Anatel libera faixa de frequência para 4G em todas as capitais - foto: Pixabay
Anatel libera faixa de frequência para 4G em todas as capitais

Radar do Futuro

As condições ideais de temperatura e pressão para que as tecnologias alcancem saltos exponenciais nos próximos anos  se consolidam. O fato novo é a liberação, pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), do uso da faixa de 700 mega-hertz (MHz) para a telefonia móvel em todas as capitais do país. Após o desligamento do sinal analógico de TV em todas as capitais, a faixa será destinada a ampliação do 4G.

Após o desligamento do sinal analógico de TV em todas as capitais, a faixa será destinada a ampliação do 4G. De acordo com a Anatel, faltava apenas Florianópolis (SC), ser autorizada a usar essa fatia do espectro. O processo terá continuidade com o desligamento do sinal analógico de TV nas regiões Norte e Centro-Oeste. Com esse desligamento, a faixa dos 700 MHz estará totalmente liberada para as transmissões de 4G.

“Esta faixa de frequência, que era utilizada pelos canais de TV, agora permite a transmissão de banda larga móvel, com maior velocidade, chegando a uma transmissão até três vezes maior do que a atual”, informou a agência reguladora.

Com isso, as operadoras já podem iniciar os testes de mitigação, em que se verifica a possibilidade de interferência na rede de outras operadoras ou na geração do sinal de TV.

Durante esse período, as operadoras vão realizar campanha de mitigação preventiva, na qual a população é informada sobre como agir em caso de interferência do sinal da banda larga móvel na TV aberta digital. Após o término deste processo, a Anatel autoriza que a banda larga móvel passe a funcionar na faixa de 700 MHz.

“O Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired) já autorizou até agora o início da mitigação preventiva em 3.858 cidades, sendo que, dessas, 1.854 já finalizaram o processo e, portanto, já estão aptas a utilizar o licenciamento, o que beneficia mais de 60% da população brasileira”, disse a Anatel.

Impactos exponenciais

A operadora TIM Brasil comemora a liberação como uma possibilidade de fortalecimento de ganho imediato de qualidade e velocidade com a disponibilização da faixa para transmissões de banda larga e telefonia móvel.

Hoje a TIM conta com mais de 1.100 municípios licenciados em 700 MHz em todo o Brasil, incluindo as 25 capitais do país, e seguirá a ativação da faixa, de acordo com o cronograma de liberação da Anatel/EAD. Até 2020, a empresa pretende chegar a mais de 4 mil cidades no Brasil com sua rede 4G com essa frequência, alcançando 96% da população urbana .

Além de aprimorar a experiência de uso com maior rapidez na navegação, a ativação da frequência reforça significativamente o alcance da rede de quarta geração em ambientes fechados, trazendo mais capilaridade e estabilidade para a conexão dos clientes.

As ofertas de dados da empresa se mantêm as mesmas, sem qualquer reajuste de preços por conta da nova tecnologia e todos os aparelhos do portfólio atual da TIM já operam na frequência 700 MHz