diante do impasse em que mergulharam as negociações em torno do reajuste salarial dos servidores públicos, o governo Bolsonaro (PL), que tentará um segundo mandato nas eleições de outubro, passou a avaliar a possibilidade de conceder aumento de 5% para todo o funcionalismo, a partir de julho, juntamente com um aumento de R$ 400 no tíquete-alimentação. Os técnicos do governo buscam R$ 6 bilhões em despesas “cortáveis” no Orçamento para viabilizar o pagamento do reajuste de 5% neste ano. Para o tíquete, existe a reserva de R$ 1,7 bilhão que já está no Orçamento. (Valor)

Promessas do Ciro Gomes 1: E o ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à Presidência da República, prometeu que, se eleito, irá revogar a reforma trabalhista aprovada em 2017, pelo ex-presidente Michel Temer, acabar com o teto de gastos, tirar o status de independência do Banco Central e demarcar todas as Terras Indígenas (TIs) pendentes de reconhecimento ou homologação. Os compromissos foram firmados durante sabatina promovida pelo portal “Uol. (Valor)

Promessas do Ciro Gomes 2: Ciro também se manifestou contra a privatização da Petrobras, contra a legalização da maconha, contra a legalização de jogos de azar e contra a flexibilização do porte de armas. (Valor)

PT Desiste da Contratação de Empresa de Marketing: O PT desistiu de contratar a empresa MPB Estratégia, escolhida pelo ex-ministro Franklin Martins para fazer a campanha do ex-presidente Lula à presidência da República. A decisão aprofunda a crise na pré-campanha petista, que tem enfrentado críticas de lideranças petistas sobre a falta de rumo. (Valor)

Ambiente Social, Emprego e Renda

Ataque à Classe Média: Estudo da Consultoria Tendências mostra que os domicílios da classe C, que ultrapassaram a faixa dos R$ 4 mil até 2014, perderam esse patamar na recessão de 2015/2016, recuperaram em 2017, mas oscilam desde então abaixo dos R$ 4 mil. Os últimos dois anos foram de queda (2020 e 2021) e o valor deve voltar a crescer em 2022, segundo projeção da consultoria, para R$ 3.613, mas a faixa de renda considerada ainda ficará bem abaixo dos R$ 3.939 de 2019 (considerando preços de novembro de 2021). (Valor)

Participação Percentual das Classes Sociais: A participação da classe C no total dos domicílios brasileiros aumentou de 31,6% em 2019 para 32,3% em 2020, segundo a consultoria Tendências, enquanto a classe B recuou de 13,7% para 13%, respectivamente. Já entre 2020 e 2021, quem recuou foi a classe A (3,5% para 2,8%, segundo a estimativa da consultoria), enquanto a classe B manteve a mesma parcela de renda (13%) e a classe C continuou a avançar (32,3% para 33%). (Valor)

Conflitos Recorde no Campo: O Brasil registrou no ano passado 4.087 conflitos no campo, segundo relatório divulgado ontem pela Comissão Pastoral da Terra, ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O número coloca o governo Bolsonaro como recordista nesse tipo de enfrentamento desde a redemocratização. O mesmo documento mostra que em 2021 houve 35 assassinatos nestas brigas, alta de 75% em relação aos 50 do ano anterior. Algo em torno de 25% dos incidentes aconteceu em terras indígenas. (UOL) (Meio)

Brasileiros de Baixa Renda: Os números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) não permitem identificar quantos trabalhadores recebem menos que o piso mínimo nacional, mas revelam que 21,9 milhões tiveram renda entre 1/2 e 1 salário mínimo no trimestre encerrado em dezembro. Outros 9,6 milhões receberam até ½ salário mínimo e 2,2 milhões (grupo formado basicamente pela categoria trabalhador familiar auxiliar) não receberam renda nenhuma. (g1)

Dinâmica da Pobreza no Brasil: Segundo o Monitor fiscal do FMI, a pobreza no Brasil caiu bastante em 2020, mas o fenômeno foi temporário, como resultado do auxílio emergencial, que custou 4% do PIB. O número de pobres recuou de 23 milhões em 2019 para 9,8 milhões em setembro de 2020, mas subiu abruptamente no começo de 2021, para cerca de 27,7 milhões, com a redução do programa de apoio governamental, observa o FMI. (Valor)

O Sonho Distante da Conexão Internet 1: Em se tratando de internet, para uma grande parte das escolas da rede pública do país conexão adequada ainda parece um sonho distante. Um levantamento feito com base em dados das 140 mil escolas públicas brasileiras (do ensino fundamental e do ensino médio) apresenta um retrato das dificuldades de acesso de professores e alunos. (Valor)

O Sonho Distante da Conexão Internet 2: Um estudo realizado por uma organização dedicada à conectividade nas escolas chamada MegaEdu aponta que 54 mil escolas públicas (quase 40% do total) estão conectadas, mas por cabos metálicos, usados na telefonia fixa e que não permitem velocidades adequadas. Agravando o problema, 28 mil escolas (20% do total) estão fora das zonas de cobertura de banda larga fixa, sendo que 5.435 não têm acesso à rede elétrica ou têm energia via gerador. (Valor)

O Sonho Distante da Conexão Internet 3: O Brasil tem 28 mil escolas públicas (20% do total) que estão em um deserto digital, sem conexão nenhuma. Metade dessas escolas poderia ser conectada com fibra óptica, enquanto 10% (7.438) precisariam de conexão via satélite ou de tecnologia alternativa à fibra. (Valor)

Ambiente Empresarial e Tecnológico

Crédito para Micro e Pequenas Empresas Aumentou 1: A expansão acumulada da carteira de crédito para as micro e pequenas empresas, entre 2020 e 2021, chegou a 94,7%, tendo atingido R$ 363,9 bilhões. É o que revela um levantamento feito pela Diretoria de Economia da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), obtido pelo jornal Valor. (Valor)

Crédito para Micro e Pequenas Empresas Aumentou 2: A expansão do crédito em 2020/2021 foi mais forte entre as pequenas companhias, com alta de 103,1%, e chegando a R$ 265,6 bilhões. No caso das micro empresas, em que as operações têm tíquetes menores, houve expansão de 74,9%, para R$ 98,3 bilhões. (Valor)

Sem Pagamento de Contribuição Previdenciária Patronal: Contribuintes têm conseguido na Justiça ampliar o alcance do julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que afastou a incidência da contribuição previdenciária patronal sobre a licença-maternidade. As decisões aplicam a tese para a licença-paternidade e as prorrogações dos períodos de afastamento de mães e pais previstas para os participantes do Programa Empresa Cidadã. Segundo a legislação brasileira, as mães têm direito a quatro meses de licença. Os pais, cinco dias. Os valores referentes a esses períodos de afastamento são reembolsados pela Previdência Social. (Valor)

O Crescente Risco de Calotes 1: Muita atenção! A soma de juros altos e renda em queda devido à inflação torna o ambiente de negócios muito favorável para o aumento da inadimplência no crédito, tanto para pessoa física como para empresas. Por enquanto, os números oficiais não revelam aumento expressivo, o que pode ser explicado pelo esforço dos bancos em renegociar com os clientes, dando mais prazo ou mesmo carência para o pagamento de dívidas. Mas, na visão de diversos participantes do mercado, há sinais claros de uma piora da dinâmica de pagamento das linhas de crédito. (Valor)

O Crescente Risco de Calotes 2: O último dado disponível de inadimplência fornecido pelo BC mostra que os calotes nas linhas com recursos livres subiram para 4,6% em janeiro para as famílias e 1,6% para empresas. O dado é bastante defasado porque a greve dos servidores impediu que fosse divulgada a nota de crédito de fevereiro. Mesmo com um possível crescimento, o número mostra que a inadimplência ainda está abaixo do nível pré-pandemia, que era de 5,0% para PF e 2,1% para PJ. (Valor)

Embraer Segue Forte na Carteira de Pedidos: A Embraer entregou 14 aeronaves no primeiro trimestre de 2022, oito a menos do que os 22 aviões entregues nos primeiros três meses do ano anterior. A carteira de pedidos da companhia, na mesma base de comparação, avançou 21,8%, para US$ 17,3 bilhões. No primeiro trimestre de 2022, as vendas na aviação executiva seguem em ritmo de crescimento. (Valor)

Os Bancos Mais Rentáveis do Mundo: A notícia não me surpreende. A consultoria Economática realizou um estudo sobre a rentabilidade dos grandes bancos, aqueles com mais de US$ 100 bilhões em ativos — em 2021. Dos dez primeiros da lista, quatro são brasileiros. (Valor)

Vejamos o ranking: Em primeiro lugar no ranking vêm os americanos Capital One (retorno sobre o patrimônio, ROE, de 20,4%) e Ally Financial (ROE de 19,3%). Na sequência aparecem Santander Brasil (18,9%), o canadense RBC (17,3%), Itaú (17,3%), o americano J.P. Morgan (16,9%), Banco do Brasil (15,7%), Bradesco (15,2%), o canadense Bank of Nova Scotia (15,1%) e o americano SVB Financial (15,0%). (Valor)

Mais um Caso de Vazamento de Dados: Vejam vocês. O McDonald’s informou que dados pessoais de alguns clientes da rede no Brasil tiveram “acesso não autorizado” após um “incidente” com um de seus prestadores de serviço. A empresa Arcos Dorados, representante da rede de fast food no Brasil, disse que a lista de dados vazados inclui nome, estado civil, endereço, email, CPF e número de telefone, e que está adotando medidas cabíveis. (g1) (Meio)

Prazo de Adesão ao Refis do Simples: Para alegria dos empresários devedores o prazo de adesão ao Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional (Relp), também conhecido como “Refis do Simples”, foi prorrogado para o dia 31 de maio, informou a Receita Federal. (Valor)

Inadimplência dos Produtores Rurais: Um estudo da Serasa Experian apontou que 15,8% dos produtores rurais em todo Brasil estavam inadimplentes em março. Desde que o levantamento começou a ser feito, em junho do ano passado, o índice de inadimplência está praticamente estável, com variação para baixo de 0,1 ponto percentual. Para fins de comparação a inadimplência geral da população estava em 41,9%. (Valor)

Problemas no Setor de Plásticos: Empresas de distribuição de resinas e transformadores de plásticos no Brasil enfrentaram um primeiro trimestre mais tumultuado do que o previsto e não há expectativa de melhora de margens e demanda no curtíssimo prazo. Preços elevados nos mercados internacional e doméstico, fretes mais caros, estoques elevados e a acomodação do consumo, na esteira da elevação das taxas de juros e do efeito da inflação na renda dos brasileiros, acenderam a luz amarela no setor. (Valor)

Gestão Ambiental e Energia

Injeção de Hidrogênio Verde: A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) está iniciando um projeto-piloto com tecnologia da empresa portuguesa UTIS, que fará a injeção de hidrogênio verde no processo produtivo de algumas áreas da usina, localizada em Volta Redonda (RJ). As atividades de produção de aço e de cimento são as duas maiores emissoras de CO2 no setor industrial, no mundo, somando em torno de 15% do total. Ambos os setores começam uma corrida para cumprir metas de redução de gases do efeito estufa. (Valor)

Ambiente Internacional

Medidas de Proteção da Economia na China: O Banco Central da China anunciou medidas de apoio aos negócios atingidos pela pandemia de covid-19, orientando os bancos a expandir a concessão de empréstimos, principalmente para “investimentos eficazes”, relacionados à infraestrutura e logística. Um nível de liquidez “razoavelmente amplo” será mantido. (Valor)

Previsões do Banco Mundial: O Banco Mundial cortou de 4,1% para 3,2% sua previsão de crescimento para a economia global em 2022 devido à invasão da Ucrânia pela Rússia. Em 2021, o Banco Mundial calculou que a economia global cresceu 5,7%. (Valor)

Consequências do Lockdown Chinês: As restrições adotadas pela China para conter os surtos de covid-19 podem criar um efeito cascata na cadeia de produção de eletrônicos. Grandes fabricantes de smartphones de notebooks, como Apple, Dell e Lenovo poderão enfrentar atrasos na produção caso as restrições persistam por mais algumas semanas, pois boa parte dos componentes desses itens é produzida no país asiático. Algumas companhias chinesas responsáveis pela produção de insumos para o setor tecnológico, como a Foxconn, fornecedora da Apple na fabricação de iPhones, chegaram a suspender suas atividades temporariamente. Em Xangai, o lockdown obrigatório já dura três semanas. (Estadão) (Meio)

Argentina Tem um Novo Imposto: Argentina anuncia imposto sobre lucros ‘inesperados’ de empresas. Nova contribuição deve bancar medidas de auxílio para a população de baixa renda em meio à disparada da inflação, que chega a 55,1% em 12 meses. (Estadão)

A Netflix Encolheu: Até mesmo a Netflix está enfrentando dificuldades. A empresa perdeu usuários pela primeira vez em 11 anos, segundo o balanço do 1º trimestre de 2022. Cerca de 200 mil assinantes deixaram a plataforma. A última vez que a Netflix perdeu assinaturas foi em outubro de 2011, cerca de 800 mil usuários pagos. Os impactos da guerra na Ucrânia, que levou a plataforma a suspender seus serviços na Rússia, é um dos motivos para a perda de usuários. Outros fatores incluem o aumento da concorrência com outros streamings, o compartilhamento de senhas e a inflação. Mas o cenário pode piorar, já que a empresa prevê uma perda de 2 milhões de assinantes pagos até o 2º trimestre deste ano. (CNBC) (Meio)

Custos da Proibição do Gás Russo: Segundo o Financial Times uma possível proibição imediata da União Europeia às importações de gás russo custaria à Alemanha 180 bilhões de euros em produção perdida em 2022. (Valor)


Notas Econômicas – Fontes:

Valor, Folha, Estadão, Globo, Meio Newsletter, Poder 360, Metrópoles, CNN Brasil, Blog do Paulo Gala, Agência Pública, CNBC e g1

    A gente quer manter você bem informado sobre tendências impactantes

    Deixe abaixo o seu e-mail para receber nossos insights sobre o futuro.

    Seu Nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.