Após meses fechados por conta da pandemia, de olho no futuro dos restaurantes colocam revolução digital entre prioridades para sobreviver

futuro dos restaurantes: foto de prato asiático com destaque para um camarão
Imagem de Maciej Cieslak por Pixabay
Imagem de Maciej Cieslak por Pixabay 

Os últimos meses foram responsáveis por grandes mudanças em diversos mercados e o de bares e restaurantes foi um deles. Após as medidas de restrição e fechamento, os estabelecimentos tiveram que apostar em tecnologia como uma alternativa para não fechar. O segmento, que nunca foi diretamente relacionado com a revolução digital, passou a ser visto como um dos que mais investiram nestas soluções visando alcançar e manter os clientes.

De acordo com Samuel Ferreira, CEO da Meep, empresa brasileira de tecnologia em soluções e meios de pagamento, a demanda por serviços voltados para esse mercado cresceu 60%. “A pandemia foi fator determinante para que o mercado de bares e restaurantes avançasse muito tecnologicamente. Muitos estabelecimentos tiveram que se reinventar e a digitalização de processos foi a saída para o momento. Além disso, vale dizer que grande parte pretende continuar e investir ainda mais em tecnologia”, pontua.

E é o caso do Mercado da Boca, restaurante em Belo Horizonte (MG). Fundado em 2018, o estabelecimento passou 6 meses totalmente fechado, e teve que encerrar as atividades de uma das unidades durante a pandemia. “Foi um momento para mudarmos o nosso modelo de negócio. Hoje, investimos em tecnologia por meio de um dashboard que nos mostra os principais indicadores do negócio e nos ajuda a enxergar melhor a operação”, afirma Lucas Vereza, sócio do Da Boca, que teve todo o projeto desenvolvido pela Meep. Hoje, o restaurante conta com 5 unidades e usa a tecnologia para dividir todas as operações e organizar melhor o negócio.

Diante desse cenário, Samuel Ferreira lista quais são as tecnologias mais utilizadas pelos restaurantes. Confira!

Pedidos via totem e tablet

Para diminuir a quantidade de funcionários no salão de atendimento e assim operar de forma mais segura, os estabelecimentos optaram pelos totens, pelos quais os próprios clientes podem realizar os pedidos e aguardar para retirada ou consumo na mesa. Além disso, os tablets que funcionam como cardápio e também para fazer pedido são bastante procurados.

Comanda cashless

Funcionando como um cartão pré-pago, as comandas cashless evitam que funcionários precisem ter contato com dinheiro ou cartão, se transformando em uma opção segura. É um meio de pagamento muito usado em shows e tem como foco melhorar a experiência do cliente por conta da agilidade e facilidade.

Garçom com pagamento

Para evitar muitas pessoas andando pelo estabelecimento e consequentemente aglomeração, a solução que permite que os garçons já recebam o pagamento também está entre os investimentos feitos pelos bares e restaurantes. Isso evita que se formem filas no caixa, por exemplo.

Reservas pelo totem

O totem não é apenas um instrumento para pedidos, mas também para reservas. Isso faz com que os clientes consigam mais agilidade na hora de escolher um horário e que funcionários, que antes eram destinados a essa tarefa, possam focar em demandas estratégicas para o estabelecimento.

Totem com balança

Uma das novidades é o totem com balança para restaurantes com sistema de self-service. Após pegar a comida, o consumidor consegue pesá-la e fazer o pagamento sem a necessidade de um atendente que faça isso. “Muito se fala disso no mundo corporativo, mas a ideia do uso da tecnologia em bares e restaurantes também não é substituir as pessoas, mas sim fazer com que elas sejam remanejadas para outras demandas que sejam mais estratégicas para o local” finaliza Ferreira.

Sobre a Meep:

A Meep nasceu em 2015 para trazer inovação na experiência do consumo, tanto para as empresas, quanto para os clientes. As soluções da Meep para as empresas envolvem autoatendimento, PDV, caixa móvel, cardápio digital e gestão. Há também soluções personalizadas para vários tipos de negócios, como cidades, cantinas escolares, praças de alimentação, restaurantes self-service, estádios, clubes, parques e eventos em geral. O aplicativo da Meep é uma espécie de assistente de lazer que traz, para o usuário, a possibilidade de escolher e acompanhar a programação do estabelecimento favorito.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.