Notas Econômicas – 16 a 20 de maio de 2022

146

Confira nas Notas Econômicas os destaques das notícias entre 9 a 13 de maio de 2022, da coleta de informações produzida pelo economista Paulo Roberto Bretas

Nos próximos dias, o frio inicia uma trajetória de redução na maior parte do País, segundo os serviços de meteorologia. As madrugadas frias devem continuar por um tempo. A tempestade subtropical Yakecan, uma das responsáveis pelo frio, agora está “morrendo” e deslocando para o alto-mar na altura dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. A próxima semana deve ser marcada por expectativas sobre uma nova onda de covid. Taxas de registro de casos e de mortes tiveram um aumento. (Radar do Futuro)

grupo de pessoas escolhe peças de roupa de frio em Brasília - foto Marcelo Camargo / agencia brasil
Foto: Marcelo Camargos / Agência Brasil

Economia e Finanças

1. Crescimento do Setor Serviços 1: Dados mais recentes do IBGE acerca do setor dos serviços e do comércio, no mês de março, ampliaram as expectativas positivas para o crescimento da economia brasileira em 2022.O crescimento mensal de 1,7% no volume dos serviços transacionados, a alta de 9,4% acumulada no ano, além dos serviços encerrarem o trimestre com aumento real de receitas de 1,8%, corroboram um cenário mais favorável. (Poder 360)

2. Crescimento do Setor Serviços 2: O setor serviços vem sendo beneficiado pela recuperação do turismo, em que o aumento das vendas em março foi provocado principalmente nas atividades turísticas (4,5%), seguido pelos serviços de transportes (2,7%), com destaque para o transporte aéreo, que acelerou 15,6%. (Poder 360)

3. Contas Públicas 1: O setor público consolidado fechou março com superávit primário de R$ 4,312 bilhões, segundo informações do Banco Central (BC). Em março do ano passado, o resultado havia sido superavitário em R$ 4,981 bilhões. O resultado de março refletiu um déficit do governo central de R$ 7,811 bilhões e um superávit de R$ 11,882 bilhões dos Estados e municípios. As estatais tiveram superávit de R$ 242 milhões. (Valor)

4. Contas Públicas 2: Em 12 meses até março, por sua vez, o superávit alcançou R$ 122,758 bilhões, o equivalente a 1,37% do Produto Interno Bruto (PIB). Em fevereiro, o superávit estava em 1,40% do PIB. (Valor)

5. Dívida Bruta dos Governos: A dívida bruta dos governos no Brasil variou de R$ 7,001 trilhões em fevereiro para R$ 7,009 trilhões em março, segundo dados do BC. Em relação ao Produtos Interno Bruto (PIB), a dívida caiu de 79,2% para 78,5%. (Valor)

6.Dívida Líquida Aumenta: A dívida líquida do setor público não financeiro variou de R$ 5,047 trilhões, ou 57,1% do PIB, em fevereiro, para R$ 5,198 trilhões, ou 58,2% do PIB, em março. (Valor)

7. Aumento da Selic e a Dívida Pública Líquida: Para cada aumento de 1 ponto percentual da Selic, mantida por 12 meses, há elevação da dívida líquida de 0,38 ponto, ou R$ 33,8 bilhões. (Valor)

8. Mudança no Cálculo do Frete: O jornal “O Globo” publicou que o governo considera mudar a metodologia usada no cálculo do frete do petróleo que é enviado pela Petrobras às refinarias. Segundo especialistas, uma eventual mudança no cálculo do frete depende de negociações comerciais da petroleira com clientes e teria impacto limitado nos preços finais de combustíveis. Discussões sobre o tema ocorrem no contexto da alta de preços de combustíveis. (Valor)

9.Monitor do PIB: Segundo o Monitor do PIB, calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre), houve crescimento de 1,5% na atividade econômica no primeiro trimestre de 2022, comparado com o quarto trimestre de 2021, e de 1,8% em março, perante o mês anterior. Ambos os cálculos foram realizados na série com ajuste sazonal. Na comparação interanual, a economia cresceu 2,4% nos três primeiros meses de 2022 e 4,2% em março.(Valor) 

10. Formação Bruta de Capital Fixo: Atenção para a formação bruta de capital fixo (FBCF), um indicativo de investimentos, que aumentou 1,5% no primeiro trimestre, ante um ano antes. Desde o quarto trimestre de 2021, na análise da taxa trimestral móvel, apenas o componente de máquinas e equipamentos apresenta queda, encerrando o primeiro trimestre deste ano com retração de 4,8%, diz o FGV Ibre. (Valor)

11. Taxa de Investimento: A taxa de investimento no primeiro trimestre correspondeu a 18,4%, na série a valores correntes. O resultado apresenta uma taxa de investimento acima da taxa de investimento média trimestral considerando o período desde 2000 e acima da taxa de investimento média considerando o período desde o primeiro trimestre de 2015. (Valor)

12. Privatização da Petrobras É Cortina de Fumaça 1: Privatizar a Petrobras em ano de eleição não é privatizar a Eletrobras, nem os Correios. É muito mais complexo e desafiador. O controle majoritário da União, por meio de 50,5% das ações ordinárias, aquelas que concedem direito a voto está previsto em lei: artigo 62 da Lei 9.478, de 1997, e parágrafo um do artigo 1º do estatuto social da petroleira.(Exame)

13. Privatização da Petrobras É Cortina de Fumaça 2: Essa é a mesma lei que define as diretrizes do monopólio da União sobre as reservas do país, sobre o regime de partilha que rege a exploração de todos os campos da estatal que não os do pré-sal (sob modelo de cessão onerosa) e a divisão dos royalties entre os governos federais e estaduais. Deu para entender o tamanho do vespeiro, onde o governo teria de colocar a mão? E lembrando: em ano de eleição.(Exame)

14. Privatizar a Petrobras para Reduzir Preços É Mentira: No entendimento dos especialistas, ouvidos pelo jornal Valor, o preço dos combustíveis fósseis é uma cotação e depende da demanda e da oferta no mercado internacional e a venda da petroleira não teria interferência no custo final aos consumidores. (Valor)

15. Saques Superam Depósitos nas Poupanças: Com R$ 722,7 bilhões depositados e R$ 753 bilhões em retiradas, as cadernetas de poupança do país perderam R$ 30,7 bilhões somente neste ano, segundo dados da Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). (CNN Brasil)

16. Dados da Inadimplência: Muita atenção. Em março de 2022, dados da Serasa Experian mostraram que o Brasil chegou ao patamar mais alto de inadimplência desde abril e maio de 2020, com 65,69 milhões de pessoas nesta condição. A soma total das dívidas dos brasileiros soma R$ 265,8 bi, com uma dívida média de R$ 4 mil por pessoa com o ‘nome sujo’. (CNN Brasil)

17. Eletrobras Lucrativa: A Eletrobras elevou o lucro líquido consolidado em 69%, para R$ 2,716 bilhões no primeiro trimestre deste ano, em comparação com igual período do ano passado, quando totalizou R$ 1,609 bilhão. O lucro atribuído aos acionistas controladores foi de R$ 2,708 bilhões, com alta de 69% ante mesmo intervalo de 2021. (Valor)

18. As Moedas Mais Valorizadas do Ano: Nós não estamos em guerra, mas o rublo e o real são as moedas relevantes no cenário internacional que mais valorizaram em relação ao dólar em 2022. Ambas as divisas subiram mais de 10% em comparação com o câmbio dos Estados Unidos. O levantamento da Austin Rating foi feito com base nos valores do dia 16-05-2022. Os aumentos da taxa Selic, hoje em 12,75% ao ano, e o aumento dos preços das commodities ajudam a explicar esta valorização do real. (Poder 360)

19. Crédito no Brasil: Segundo a Pesquisa Especial de Crédito da Febraban, o saldo total da carteira de crédito do sistema financeiro deve seguir em expansão em abril, com alta estimada de 0,8% sobre março, melhor resultado para o mês desde 2013 (+0,9%). Com isso, o ritmo de expansão anual poderá chegar a 16,5%. (Valor)

20. Projeções para a Economia Brasileira: A Instituição Fiscal Independente (IFI) revisou para cima as suas projeções para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e para a inflação, tanto em 2022 quanto em 2023. Já a projeção para o crescimento do PIB no ano que vem seguiu caminho oposto e foi revisada para baixo. A estimativa para o crescimento do PIB neste ano passou de 0,5% no Relatório Fiscal anterior (RAF) para 1%. Para 2023, prevê-se a redução da projeção do PIB de 2% para 1%. A estimativa para a taxa básica de juros é que ela termine 2022 e 2023, respectivamente, em 13,25% ao ano e 9,5% ao ano. (Valor)

21. Brasil no Mercado de Games: O Brasil é o maior mercado de games da América Latina, com uma receita estimada em R$ 11 bilhões em 2021 e um crescimento de 6% previsto para 2022, o país é destaque no consumo, mas também na contratação de profissionais especializados. Existe uma procura cada vez maior de grandes desenvolvedores globais por estúdios nacionais, e o Brasil tem se tornado um destino relevante de investimentos em estúdios. (Meio)

22.Promessa Não Cumprida: Só para lembrar. O ministro da Economia, Paulo Guedes, prometeu em 2019 cortar o preço do gás de cozinha pela metade, uma redução que viria a partir da abertura desse mercado no Brasil. Desde então, porém, o preço do botijão de 13 kg passou de R$ 69, em média, para R$ 113 — um aumento de 64% em três anos. Para especialistas a promessa foi um erro e não levou em consideração o papel social do gás de cozinha, que merecia uma política de preços diferente daquela adotada para outros derivados de petróleo. (UOL)

23. Privatização da Eletrobras: O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou o projeto do governo para a privatização da Eletrobras. A maioria dos ministros acompanhou o parecer do relator, Aroldo Cedraz, restando vencido o ministro Vital do Rêgo, que sugeriu vários ajustes no processo. (Valor)

24. Custos da Produção Agrícola Aumentam: Preços futuros dos produtos agrícolas podem sofrer pressões de alta. O volume das importações brasileiras de fertilizantes aumentou 72,4% em abril de 2022, em relação a abril de 2021, para 3,25 milhões de toneladas, de acordo com o Ministério da Agricultura. Com a elevação de 130,1% dos preços médios, que chegaram a US$ 647 por toneladas, os gastos brasileiros com a importação de fertilizantes cresceram 296,7% em abril e chegaram a US$ 2,1 bilhões. (Valor)

Inflação

1. Inflação e Teto de Gastos: A inflação elevada deste ano não deve facilitar o cumprimento do teto de gastos em 2023. A tendência é que dois fatores mantenham o mecanismo de controle das contas públicas pressionado: a trajetória de preços alta também para as despesas; o possível aumento de gastos devido à eleição e à própria inflação elevada. (Valor)

2. Inflação do IPC-S: Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelereou pela quarta coleta consecutiva, agora para 0,41% na segunda leitura de maio, vindo de 0,83% na imediatamente anterior, a primeira do mês, de 1,84% na de 30 dias antes, e acumulando alta de 10,17% nos últimos 12 meses. (Valor)

3. IGP-10 Desacelera: A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) ficou em 0,10% em maio, segundo o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre). Em abril, o índice havia registrado alta de 2,48%. o índice acumula alta de 7,73% no ano e de 12,13% em 12 meses. Em maio de 2021, o índice subira 3,24% no mês e acumulava elevação de 35,91% em 12 meses. (Valor)

4. Inflação Pior para Baixa Renda: Vejam esta notícia. Em abril, o indicador do Ipea mostrou que a inflação para as famílias com renda domiciliar muito baixa foi de 1,06%. No outro extremo, entre as famílias de renda alta, marcou 1%. No acumulado de 12 meses, a inflação apurada para esses grupos familiares chegou a 12,7% e 10,8%, respectivamente. (g1)

5. Brasil Tem a Quarta Maior Inflação: O Brasil tem a 4ª maior inflação dos países que compõem o G20, grupo que reúne as 19 maiores economias do mundo e a União Europeia. O índice está em 12,1% no acumulado de 12 meses. Está atrás da Turquia (69,9%), Argentina (58%) e Rússia (17,8%). Vários países do G20 enfrentam as maiores taxas de inflação em muitos anos. (Poder 360)

6. Inflação do IGP-M Desacelera: E a segunda prévia do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) desacelerou de 1,85% em abril para 0,39% em maio, a menor taxa desde outubro de 2021 (-0,03%) informou ontem a Fundação Getúlio Vargas (FGV). No acumulado de 2022, as importações brasileiras de fertilizantes alcançaram US$ 6,48 bilhões, valor 147,3% superior ao registrado no quadrimestre inicial de 2021. Houve alta de 6,4% nos volumes comprados e de 132,4% nos preços médios dos produtos. (Valor)

Governo e Ambiente Político

1. Brigas no Ninho Tucano: A negociação para uma candidatura única com MDB e Cidadania ampliou a crise no PSDB. No sábado passado, o ex-governador João Doria enviou uma carta ao presidente da legenda, Bruno Araújo, classificando como golpe a iniciativa de contratar pesquisas de opinião para decidir o candidato. “Apesar de termos vencido legitimamente as prévias, as tentativas de golpe continuaram acontecendo”, escreveu. (CNN Brasil) (Meio)

2. Crise no INCRA: Bolsonaro falou em transferir recursos de outros ministérios para o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), cuja crise financeira ameaça uma de suas estratégias eleitorais. O presidente do órgão, Geraldo Melo Filho, distribuiu um ofício avisando que, por falta de verba, todas as atividades, fora supervisão e vistoria, estavam suspensas. A medida inclui as cerimônias de concessão de títulos de propriedade, prioridade absoluta de Bolsonaro. (Folha) (Meio)

3. Vitória de Renan contra Arthur Lira: Renan Calheiros, senador pelo MDB de Alagoas, conseguiu uma vitória ontem contra seu rival regional, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). O deputado estadual Paulo Dantas (MDB) foi eleito pela Assembleia Legislativa de Alagoas para governar o estado até janeiro. Lira apoiava Davi Maia (UB), segundo colocado. O mandato-tampão foi necessário porque o ex-governador Renan Filho (MDB) renunciou em abril para se candidatar ao Senado, o vice Luciano Barbosa deixará o cargo em 2020 ao se eleger prefeito de Arapiraca, e o presidente da Assembleia, Marcelo Victor (MDB) recusou-se a assumir o governo, o que impediria sua candidatura à reeleição. (Metrópoles) (Meio)

4. Marcha dos Arrependidos 1: Segundo pesquisa PoderData realizada entre 08 e 10 de maio, O ex-presidente Lula (PT) é a escolha preferencial para o 1º turno das eleições de 2022 de 18% dos eleitores que votaram em Bolsonaro (PL) na 2ª rodada da disputa presidencial de 2018. (Poder 360)

5. Marcha dosa Arrependidos 2:Entre os que anularam ou votaram em branco em 2018, o pré-candidato do PT tem 34% das preferências para o 1º turno de 2022. Já Bolsonaro tem 14% nesse estrato. Outros 5% tornariam a anular o voto. (Poder 360)

6. Marcha dosa Arrependidos 3: A pesquisa PoderData mostra que 27% dos eleitores que votaram em Bolsonaro (PL) no 2º turno de 2018 hoje desaprovam seu governo. Os que aprovam nesse recorte são 66%, enquanto 8% não souberam responder. (Poder 360)

7. Lula É Opção da Maioria dos que Desaprovam Bolsonaro: Pesquisa Poder Data realizada de 8 a 10 de maio de 2022 mostra que o pré-candidato do PT, Luís Inácio Lula da Silva, tem 64% das intenções de voto entre os que desaprovam o governo de Bolsonaro (PL). O petista também pontua 45% entre os que não sabem como avaliam a administração federal. (Poder 360)

8. Medidas Eleitoreiras: A troca do ministro de Minas e Energia não colocou fim nos planos de Bolsonaro de interferir na Petrobras. Além do presidente da companhia, José Mauro Coelho, mais três diretores da empresa estão na alça de mira, na maioria das vezes são diretorias que nada têm a ver com a definição de preços dos combustíveis. (Valor)

9. Declarações de uma Mente Conturbada: Numa fala exaltada em evento de supermercadistas, o presidente Bolsonaro (PL) voltou a dizer que “a liberdade é mais importante que a vida”. “Por Deus que está no céu, eu nunca vou ser preso”, disse, em referência a uma declaração de Lula (PT) de que o presidente temer ser preso caso não se reeleja. Bolsonaro voltou também a fazer ameaças veladas ao processo eleitoral, dizendo aos empresários que as eleições podem ser “conturbada”. “Poderemos ter outra crise. Poderemos ter eleições conturbadas. Imagine acabarmos as eleições e pairar para um lado, ou para o outro, a suspeição de que elas não foram limpas? Não queremos isso”, completou. (Metrópoles) (Meio)

10. Criar Conflitos como Estratégia: Fomentar o conflito permanente com as Cortes superiores é uma estratégia da retórica bolsonarista desde o início de seu mandato. Ela se intensificou em 2022, ano de eleições. Mas foi também neste ano, em fevereiro, que Jair Bolsonaro revelou o que está por trás desse jogo. “Mais importante do que eleição para presidente são as duas vagas para o Supremo no ano que vem”, disse ele a seus apoiadores nas redes sociais. (Valor)

11. Bolsonaro Processa Alexandre Morais: Leia esta notícia, mas mantenha a calma. O presidente Bolsonaro (PL) acionou o STF (Supremo Tribunal Federal) dia 16-05-2022, contra o ministro da Corte Alexandre de Moraes por abuso de autoridade. O relator do caso, ministro Dias Toffoli, está na República Dominicana e só voltará ao Brasil no dia 19-05-2022. O presidente criador de caso questiona sua inclusão no inquérito das fake news, que investiga a disseminação de notícias falsas contra o STF. (Poder 360)

12. PT Busca Vitória no Primeiro Turno: O PT intensifica as conversas com dirigentes do PDT para convencer o candidato Ciro Gomes a abrir mão da candidatura o que, na avaliação dos petistas, possibilitaria a vitória de Lula no primeiro turno. (g1) (Meio)

13. Acordo com da Justiça Eleitoral Telegram: A Justiça Eleitoral formalizou um acordo com o aplicativo de mensagens Telegram para combater a desinformação durante as eleições. Os técnicos da plataforma russa vão dar apoio à criação de uma funcionalidade para marcação de conteúdo desinformativo e de um robô para tirar dúvidas de eleitores. Quando houver denúncia de conteúdo falso será feita uma investigação interna para verificar se as regras da plataforma foram violadas. O acordo foi firmado após o aplicativo ser bloqueado no Brasil por ordem do STF. (Metrópoles) (Meio)

14. Ameaças de Mais Mudanças na Petrobras: Ninguém aguenta mais tantas bravatas e atitudes inuteis. O presidente Jair Bolsonaro afirmou que “tem mais coisa para acontecer na questão da Petrobras” e que está “sempre fazendo alguma coisa para buscar alternativas”, sem dar detalhes sobre as possíveis ações. No domingo, 15-05-2022, em conversa com jornalistas na Praça dos Três Poderes, ele não descartou a demissão do presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho, que completou um mês no cargo. (Carta Capital)

15. Contrariando o Centrão: O ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, disse a parlamentares que é contra o uso de dinheiro público, seja via conta de luz, seja via recursos do fundo social do pré-sal, para construção de gasodutos. O posicionamento contraria políticos do Centrão, que tentam há anos viabilizar a operação para levar gás ao interior, o que terá um custo bilionário. (Valor)

16. Acordo PT com PSD em MG: O PSD de Gilberto Kassab e o PT chegaram a um acordo em Minas Gerais. O deputado petista Reginaldo Lopes retirou sua candidatura ao Senado em favor de Alexandre Silveira (PSD), que tenta a reeleição. Em troca, o PT indicará o vice na chapa ao governo do ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil. O próprio Lopes é cotado para o posto. Com isso, Lula tem garantido um palanque no estado. (Poder360) (Meio)

17. Simone Tebet Candidata da Terceira Via: Os partidos da chamada terceira via — PSDB, Cidadania e MDB — divulgaram dia 19-05-2022 uma nota dizendo que as prévias tucanas, vencidas pelo ex-governador paulista João Doria, podem ser ignoradas. O grupo já escolheu a senadora Simone Tebet (MDB-MS) como candidata, mas seu nome só será formalizado na próxima terça-feira. Na véspera, a cúpula do PSDB pretende convencer Doria a retirar sua candidatura. (Estadão) (Meio)

Ambiente Social, Emprego e Renda

1. Política de Cotas Da Certo: Os críticos da política de cotas em universidades públicas diziam que elas puxariam para baixo o nível das instituições. Não é o que diz uma pesquisa da Universidade de São Paulo (USP) acompanhando o desempenho de 11 mil estudantes que ingressaram em 2018. No final do primeiro semestre daquele ano, a diferença máxima na mediana das notas entre cotistas e não cotistas era de 1,2 ponto. Ao final ao final de 2021, caiu para apenas 0,7 ponto. Segundo a coordenadora da pesquisa, Marta Arretche, professora da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH-USP), uma das explicações é a alta competitividade do processo de seleção. “O vestibular seleciona os melhores, a elite de cada grupo”, diz ela. (Folha) (Meio)

2. O Fenômeno da Uberização: Segundo dados publicados pelo IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) em um estudo que cobre o período de 2016 a 2021, pelo menos 1,5 milhão de entregadores e motoristas trabalhavam sem vínculo empregatício no final de 2021. Deste total, 61,2% eram motoristas de aplicativo e taxistas (946 mil), 20,9% entregavam mercadorias via motocicletas (323 mil), 14,4% atuavam como mototaxistas (222 mil) e o restante exercia a atividade de entrega de mercadorias por outro meio de transporte (55 mil). (Poder 360)

3. Renda Média dos Autônomos de Transporte: De todos os autônomos do setor de transporte, os motoristas de aplicativo e taxistas são os que têm a maior renda média: R$ 1.900. O valor se refere ao fim de 2021 e está abaixo do recebido, em média, no 1º trimestre de 2016: R$2.700. (Poder 360)

4. Renda Média dos Entregadores de Moto: No subgrupo dos entregadores de moto houve um avanço nos ganhos médios revertido em 2020, durante a pandemia. O valor da renda média desses trabalhadores se mantém estável, desde então, em cerca de R$ 1.500 por mês. A pesquisa do Ipea mostra ainda que houve redução da renda média dos mototaxistas de R$ 1.000 para R$ 900 de 2016 para 2021. É o único subgrupo da pesquisa com rendimentos médios inferiores ao salário mínimo. (Poder 360)

5. Atenção Trabalhadores: O governo Bolsonaro (PL) estuda uma ampla flexibilização nas regras do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), sob a justificativa de reduzir o custo dos empregadores na contratação. O Ministério da Economia propõe cortar a alíquota de contribuição que as empresas recolhem sobre o salário dos trabalhadores, de 8% para 2%, e reduzir a multa paga em caso de demissão sem justa causa, de 40% para 20%. (Valor)

6. Ataque Hacker ao Ministério da Saúde: Os sistemas ConecteSUS, e-SUS Notifica e SI-PNI, do Ministério da Saúde, foram alvo de uma nova tentativa de ataque hacker. As plataformas guardam dados de saúde de milhões de brasileiros, incluindo sobre a vacinação contra a covid-19. Segundo o ministério, a invasão foi identificada pela área de TI, que tirou os sistemas do ar e fez uma “manutenção corretiva” para preservar as informações. (Metrópoles) (Meio)

7. Ensino Domiciliar Aprovado: A Câmara dos Deputados aprovou o projeto que libera e regulamenta o ensino domiciliar no país, bandeira da bancada evangélica e promessa de campanha de Bolsonaro. O texto foi votado em regime de urgência, sem passar por comissões especiais. Mais cedo, cerca de 400 entidades ligadas à educação divulgaram um manifesto contrário ao projeto. Segundo elas, o ensino domiciliar pode, entre outros efeitos nocivos, “estimular a desescolarização por parte de movimentos ultraconservadores”. (Meio)

Ambiente Empresarial e Tecnológico

1. Vazamento de Informações no Bradesco: O Bradesco informou que sua subsidiária Bradesco Financiamentos sofreu um vazamento de dados de contratos de cerca de 53 mil clientes. O banco comunicou ao mercado que “todas as medidas necessárias para a solução do incidente, bem como de comunicação aos clientes e às autoridades competentes, foram adotadas”. (g1) (Meio)

2. Setor Calçadista: As exportações de calçados continuam em ritmo de crescimento. Dados da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados  (Abicalçados) apontam que, entre janeiro e abril, foram embarcados ao exterior 53,72 milhões de pares, somando US$ 434,65 milhões. Esses números indicam avanços de 32,6% em volume e de 68,2% em receita na r relação com o mesmo período do ano passado. (Valor)

3. Força da Eletrobras: O presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, afirmou em teleconferência com analistas do mercado sobre o resultado da empresa no primeiro trimestre, que a empresa foi responsável por 38% da energia gerada no país entre janeiro e março. (Valor)

4. Crise na Netflix: A Netflix confirmou o corte de 150 empregados. A companhia já havia demitido a equipe do Tudum, site de conteúdos sobre séries da plataforma. A justificativa é a crise na qual a empresa entrou. O serviço de streaming teve números fracos no último balanço financeiro e registrou uma queda de 200 mil assinantes. “Como explicamos, nosso crescimento de receita mais lento significa que também estamos tendo que diminuir o crescimento dos custos. Infelizmente, demitimos cerca de 150 funcionários hoje, a maioria dos EUA”, afirma a diretoria em comunicado. (Estadão) (Meio)

5. Atenção às Necessidades Especiais: Apple anunciou novos recursos de acessibilidade. Ainda em 2022, iPhone, iPad, Mac e Apple Watch receberão atualizações de software que devem facilitar a vida de pessoas com necessidades especiais. Entre as novidades estão as legendas automáticas para FaceTime, videoconferência e streaming de vídeos. Outros recursos incluem mais controles por gestos, reconhecimento de som, como alarmes de fumaça ou torneira aberta, além de sensores para detecção de portas. (The Verge) (Meio)

6. Setor de Saneamento Sofre os Impactos da Inflação: A inflação de produtos e insumos que vem atingindo toda a economia nos últimos meses também pesou no segmento de saneamento, mas isso não deve mudar os planos das empresas privadas do setor. A alta de preços é considerada conjuntural e deve perder força em algum momento nos próximos meses. Aliado a isso, o setor é marcado por investimentos e retornos de longo prazo. Para minimizar os efeitos dessa disfunção na cadeia logística, o setor tem se aproximado dos fornecedores. O objetivo é tentar definir um cenário futuro de demanda por produtos e serviços, como tubos e químicos, para que os fornecedores possam se programar e evitar problemas de abastecimento. (Valor)

7. Petrobras na Geração de Energia Eólica: O presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, afirmou que uma das alternativas em estudo dentro da companhia para atuação no longo prazo é a geração de energia eólica em alto-mar (offshore), no contexto da transição energética. (Valor)

8. Produtos Químicos 1: Segundo relatório de comércio exterior da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), o déficit na balança comercial de produtos químicos alcançou a marca recorde de US$ 17,3 bilhões entre janeiro e abril de 2022, impulsionado pela escalada dos preços de fertilizantes e defensivos agrícolas. Na comparação com o mesmo período de 2021, o crescimento foi de 53,5%. (Valor)

9. Produtos Químicos 2: Segundo a Abiquim, em 12 meses até abril, o déficit na balança comercial de produtos químicos chegou a US$ 52 bilhões, maior valor em bases anualizadas já registrado, indicando que, em 2022, o saldo negativo pode ultrapassar os US$ 55 bilhões. (Valor)

Gestão Ambiental e Energia

1.Salvem as Baleias: Uma característica do meio ambiente é que ações sobre ele, para bem e para mal, refletem-se para além de uma área ou região específica. É o que está acontecendo com as baleias jubarte, cuja população vem se recuperando de forma sustentável em parte graças à proteção no Parque Nacional Marinho de Abrolhos, na Bahia. Para o engenheiro Eduardo Camargo, coordenador do Projeto Baleia Jubarte, a população brasileira desses animais no início deste século era de dois mil indivíduos. Hoje, eles são estimados em 25 mil, e já podem ser vistos novamente nos litorais de estados mais distantes, como São Paulo e Santa Catarina. (Estadão) (Meio)

2.O Gargalo dos Preços dos Combustíveis: A capacidade de refino no país não é suficiente para atender a toda a demanda nacional e, para ser plenamente suprido, o mercado interno depende da importação, que pode ficar inviável para players menores caso a Petrobras pratique preços abaixo dos que são usados para comprar os produtos no exterior. O preço do diesel pode ser reduzido pela Petrobras, mas vai aumenta a defasagem para importadores. (Valor)

3. Propostas do Observatório do Clima: Num documento lançado dia 19-05-2022 pela rede de organizações Observatório do Clima estão propostas 74 medidas e 62 ações emergenciais a serem adotadas nos dois anos iniciais do próximo governo para começar a reconstrução ambiental do país. A ideia dos socioambientalistas é ajudar a reconstruir a governança ambiental no possível pós-governo Bolsonaro e avançar na agenda climática transformando o Brasil em um sumidouro de carbono. (Valor)

Ambiente Internacional

1. Fracassa Uso do Bitcoin em El Salvador: El Salvador fez moeda legal do bitcoin em setembro passado e subsidiou fortemente sua adoção. O uso despencou desde então; apenas 20% das empresas em El Salvador o aceitam e menos de 5% das vendas são realizadas em bitcoin, de acordo com um estudo de abril. (Valor)

2.Quanto é a Dívida Global? A dívida global atingiu valor recorde de US$ 305,3 trilhões no primeiro trimestre de 2022, puxada pela China e pelos Estados Unidos. O número compilado pelo Instituto Internacional de Finanças (IFF) reúne dívidas de governos, empresas, bancos e famílias. O Brasil tem dívidas em moedas estrangeiras que equivalem a cerca de 27,5% de seu PIB. (Valor)

3.Metaverso da Cidade de Seul: Os grandes da tecnologia não são as únicas organizações a investir no metaverso. A cidade coreana de Seul lançará, em breve, a Praça da Cidade de Seul, um projeto virtual com ambientes para eventos em realidade aumentada. O chamado Metaverse Seul será conduzido pelo Instituto de Tecnologia de Seul (SIT) em parceria com o governo local. Os usuários poderão criar seus avatares e entrar no ambiente virtual, onde terão informações em tempo real sobre temperatura, clima e ar da cidade real. A ideia é também oferecer experiências culturais e diversos serviços da cidade. (Meio)

4.Falência do Google na Rússia: Como mais um efeito da guerra na Ucrânia, a subsidiária do Google na Rússia planeja declarar falência depois que autoridades do país confiscaram suas contas bancárias. O pedido foi oficialmente publicado no registro da Rússia, o Fedresurs, no qual a empresa apresenta uma “notificação da intenção de se declarar insolvente (falida)”. Com o bloqueio das contas, a companhia está impossibilitada de pagar funcionários e fornecedores, mas serviços gratuitos, incluindo o site de buscas e o YouTube, continuarão operando. A subsidiária vem sendo pressionada pelo governo russo por não excluir conteúdos considerados ilegais por Moscou e restringir o acesso às mídias russas no YouTube. (Reuters) (Meio)

5.Previsão de Crescimento Global: Relatório elaborado pelo Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU (DESA) reduziu a expectativa de crescimento da economia global de 4% para 3,1%, alegando que a guerra na Ucrânia causou um aumento mundial no preço de alimentos e commodities e na pressão inflacionária, o que dificultou a retomada econômica da pandemia de covid-19. (Valor)

6.Previsão da Inflação Global: A ONU ainda estima que a inflação global vai aumentar 6,7% neste ano, mais do que o dobro do crescimento médio da inflação entre 2010 e 2020, que foi de 2,9% ao ano. (Valor)

7.Calote do Sri Lanka: O Sri Lanka deu um calote nos títulos de sua dívida externa, se tornando o primeiro país da Ásia-Pacífico a entrar em “default” desde 1999, segundo a agência de classificação de riscos Moody’s. A declaração gera um alerta entre os investidores para possibilidade de que outros emergentes enfrentem crises similares de balanço de pagamentos. (Valor)

8. O Mundo Passa Fome: O Relatório Global sobre Crises Alimentares 2022 (da ONU), lançado recentemente, indica que o número de pessoas enfrentando insegurança alimentar aguda aumentou de 135 milhões em 2019, para 193 milhões em 2021, nos 53 países mais necessitados de assistência, e que quase 40 milhões de pessoas em 36 países experimentaram níveis de emergência de insegurança alimentar aguda, a apenas um passo da situação de fome. (Valor)

9. Perdas de Aprendizagem: Para analisar com toda a atenção. Caso não for remediada, a perda de aprendizagem provocada pelo fechamento de escolas durante a pandemia de covid-19 provocará, no futuro, uma perda de 9,1% na renda dos atuais estudantes, avalia o FMI. A projeção só é pior no México (9,9%) e na Indonésia (9,7%). Embora tenham atingido todo o mundo, as perdas no aprendizado foram maiores nos países emergentes, onde o acesso à internet e, por conseguinte, ao ensino remoto, é menor, especialmente entre a população de renda mais baixa, aumentando a desigualdade social. (Folha) (Meio)

10. Recessão à Vista: Os investidores mundiais fugiram de todo tipo de ativos na última semana, exceto ações e títulos dos EUA, em um êxodo maciço em meio a preocupações de que o aperto da política monetária leve as principais economias à recessão. 

Notas Econômicas – Fontes:

Valor, Folha, Estadão, UOL, Globo, Exame, CNN Brasil, Meio Newsletter, Poder 360, Metrópoles, Carta Capital, The Verge, Reuters e g1.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.