Italiano gera controvérsia ao assegurar que a cirurgia é possível agora

Radar do Futuro

O primeiro transplante de cabeça humana será realizado em 2017. Quem pretende fazer a intervenção pioneira é o neurocirurgião italiano Sergio Canavero. Segundo ele, um homem chinês será o primeiro paciente. Agora, tudo que ele precisa é de aprovação e financiamento. A iniciativa pretendida pelo médico é vista com ceticismo por outros especialistas. 

Em 2016, Canavero criou bastante o tumulto (para dizer o mínimo) ao divulgar que seria a primeira pessoa a transplantar uma cabeça humana para o corpo de um doador falecido. Sim, ele está planejando tentar o primeiro transplante de cabeça humana do mundo (ou transplante de corpo, dependendo de como você olha para ele).

De fato, faz cerca de um ano desde sua proclamação inicial, e o neurocirurgião italiano ainda se mantém firme em sua declaração, apesar de afirmações de outros especialistas que não passa de uma farsa ou a possibilidade de promoção do jogo Metal Gear Solid .

Esta última avaliação é devida à semelhança estranha entre o médico e algumas das característicos do jogo. 

Cientistas argumentam que um transplante de cabeça é atualmente impossível, apesar dos avanços no tratamento dos problemas da medula espinhal. A maioria diz que a cirurgia terminará na morte. Outros observam que pode realmente resultar em algo muito pior do que a morte , como a diferença na química do cérebro poderia sobrecarregar o paciente e causar um nível de insanidade nunca antes visto.

Com informações de Futurism.com

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.