Pensando no público de quem quer escrever e encontrar sua audiência, confira cinco dicas que vão te ajudar nesse processo

ilustracao homem cercado de redes sociais
redes sociais. Ilustração: pixabay

*Por Matt Montenegro

Escrever na internet se tornou algo muito comum e acessível para as pessoas, seja pelas redes sociais ou por sites especializados em notícias. Foi de olho nesse mercado que acabei criando a Pingback, que tem por premissa dar espaço para que escritores, sejam eles profissionais ou não, publiquem seus textos sem qualquer intervenção editorial, permitindo que conquistem sua própria audiência.

Pensando no público de quem quer escrever e encontrar sua audiência, preparei cinco dicas que vão te ajudar nesse processo. Confira abaixo:

1- Pesquise sobre o assunto: Pode parecer óbvio, mas é muito importante pesquisar sobre o tema que deseja escrever. Isso serve para termos veracidade na história, não passar fake news, trazer fontes confiáveis e também domínio no assunto. Não podemos escrever um texto com fatos que não foram checados. Lembre-se que mesmo pesquisando sobre o tema, é possível escrever sua opinião e defender seus argumentos.

2- Saiba para quem você está escrevendo: Esse é o ponto principal para começar um texto. Para se ter uma escrita objetiva, rica e sem ser cansativa, é necessário saber qual o seu público-alvo. Por isso, pesquise o nível de conhecimento deles, procure saber o que eles leem, que tipo de assunto é interessante e quais os pontos relevantes. Dessa forma será possível tornar o texto mais específico e direcionado.

3- Não escreva frases muito longas: Vivemos em na época do imediatismo, em que as pessoas buscam objetividade e informações rápidas. Por isso, procure escrever sentenças curtas e mais objetivas, dessa forma, o leitor não se cansa e nem desistirá da leitura.

4- Use recursos linguísticos de acordo com o seu público: Nem sempre escrever um texto é tão fácil quanto parece. Um texto é composto não só por conteúdo, mas também necessita de conhecimentos da língua. Entretanto, para que esses resultados sejam positivos, é preciso unir esses domínios linguísticos com as informações que você tem sobre seus leitores. Por exemplo, não adianta escrever com palavras difíceis e termos técnicos para leitores que não dominam o tema ou sejam leigos no assunto.

5- Revise o texto: Por fim, por mais que você tenha lido diversas vezes enquanto produzia o texto, é essencial que ao concluir, faça uma revisão criteriosa para verificar se há alguma informação faltando, palavras repetidas, assunto fora do contexto ou erros gramaticais e ortográficos. Faça a revisão com calma para não deixar passar erros que poderiam ser evitados.

  • Matt Montenegro, CEO e cofundador da Pingback, plataforma de criadores de conteúdos independentes que reúne em um só lugar publicações de diversos gêneros.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.