Provedor de serviços de Data Center brasileiro é destaque em relatório internacional

0
136
Matrix foi eleita estrela em ascensão no estudo de mercado que avalia a performance dos provedores de nuvem híbrida e privada.
Matrix foi eleita estrela em ascensão no estudo de mercado que avalia a performance dos provedores de nuvem híbrida e privada. Imagem: Pixabay

A Matrix, empresa provedora de cloud computing e serviços gerenciados, foi destaque no último relatório ISG Provider Lens, publicado em 21 de julho. De acordo com a pesquisa realizada no início da pandemia, a empresa foi considerada uma estrela em ascensão no segmento de serviços gerenciados e obteve posicionamento em outros dois quadrantes do estudo.

Segundo o relatório ISG Provider Lens Next-Gen Private/Hybrid Cloud – Data Center Services & Solutions – Brazil 2020, que avaliou 59 provedores brasileiros, o mercado de hospedagem gerenciada reverteu a tendência observada nos anos anteriores. Neste ano, o ISG observou um interesse crescente entre os provedores de melhorar seus serviços gerenciados e instalações de data center.

O modelo de hospedagem dedicada pode ajudar os clientes a solucionar problemas atrelados à segurança e localização de dados, exposição cambial e à proteção de investimentos em hardware e licenciamento de software. Adicionalmente, a combinação entre nuvens públicas e nuvens privadas (as nuvens híbridas) pode entregar a melhor relação de custo/performance. De acordo com a ISG, a especialização da Matrix, a localização privilegiada de seu data center, a tecnologia de ponta e vastas opções de conectividade fazem dela uma opção atraente para clientes que exigem alto desempenho.

O relatório também observou uma mudança de comportamento em relação ao mercado intermediário que, em decorrência da preocupação com custos e com a continuidade dos negócios em meio a pandemia da Covid-19, deve avaliar ainda mais os serviços de nuvem híbrida. Dessa forma, disponibilidade do portal de autoatendimento, tempo de resposta do suporte e tempo necessário para fornecer serviços devem orientar os Service Level Agreement (SLAs) – Acordos de Nível de Serviço.

Serviços híbridos

De acordo o CEO da Matrix, Eber Lacerda Junior, as empresas não têm o mesmo orçamento de TI do passado. Com isso, é natural o maior apetite por inovação em TI, principalmente quando atrelada a redução de custos. Segundo o executivo, a Matrix também tem apoiado as empresas no processo de jornada para a nuvem e, assim como outros provedores analisados no estudo, têm feito o uso de alta tecnologia e ferramentas de ponta para apoiar os clientes em meio à pandemia.

A empresa também obteve posicionamento no estudo ao lado de grandes players do setor no quadrante “Serviços Gerenciados”. O ISG identificou que a plataforma gerenciada diferenciada da Matrix fornece uma solução inteligente e alternativa para empresas que buscam alto desempenho executando nuvens privadas e híbridas.

Além disso, o provedor ainda obteve um terceiro posicionamento na pesquisa global no quadrante “Serviços de Colocação”, o qual abrange os provedores de serviços que oferecem operações profissionais e padronizadas de data center como serviços de colocation. A empresa foi citada como uma alternativa para cargas de trabalho de colocação que exigem proximidade com a região metropolitana de São Paulo e opções de conectividade de baixa latência.

“O posicionamento da Matrix é reflexo dos nossos esforços no mercado para oferecer serviços híbridos de TI de alta qualidade, apoiando a jornada digital de nossos clientes e preservando investimentos já realizados”, diz Eber. Segundo o executivo, nos últimos anos, a empresa vem investindo em ferramentas e plataformas de última geração para assegurar a qualidade de seus serviços. Tecnologias de operações com inteligência artificial (AIOps) e data center definidos por software (SDDC) são alguns exemplos.

Segundo o porta-voz da instituição, a empresa tem crescido em média 25% ao ano e agora segue focada em disputar liderança no setor de provimento de serviços híbridos de TI, no qual o cliente consegue combinar as vantagens de cloud públicas, privadas e sistemas legados em um ambiente com serviços de gerenciamento unificado e fim-a-fim.

O estudo

O estudo Next-Gen Private/Hybrid Cloud – Data Center Services & Solutions – Brazil 2020 avaliou as capacidades de 59 provedores brasileiros em cinco quadrantes: Managed Services for Large Accounts, Managed Services for Midmarket, Managed Hosting, Data Center Security Products e Hyper Converged Systems. Como uma estrela em ascensão no segmento de hospedagem gerenciada, a Matrix possui alto potencial futuro para concorrer, inclusive, com grandes players de mercado como IBM, TIVIT, entre outros.

Confira a pesquisa na íntegra pelo link: https://materiais.matrix.com.br/estudo-isg.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.