Confrontadas por dúvidas sobre o futuro das suas atividades profissionais, as pessoas tendem a demonstrar, prioritariamente, curiosidade sobre quais empregos sobreviverão entre todos, qual a remuneração e quais as estratégias para sobreviver no mercado de trabalho do futuro. Parte da resposta mostra que, no horizonte de curto prazo, até meados da década de 2020, ocorrerá o crescimento potencial de áreas associadas às tecnologias, incluindo gestores de redes informatizadas e analistas de comunicação de dados, assessores pessoais e de cuidados a domicílio.

As novas tecnologias estão sendo rapidamente introduzidas em vários setores, especialmente naqueles em que as indústrias estão enfrentando desafios especiais ou submetidas a mudanças dramáticas. Algumas áreas conseguem ser mais preservadas, como no caso da saúde e da educação.

Em artigo publicado no site da Sociedade Mundial do Futuro (WFS, na sigla em inglês), o especialista Timothy Mack destaca a simplificação como uma variável a ser considerada na análise dos processos da criação de novos postos de trabalho. Funções são combinadas com frequência por gerar maior eficácia e eficiência. Caso do jornalismo. Hoje, repórteres são cobrados a cumprir funções de fotógrafos, cinegrafistas, diagramadores e editores.

Segundo ele, a tese da fusão se aplica quando novas necessidades surgem como, no caso, da demanda por conteúdos para portais jornalísticos. As novas tecnologias permitem combinar as funções. O uso do telefone celular para fotografar ou gerar filmes.

Como enxergar

Novos problemas criam demanda pelo desenvolvimento de soluções criativas. No debate entre especialistas sobre os rumos do mercado, alguns acreditam que o lado criativo da economia é o que irá conduzir muito do crescimento do emprego no século 21. Timothy Mack, do WFS, sugere que uma abordagem para esclarecer o processo complexo envolvido na compreensão do futuro do trabalho envolve o exame das novas tendências que afetam o local do trabalho nos Estados Unidos. Novas dinâmicas sociais podem impulsionar o desenvolvimento de novos produtos, construindo assim novos mercados e gerando novos empregos.

As oportunidades estão nos detalhes. Entre exemplos, ele assinala que o aumento da vigilância de empresas e de governos sobre a vida dos cidadãos tende a gerar demandas adicionais por produtos que assegurem privacidade. Ou mesmo mobilização social extra contra os excessos que tendem a ocorrer. A crescente diferença de renda, esperada para os próximos anos, deve levar à expansão da indústria da segurança.

INSIGHTS

  • a enorme abundância de produtos idênticos aumenta o valor percebido de produtos artesanais.
  • os novos recursos tecnológicos estão tornando a realidade aumentada em uma alternativa viável para muitos produtos
  • impulso para ferramenta de computação vestíveis e mercado de aprendizagem personalizada
  • a sobrecarga de informações conduz muitas pessoas a considerar a possibilidade de adoção de novos estilos de vida que oferecem mais chances para a solidão e simplicidade
  • a psicologia do sono está permitindo o desenvolvimento de produtos de melhoria do sono, ou seja, de qualidade de vida
  • a aceleração das tecnologias de comunicação estimula o crescimento de redes de agentes digitais
  • mesmo a criação de carros sem motoristas, escolas sem professores e aviões sem piloto vão requerer de trabalhadores de manutenção. Equipe de terra, mecânicos, produtos de limpeza e serviços similares de apoio continuarão sendo requeridos.

 

 

Além de resolver novos problemas, incluindo aqueles criados pelas novas tecnologias, é importante entender que outras dinâmicas também afetam a futura força de trabalho, as carreiras e a criação de empregos. As atividades se atualizam, com as inovações, e requerem configurações.

É necessário entender que o funcionamento das atividades não é estático. Descrições de cargos mudam e misturam para combinar novas condições.

Uma enfermeira de saúde ambiental aborda conhecimentos sobre saúde pessoal mais a questão ambiental.

um agro-restaurateur mistura agricultura mais a hospitalidade, culinária e serviços de comida

Segundo estudo da consultoria de negócios McKinsey & Company, 85% dos novos postos de trabalho que envolvem o trabalho do conhecimento também exigem novas formas de resolução de problemas e habilidades estratégicas.

Assim, uma outra abordagem para prever a forma da força de trabalho de amanhã é avaliar que habilidades serão necessárias para enfrentar os desafios do futuro. Eles podem podem incluir criatividade, resolução de problemas analíticos, trabalho em equipe e compartilhado, maior flexibilidade mental e aumento da velocidade de decisão, combinada com capacidade de testar e validar os pressupostos complexos e dinâmicas interativas.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.