Notas econômicas: 7 a 11 de junho de 2021

0
131

Futebol, pandemia, cortes de investimentos públicos e mais. Confira nas Notas Econômicas o que foi destaque na semana

Coleta de informações semanais feita pelo Economista Paulo Roberto Bretas

Destaque na semana: Afastado da presidência da CBF por conta de denúncias de corrupção, Rogerio Caboclo garantiu a realização da Copa América no Brasil, com apoio do governo Bolsonaro e críticas de especialistas da área de saúde. O STF deu o aprovação para o evento, que pode ser realizada em um momento de aprofundamento da crise sanitária, com mais uma onda de casos. Em mais uma semana de atenções voltadas para o tema da pandemia, a CPI da Covid segue ouvindo negacionistas e cientistas.

notas econômicas: 
jogadores desembarcam no paraguai, sem se envolver com as polêmicas da copa américa
Foto: Lucas Figueiredo – CBF

Cortes nos Orçamentos das Universidades Federais: Prédios fechados,pesquisas interrompidas, nada de aulas presenciais e até mesmo as aulas remotas em risco. Esse é o cenário pintado por 30 das 69 universidades federais do país diante da falta de verba, mesmo que todo o orçamento previsto para este ano seja liberado, o que ainda não aconteceu. A lista de instituições inclui UFRJ, UFF, UFMA, UFBA, UFPE, UFABC e UFES. De 2020 para este ano, o orçamento das universidades públicas foi cortado de R$ 5,6 bilhões para R$ 4,3 bilhões. Os reitores pedem que os valores sejam recompostos para o nível do ano passado. (Globo) (Meio)

Fuga de Cérebros do Brasil: Desde que Jair Bolsonaro assumiu a presidência, em 2019, o número de trabalhadores qualificados que tentam deixar o Brasil quase que dobrou. Reportagem da Folha de S. Paulo mostrou que os EUA são os mais procurados por brasileiros, seguido de Portugal, Canadá e Inglaterra. Mas enquanto os Estados Unidos e o Canadá costumam atrair profissionais mais jovens e em início de carreira, quem vai para Portugal geralmente tem mais renda. (Carta Capital)

Sem Patrocínio 1: A Mastercard retirou o patrocínio que daria à Copa América. (Estadão) (Meio)

Sem Patrocínio 2: Depois da Mastercard, a Ambev também desistiu de expor sua marca no torneio. As empresas continuam a patrocinar a Copa América, mas não querem aparecer. (Folha)

Sem Patrocínio 3: E mais um patrocinador da Copa América não quer ver seus produtos expostos na Copa América. Desta vez é a Diageo, que produz bebidas como a vodca Smirnoff. Diferentemente da Mastercard e da Ambev, a empresa inglesa cortou o patrocínio ao torneio. (G1) 

Ambiente econômico

Carlos Thadeu Gomes: “… as pressões inflacionárias que têm levado aos aumentos de juros encarecem o custo do capital às empresas e do crédito às famílias. Em um contexto de endividamento elevado, podemos ter acirramento da inadimplência e limitação à recuperação econômica. A principal ameaça doméstica está na inflação e na persistência do desemprego, que podem diminuir o impacto do crescimento, afetando as famílias nas faixas de menor renda, em especial.” (Poder 360)

Erros de Estimativa do Mercado Financeiro 1: Há dez meses consecutivos, o mercado financeiro vem superestimando o déficit primário das contas do governo federal. É um padrão diferente do que havia antes da pandemia, quando os erros das previsões variavam para mais ou para menos. Isto é o que mostra a nota informativa “Quebra no padrão dos erros de projeção de mercado do resultado primário desde meados de 2020”, elaborada pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia. (Valor) 

Erros de Estimativa do Mercado Financeiro 2: Até junho de 2020, os erros foram de R$ 1,8 bilhão para cima ou para baixo, na média. Variaram entre R$ 14 bilhões e R$ 12 bilhões negativos. Depois de junho de 2020, as previsões de déficit têm sido consistentemente maiores do que o resultado efetivo e o erro médio foi para R$ 20,7 bilhões. (Valor)

Erros de Estimativa do Mercado Financeiro 3: Para o coordenador-geral de Política Fiscal da SPE, Bernardo Borba de Andrade, “Estamos vivendo tempos difíceis de previsão.” Um elemento por trás dos erros pode ser o uso de modelos que não se ajustam às condições da pandemia. Erros nas previsões do déficit primário podem afetar, por exemplo, a estimativa de juros, citou Andrade. Déficits superestimados acabam gerando “efeito manada” negativo no mercado. (Valor)

Indicadores

Crise Hídrica: Pelo menos oito grandes usinas hidrelétricas instaladas na região Sudeste devem ficar com seus reservatórios perto do colapso total até 30 de novembro, fim do período de estiagem, segundo nota técnica enviada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) à Agência Nacional de Águas (ANA). Essas usinas, localizadas na bacia do rio Paraná, somam 10 mil megawatts (MW) de potência e representam 53% de toda a capacidade de armazenamento de água do país. (Valor)

Alto Risco do Consignado: Um estudo divulgado pelo Banco Central (BC) aponta o risco de alto endividamento dos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que tomam empréstimos consignados. “Entre os tomadores vinculados aos entes consignantes público e privado, há uma maior parte tanto da carteira ativa quanto da quantidade de clientes abaixo dos 30% de comprometimento de renda”.  “Já no consignado para aposentados e pensionistas do INSS, há, comparativamente, uma maior concentração de carteira ativa e do número de clientes ao redor dos 30% e dos 35%, indicando que esses tomadores possam estar próximos aos limites máximos de consignação do crédito pessoal e do cartão de crédito consignados”, afirma o texto. (Valor)

Valor das Reservas em Reais: O valor medido em reais das reservas internacionais, como resultado da variação do câmbio, diminuiu R$ 54,918 bilhões em maio. Desde o início do ano, houve perda de R$ 68,287 bilhões. (Valor)

Gestão

Fusões e Aquisições: A pandemia acelerou em 2021 os processos de fusões e aquisições de companhias fragilizadas pela crise. De um lado, estão grupos capitalizados que buscam melhorar sua eficiência com a compra de rivais. De outro, empresas com dinheiro em caixa estão fechando transações para diversificar seus negócios. Nos primeiros cinco meses do ano, o volume de transações atingiu a marca de 693, alta de 37,23% sobre o mesmo período do ano passado e 20,3% acima de janeiro a maio de 2019, segunda a consultoria espanhola TTR. O número supera, portanto, a base de 2019, antes do início da crise que, inicialmente, paralisou essas transações. (Valor)

Empreendedorismo Interno: Empreender dentro de uma empresa, o chamado intraempreendedorismo, tem ganhado força nos últimos anos dentro das organizações justamente pelas vantagens que traz à jornada de transformação digital. Segundo a Deloitte, a promoção de uma cultura intraempreendedora se traduz diretamente em redução do tempo de chegada ao mercado de novos produtos e serviços, impulsionando o crescimento da receita e redução de custos e melhorando os processos de negócios. (Meio)

Concentração Bancária Cai Mas Segue Alta: Considerando os cinco maiores bancos do país (Caixa, BB, Itaú, Bradesco e Santander), a participação no segmento bancário comercial foi 81,8% em 2020, ante 83,7% em 2019 e 84,8% em 2018. (Valor)

Fintechs de Pagamento: O número de fintechs de pagamento em atuação no Brasil cresceu 26% em 2020, para 190, afirmou o BC. Isso, segundo a autoridade monetária, representa “um indício de incremento na concorrência” entre as instituições de pagamentos. (Valor)

Pagamentos Digitais: Os meios digitais de pagamento se tornaram diferenciais para empresas em transformação digital. Segundo a pesquisa The State of Commerce Experience, 40% dos consumidores B2C pagariam mais por uma experiência de compra melhor, enquanto no B2B, o índice aumenta para 56%. Para isso, os provedores de serviços de pagamento precisam operar em alto nível e de forma integrada. Assim, é possível gerenciar de ponta a ponta e automatizar o processamento de pagamentos. A resiliência do negócio também aumenta: se um pagamento falhar, por exemplo, o sistema tem alternativas e pode redirecionar automaticamente para uma segunda ou terceira rota para garantir a transação. (Meio)

Empreendedorismo Brasileiro 1: O empreendedorismo brasileiro perdeu quase 10 milhões de empreendedores durante a pandemia. A taxa de empreendedorismo no total da população adulta no país caiu para 31,6%, contra 38,7% em 2019, atingindo o menor patamar dos últimos oito anos. O impacto foi maior entre as mulheres: de cada 10 pessoas adultas empreendedoras que saíram do mercado, aproximadamente 7 eram mulheres. (G1) (Meio)

Empreendedorismo Brasileiro 2: As empreendedoras ainda têm dificuldade no acesso a crédito no Brasil. Há algumas iniciativas para atender esse grupo, como a do Grupo Mulheres do Brasil, comandado por Luiza Helena Trajano. O seu Fundo Dona de Mim foi criado durante esta crise para facilitar o microcrédito para mulheres. (IstoÉ Dinheiro) (Meio)

Marketplace para os Pequenos: Os micro e pequenos empreendedores viram no marketplace o caminho para entrar na economia digital durante a pandemia. Se em 2019 essas lojas virtuais representavam 35% do faturamento do comércio eletrônico, em 2020 aumentaram sua fatia para 51%. A pandemia também estimulou a proliferação de marketplaces de nicho. O principal atrativo para os empresários é a agilidade que essas lojas garantem, entre o momento do pagamento e a entrega. Também resolvem outro gargalo comum às microempresas que atuam no varejo online: a falta de funcionários. (Folha) (Meio)

Super Embraer: A Embraer confirmou que está em negociações com a companhia com propósito específico para aquisição (SPAC, na sigla em inglês) americana Zanite Acquisition para uma possível fusão de sua subsidiária Eve, dedicada ao desenvolvimento de um sistema de mobilidade aérea urbana. (Valor)

Setores

Sistema Financeiro Nacional: O Banco Central (BC) afirmou dia 07-06-2021, que “a pandemia interrompeu a melhora da rentabilidade do sistema bancário” observada nos últimos anos. Segundo a autoridade monetária, o Retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE) do Sistema Financeiro Nacional (SFN) alcançou em dezembro do ano passado o menor patamar da série histórica, atingindo 11,5%. O principal fator que levou a essa queda da rentabilidade, de acordo com o BC, “foi o aumento das despesas com provisões para perdas com crédito”. (Valor)

A Força dos Bancos Digitais: Os maiores bancos digitais do Brasil têm 82 milhões de contas, segundo levantamento feito pelo Poder360 com as instituições financeiras. Foram contatadas 7 empresas: Nubank, Banco Inter, Banco Original, C6 Bank, Agibank, Neon e Next. O Nubank soma quase metade do total: 40 milhões de contas. O crescimento é acelerado nas principais empresas. Considerando as 6 que divulgaram os dados dos anos passados, havia 14,8 milhões de contas em 2019. O número subiu 299% até agora. Só Banco Original e Agibank não dobraram de tamanho. Ainda assim, tiveram alta de 56,7% e 38,10% no período, respectivamente. 

Setor Serviços: As restrições menores para o funcionamento das atividades econômicas em abril, em relação às que estavam em vigor em março, ajudam a explicar a alta de 0,7% dos serviços em abril, na série com ajuste sazonal, frente ao mês imediatamente anterior. A análise é do gerente da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), Rodrigo Lobo. (Valor)

Consumo de Itens Industriais: O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apurou queda no consumo de itens industriais em abril. O órgão informou que o Indicador Ipea de Consumo Aparente de Bens Industriais caiu 5,4% em relação a março. A produção interna destinada ao mercado nacional recuou 2%, e a importação de bens industriais caiu 10,6%, após registrar alta de 10% no mês imediatamente anterior. Porém, na comparação com abril de 2020, auge do impacto na economia dos efeitos negativos da pandemia, iniciada em março, o índice do Ipea subiu 28,9% em abril desse ano. (Valor)

Demanda por Transporte de Carga 1: A demanda por transporte de carga no mundo, medida em toneladas de carga por quilômetro (ou CTKs, no jargão do setor) saltou 12% em abril passado na comparação com igual mês de 2019, quando a pandemia não afetava o setor. Os dados foram divulgados pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata). Na comparação com março passado, o resultado de abril representa crescimento de 7,8%. (Valor)

Demanda por Transporte de Carga 2: O resultado foi influenciado pela forte atuação das empresas na América do Norte, que contribuíram com 7,5 pontos porcentuais no crescimento do mês na comparação com 2019. As aéreas em todas as regiões apresentaram crescimento, com exceção da América Latina, que responde por 2,4% do mercado global de transporte de carga. (Valor)

Produção Industrial: A produção industrial nacional recuou 1,3% em abril, frente a março. Houve queda em 9 dos 15 locais pesquisados, conforme dados da Pesquisa Industrial Mensal Regional (PIM Regional), divulgada pelo IBGE. Em relação a abril de 2020, houve alta em 12 dos 15 locais pesquisados. Considerando o resultado acumulado em 12 meses, houve taxas positivas em 10 dos 15 locais pesquisados. (Valor)

Crescimento do Comércio: O crescimento de 1,8% do comércio em abril, frente a março – que veio bem acima do esperado pelo mercado – já abriu a possibilidade de um desempenho melhor que o previsto inicialmente para a atividade econômica no segundo trimestre do ano. A taxa foi a maior desde 2000 para um mês de abril da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e também a alta mais intensa desde agosto de 2020 (2,4%). (Valor)

Vendas dos Supermercados: A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) informou dia 10-06-2021 que as vendas em abrilcresceram 2,77% sobre o mesmo mês de 2020, em termos reais (descontando a inflação medida pelo IPCA/IBGE). Na comparação com março de 2021, o setor apurou queda de 4,82% nas vendas reais. De janeiro a abril, houve expansão de 4,06% sobre ano anterior. (Valor)

Inflação

Inflação do IPCA 1: A inflação oficial brasileira, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), acelerou de 0,31% em abril para 0,83% em maio, a maior taxa para o mês desde 1996, quando foi de 1,22%. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em maio de 2020, o IPCA teve deflação, de 0,38%. (Valor)

Inflação do IPCA 2: Pelo indicador acumulado em 12 meses, o IPCA acelerou para 8,06% em maio, acima dos 6,76% acumulados até abril. É a maior taxa para o acumulado em 12 meses desde setembro de 2016, quando foi de 8,48%. (Valor)Inflação do IPCA 3: O resultado ficou acima do centro da meta inflacionária estabelecida pelo Banco Central (BC) de 3,75% para 2021 – sendo que a meta tem margem de tolerância de 1,5 ponto percentual, para mais ou para menos. (Valor)

Inflação da Construção Civil: A inflação medida pelo Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) foi de 1,78% em maio, após marcar 1,87% em abril, segundo IBGE. Com o resultado, o indicador registra alta de 18,18% em 12 meses, acima dos 16,31% acumulados até abril. (Valor)

Peso da Gasolina na Inflação 1: Com alta expressiva nos preços nos últimos meses, a gasolina vem ganhando peso no cálculo da inflação. O preço do combustível já subiu 24,70% em 2021 e acumula elevação de 45,80% em 12 meses. Em abril, houve recuo de 0,44%, mas a taxa voltou a subir em maio (2,87%). Com esse movimento, o item ganhou peso no cálculo do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). (Valor)

Peso da Gasolina na Inflação 2: A gasolina, que respondia por 4,58% do índice em maio de 2020, já representa 5,82% do IPCA em maio de 2021. A dinâmica também é observada em outros combustíveis, influenciada pelo efeito da substituição. (Valor)

Finanças

Uso do Papel Moeda 1: Quase metade dos brasileiros cita o dinheiro como principal meio para pagar suas compras. O uso, no entanto, é muito diferente de acordo com a classe de renda, como mostra uma pesquisa feita pelo Instituto Locomotiva em janeiro deste ano. Nas classes D e E, 65% disseram que o dinheiro é a forma de pagamento mais utilizada, parcela que cai para 38% na classe C e para 15% nas classes A e B. (Valor)

Uso do Papel Moeda 2: A pesquisa do Instituto Locomotiva – feita com 1.500 pessoas acima de 18 anos – aponta ainda as vantagens para o uso do dinheiro nas compras. As razões mais citadas foram desconto no pagamento (51% dos entrevistados), possibilidade de negociar o preço (45%), praticidade (40%), mais facilidade no controle de gastos (35%) e ausência de taxas (34%). (Valor)

Ganhos com Swaps: O Banco Central (BC) obteve ganho de R$ 10,957 bilhões nas operações de swaps em maio, conforme divulgado pela autoridade monetária. Desde o início do ano, houve ganho de R$ 13,786 bilhões. Em 2020, a conta ficou negativa em R$ 40,801 bilhões. Os swaps não visam gerar ganhos para o BC. Com esses contratos, a autoridade monetária oferece proteção ao mercado em momentos de grande volatilidade no câmbio. No contrato, o BC é perdedor quando o dólar sobe frente ao real e ganha com a valorização da moeda nacional. (Valor)

Fluxo Cambial: O fluxo cambial registrou uma saída líquida de US$ 1,821 bilhão em maio, fazendo deste o primeiro mês negativo do ano. De acordo com dados do Banco Central (BC), a conta de capital ficou negativa em US$ 4,089 bilhões no período, enquanto a conta comercial teve saldo de US$ 2,268 bilhões.

Pirâmide Financeira com PIX: Um possível novo esquema de pirâmide está viralizando nas redes sociais nos últimos dias, dessa vez utilizando o Pix, meio de pagamento eletrônico lançado pelo Banco Central em outubro de 2020. A tática consiste na criação de um grupo, normalmente no aplicativo WhatsApp, em que pessoas possam ir recrutando outros membros. Cada um desses novos participantes têm de transferir uma quantia em dinheiro para seu anfitrião – de R$ 1 a R$ 5. Depois disso, a pessoa é promovida a administrador, podendo repetir o processo com seus amigos e conhecidos. (Poder 360). 

Contas públicas

Patrimônio Líquido da União 1: O patrimônio líquido da União é composto pela diferença entre o total de ativos e passivos da administração pública federal. A União registrou patrimônio líquido negativo recorde em 2020. Somou R$ 4,445 trilhões no ano, o que representa um aumento nominal de R$ 1,463 trilhão em relação a 2019. Em percentuais, a alta é de 49,1%. A União soma R$ 5,702 trilhão em total de ativos e 10,147 trilhões em passivos. (Poder 360)

Patrimônio Líquido da União 2:De acordo com o Tesouro Nacional, houve o aumento de R$ 772,6 bilhões em empréstimos e financiamentos para custear os gastos emergenciais da pandemia de covid-19, como os auxílios. Também subiu em R$ 644 bilhões as provisões previdenciárias e pensões. (Poder 360)

Ambiente social

Mercado de Trabalho: A recuperação do mercado de trabalho brasileiro, em meio à pandemia, deve se intensificar a partir do segundo semestre, impulsionada por vacinação contra covid-19, afirmou Rodolpho Tobler, economista da Fundação Getulio Vargas (FGV). Ele fez a observação ao comentar a alta de 4,7 pontos no Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) em maio, ante abril, para 83,4 pontos. Foi a alta mais forte do indicador desde setembro de 2020 (7,2 pontos) e conduziu o índice ao mais elevado patamar desde janeiro desse ano (83,5 pontos). (Valor)

Auxílio Emergencial até Setembro: O governo deve prorrogar por mais dois meses o auxílio emergencial, pago às famílias mais vulneráveis. O pagamento das novas parcelas será viabilizado com a edição de medida provisória abrindo crédito extraordinário de cerca de R$ 12 bilhões e utilização de algo em torno de R$ 7 bilhões de sobra de recursos de rodada que termina em julho. Com isso, o auxílio, que terminaria em julho, será assegurado até setembro. A nova rodada deverá seguir os mesmos moldes do auxílio que será pago até julho. O benefício mensal deve variar entre R$ 150 e R$ 375, média de R$ 250 por família. (Valor)

Ciência e ambiente

Novos Riscos de Microrganismos: Um organismo microscópico que estava congelado havia 24 mil anos na região ártica da Sibéria voltou à vida em laboratório e ainda se reproduziu assexuadamente. Essa espécie, o rotífero bdeloide, é considerada uma das mais resistentes da Terra, mas a capacidade de sobreviver milênios congelado surpreendeu os cientistas. Outros micro-organismos, musgos e plantas já mostraram ser capazes de se reanimar após longos períodos congelados, o que aumenta os riscos trazidos pelas mudanças climáticas. (BBC Brasil) (Meio)

Ambiente político

Segredos Serão Revelados: A CPI da Pandemia aprovou na quinta-feira a quebra do sigilo telefônico dos ex-ministros da Saúde Eduardo Pazuello e das Relações Exteriores Ernesto Araújo, além de outras 16 pessoas e dos sigilos bancário e fiscal de quatro empresas. (Poder360) (Meio)

Pesquisa Eleitoral: A vantagem do ex-presidente Lula (PT) sobre o presidente Bolsonaro (sem partido) num eventual segundo turno em 2022 caiu 7 pontos, de 52% a 34% em abril para 48% a 37% agora, segundo pesquisa do PoderData divulgada dia 09-06-2021. A margem de erro é de dois pontos. Ciro Gomes (PDT) e Luciano Huck (sem partido) também venceriam Bolsonaro, com 44% a 36% e 45% a 35%, respectivamente. O governador paulista João Doria (PSDB) melhorou seu desempenho e agora aparece empatado com Bolsonaro, ambos com 39%. No primeiro turno, Bolsonaro e Lula estão em empate técnico, com 33% e 31%, respectivamente, seguidos por Ciro, que, com 10%, que se descolou dos chamados “candidatos de centro”. (Poder360) (Meio)

Dispensa de Regularidade Fiscal para Empréstimos: O Senado aprovou o texto da Medida Provisória 1028, que dispensa os bancos de exigirem documentos de regularidade fiscal para conceder empréstimos ou renegociar dívidas dos clientes. A proposta, que segue para sanção presidencial, foi apresentada para mitigar impactos decorrentes da pandemia. Pelo texto, bancos não poderão cobrar comprovação de quitação de tributos federais, certidão negativa de inscrição na dívida ativa da União, certidão de quitação eleitoral, regularidade com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e regularidade na entrega da Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Os tomadores de empréstimo rural ficam dispensados de comprovar o pagamento do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR). (Valor)

Governo

Uso de Máscaras: Bolsonaro vai, novamente, na contramão da Organização Mundial da Saúde (OMS). A entidade diz que o uso de máscaras não está relacionado à vacinação, mas ao grau de circulação do vírus. Austrália e Nova Zelândia, mesmo sem campanhas de vacinação amplas, conseguiram suspender restrições por terem contido a circulação do Sars-Cov-2. (Folha) (Meio)

Recusa da Vacina da Pfizer: A vacina da Pfizer por US$ 10 dólares foi considerada cara pelo governo brasileiro. Esse foi um dos motivos apresentados à CPI da Pandemia pelo ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para a recusa de Jair Bolsonaro em aceitar as diversas ofertas do laboratório americano. Na verdade, metade do preço cobrado dos EUA e do Reino Unido, R$ 20. (Folha) (Meio)

Imposto de Renda: A equipe econômica está programando reuniões com lideranças políticas para encaminhar à Câmara dos Deputados a reforma do Imposto de Renda. Ao mesmo tempo, o Ministério da Economia negocia com o Senado a modificação do projeto de Refis do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para transformá-lo no chamado “passaporte tributário”, que visa limpar o balanço das empresas para o novo marco tributário do país. As discussões apontam para a possibilidade de descontos de 70% em multa e juros para as empresas com dívidas e que tiveram perda de faturamento na pandemia. (Valor)

Mais Inflação Ajuda o Governo: A aceleração da inflação foi o principal fator por trás do aumento recente da arrecadação de impostos, mostram cálculos apresentados pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. No primeiro quadrimestre, a arrecadação subiu 25%, na comparação com o mesmo período do ano passado. Desse total, nada menos do que dez pontos percentuais se devem apenas à inflação. (Valor)

Ambiente internacional

Mercosul – Flexibilização da Tarifa Externa Comum 1: Sem acordo entre Brasil e Argentina sobre a reforma e a flexibilização da Tarifa Externa Comum (TEC), alíquota de imposto de importação adotada pelos países do Mercosul e que varia de acordo com o produto, a reunião de ministros de Economia e Relações Exteriores do bloco, prevista para 3a feira (8.jun.2021), foi suspensa. (Poder 360)

Mercosul – Flexibilização da Tarifa Externa Comum 2: As discussões são extremamente difíceis. O Brasil propõe um corte de até 20% em todos os itens da TEC neste ano, -10% assim que o acordo for assinado e -10% em dezembro. Isso significa que a mais alta tarifa, que atinge produtos eletrônicos e automóveis, entre outros, cairia de 35% para 28%. A Argentina quer reduções distintas nas tarifas de diferentes setores. (Poder 360)

Previsões do Banco Mundial 1: A economia global deve se expandir 5,6% em 2021, o ritmo pós-recessão mais rápido em 80 anos, principalmente em razão da forte recuperação de algumas economias importantes. No entanto, muitos mercados emergentes e economias em desenvolvimento devem continuar a lutar contra a pandemia de covid-19 e suas consequências, afirma o Banco Mundial no relatório “Perspectivas Econômicas Globais”, de junho. (Valor)

 Previsões do Banco Mundial 2: A perda de renda per capita não será revertida até 2022 em cerca de dois terços dos mercados emergentes e economias em desenvolvimento. Entre as economias de baixa renda, onde a vacinação chegou mais tarde, os efeitos da pandemia reverteram avanços na redução da pobreza e agravaram a situação de insegurança social e outros problemas de longa data. (Valor) Previsões do Banco Mundial 3: A previsão de crescimento para o Brasil ficou em 3%, mesmo índice do relatório divulgado em janeiro. (Valor)

Inflação nos EUA: Os preços ao consumidor nos Estados Unidos aumentaram em seu ritmo mais veloz desde 2008, numa clara indicação de crescimento da pressão inflacionária. O índice de inflação dos últimos 12 meses chegou a 5% em maio, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira pelo Escritório de Estatísticas do Departamento do Trabalho (BLS, na sigla em inglês). (Valor)

Reservas Cambiais da China: As reservas de moeda estrangeira da China, as maiores do mundo, aumentaram pelo segundo mês consecutivo em maio, graças aos preços mais altos dos ativos globais e aos influxos estrangeiros em ações e títulos chineses. O Banco Popular da China, o banco central do país, informou que as reservas cambiais do país estavam em US$ 3,222 trilhões no fim de maio, ante US$ 3,198 trilhões no fim de abril. (Valor)

Ambiente tecnológico

Investigação Contra Facebook: A União Europeia abriu sua primeira investigação formal antitruste contra o Facebook. Os reguladores vão investigar se os dados dos usuários que compram e vendem pelo marketplace são usados pelo Facebook para obter vantagem sobre os concorrentes. O Reino Unido também abriu investigação paralela, mas mais abrangente: vão ainda investigar o uso do login único para acesso a outros sites e como a companhia se beneficia de sua plataforma de namoro. Com as investigações, o Facebook se junta às outras big techs Google, Amazon e Apple, que já são alvo dos reguladores na Europa. (Meio)

Google e a Pressão Antitruste: Pela primeira vez após pressão antitruste, o Google fará alterações em seu negócio global de anúncios. O acordo foi feito após a agência reguladora da França multar a big tech em 220 milhões de euros por favorecer sua plataforma Google AdX na venda de anúncios contra concorrentes. O Google se comprometeu a melhorar os serviços e as mudanças devem ser implementadas até o primeiro trimestre de 2022. (Meio)

Audiobooks: Os audiobooks devem chegar ao Spotify até o final do ano. Os usuários da plataforma de audiobooks Storytel poderão vincular suas contas ao Spotify. Essa é uma das primeiras grandes parcerias da Plataforma de Acesso Aberto (OAP) do app de streaming. A tecnologia, anunciada em abril junto com o plano de assinatura de podcast da empresa, permite que editores e criadores transmitam seu conteúdo por meio do Spotify enquanto usam seu sistema de login existente. (Meio)

Realidade dos Hologramas: Hologramas já não são exclusividade de ficções científicas e têm sido adotados por empresas que querem encontros mais pessoais em uma era virtual. WeWork e Novartis são algumas que fizeram parceria com a canadense ARHT Media, responsável pela HoloPresence. A tecnologia projeta uma pessoa de forma bem realista por meio de um vídeo gravado com fundo de tela verde. Então, a imagem e o áudio são compactados, criptografados e transferidos via conexão de internet e com baixa latência, levando menos de 0,03 segundo para a impressão chegar ao espectador. (Meio)

Vazamento de Senhas: Um novo vazamento de senhas pode ser o maior da história. Segundo o Cybernews, cerca de 8,4 bilhões foram expostas em um fórum online, superando em quase duas vezes o total de usuários de internet estimados hoje no mundo. (Meio)

Segurança Digital: Mais da metade das empresas brasileiras diz ser alvo de ataques digitais com frequência. Mesmo assim, elas admitem que ainda não desenvolvem políticas de segurança digital e treinamento para os seus funcionários de forma aprofundada — apenas 24% das empresas consideram estar bem preparadas e só 32% delas têm uma área própria de cibersegurança. (Folha) (Meio)Bitcoin em El Salvador: El Salvador se tornou o primeiro país a aprovar o bitcoin como moeda legal. Para economistas, no entanto, o risco da adoção é a volatilidade. O bitcoin, por exemplo, tem sofrido uma sequência de quedas e já opera no patamar de US$ 34 mil depois de chegar a US$ 60 mil. (Meio)


Paulo Roberto Bretas
é economista pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), especialização no CEDEPLAR- UFMG e MBA em Gestão pela Fundação Getúlio Vargas – Rio de Janeiro. Atualmente é professor associado da Fundação Dom Cabral e Professor de História Econômica, Economia Brasileira e Desenvolvimento Socioeconômico do CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA – BH.

Notas Econômicas: Fontes

Fontes: Jornal Valor, Folha, Estadão, Canal Meio Newsletter, Veja, Isto É Dinheiro, Poder 360, Carta Capital, CNN Brasil, G1 e Globo

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.