Notas Econômicas – 4 a 8 de abril de 2022

149

Coleta de informações semanais feita pelo Economista Paulo Roberto Bretas

Foto: Rovena Rosa – Agência Brasil

A Paraíba tornou-se nesta sexta-feira, dia 8, o último estado brasileiro a facultar o uso de máscaras em locais públicos. A proteção facial em locais fechados será liberada apenas nos municípios onde mais de 70% da população estiver imunizada com duas doses da vacina contra a Covid-19. A maioria dos estados passou a facultar o uso no mês de março, começando pelo Rio de Janeiro e São Paulo, ainda na primeira semana, e terminando com o Pará, no último dia do mês. Em 12 estados, o uso é facultativo apenas em locais abertos; em outros 15, a proteção facial também é opcional ambientes fechados. (Radar do Futuro)

EM 2022 O BRASIL COMEMORA 200 ANOS DE INDEPENDÊNCIA.

Economia e Finanças

Uso do Pix Reduz Receitas dos Bancos: O uso do Pix cresceu entre os brasileiros e os cinco maiores bancos do país viram suas receitas de serviços de conta corrente caírem quase R$ 2,7 bilhões em 2021. Mas o sistema também abriu novas possibilidades de negócios e ganhos, como a oferta de crédito para transações via Pix. (Folha)

Cresce a Produção de Veículos: O setor automobilístico que corresponde aos veículos automotores, reboques e carrocerias, após registrar uma perda de 17,4% de dezembro a janeiro deste ano, apresentou um saldo positivo de 3,2%. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do IBGE, divulgada de 01-04-2022. (CNN Brasil)

Mas Caem as Vendas de Veículos: Contudo, a falta de componentes eletrônicos na indústria continua a ser o principal fator da queda nas vendas de veículos no Brasil, embora a alta dos juros também seja apontada como um fator que provoca retração da demanda. De janeiro a março foram licenciados 405,6 mil veículos no país, uma queda de 23,15% na comparação com o primeiro trimestre de 2021. Foi o pior desempenho para o primeiro trimestre desde 2005. O resultado de março também foi fraco, com uma queda de 22,47% no licenciamento de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus. Isso representou uma queda de 22,47% em relação a março do ano passado, segundo informações da Federação Nacional da Distribuição de Veículos (Valor)

Dívida do Governo Reduz com Queda do Dólar: A queda do dólar ajudará a baixar a dívida bruta do governo geral, um dos principais indicadores de solvência fiscal acompanhados pelos investidores, em cerca de 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB). Em fevereiro e março, a cotação do dólar caiu 11,6%, de R$ 5,36 para R$ 4,70. Cada queda de 1% no preço da moeda americana ante o real leva a uma redução de 0,11 % na dívida bruta.  (Valor)

Há Efeitos Negativos na Queda do Dólar: Há, contudo, efeitos negativos da queda do dólar que aparecem sobretudo no balanço do BC, que carrega as reservas internacional. Em fevereiro e março, até o dia 18, o impacto negativo chegava a R$ 99 bilhões, considerando os ganhos nos swaps cambiais e a perda na contabilização das reservas em reais. (Valor)

Emprego e Faturamento da Indústria: lamentavelmente, o emprego e o faturamento da indústria recuaram na passagem entre janeiro e fevereiro — -0,1% e -0,2%, respectivamente, na série dessazonalizada — de acordo com a Confederação Nacional da Indústria (CNI). A queda nas contratações, na margem, ocorre depois de três altas consecutivas. Na comparação com fevereiro de 2021, no entanto, o emprego aumentou 2,9%. (Valor)

Massa Salarial da Indústria: Para a CNI, a massa salarial da indústria de transformação não se alterou na passagem de janeiro para fevereiro de 2022. A estabilidade também interrompeu três altas consecutivas na comparação mensal. A massa salarial cresceu 3,5% na comparação com fevereiro de 2021. O rendimento médio real também recuou 0,1% e apenas o índice de horas trabalhadas na produção cresceu na passagem de janeiro para fevereiro, com alta 1,4%. (Valor)

Utilização da Capacidade Instalada se Mantém Inalterada:  A UCI) manteve-se inalterada em 81%, no período pesquisado pela CNI, pela série dessazonalizada. Em relação ao mesmo mês de 2021, a UCI mostra alta de 0,4 ponto percentual. (Valor)

Seguros no Brasil: No Brasil, o mercado de seguros movimenta US$ 57,6 bilhões (R$ 265,9 bilhões), o que corresponde a 44% das vendas em toda a América Latina. Em 2021, foram pagos R$ 393,2 bilhões em benefícios, sem contar os 117 mil empregos diretos gerados no setor. (Meio)

A Desistência dos Que Não Foram: Logo após o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, abrir mão do conselho de administração, o economista Adriano Pires desistiu  de concorrer à vaga da presidência da mesma Petrobras. Em carta enviada ao ministério de Minas e Energia, Pires diz que “ficou claro para mim que não poderia conciliar meu trabalho de consultor com o exercício da presidência da Petrobras. Iniciei imediatamente os procedimentos para me desligar do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), consultoria que fundei há mais de 20 anos e hoje dirijo em sociedade com meu filho. Ao longo do processo, porém, percebi que infelizmente não tenho condições de fazê-lo em tão pouco tempo”. (Poder360) (Meio)

Muitos Conflitos de Interesses: A desistência de Pires vem depois que o Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) pediu que o economista fosse impedido de assumir o cargo enquanto não houvesse uma investigação sobre um possível conflito de interesse com a atuação dele no setor privado. Como sócio fundador do CBIE, Adriano Pires tem negócios com petroleiras e empresas de gás e ligação com o empresário Carlos Suarez, dono de distribuidoras de gás, e com Rubens Ometto, da Cosan. No procedimento interno que analisa os indicados a cargos de liderança e gestão na estatal, o Comitê de Pessoas da Petrobras avaliou que os eventuais conflitos de interesse no caso de Pires não se resolveriam com a transferência de sua parte no CBIE para familiares. (Estadão) (Meio)

Crescimento do Setor Serviços Acelera: Boa notícia. O Índice de Gerente de Compras (PMI) do setor de serviços brasileiro medida pelo S&P Global subiu de 54,7 em fevereiro para 58,1 em março, na série com ajuste sazonal, e revelou a taxa de crescimento mais acelerada em aproximadamente 15 anos. Os dados do Índice de Gerente de Compras (PMI) Composto, com dados de indústria e serviços, também apontaram para uma aceleração substancial, aponta a S&P Global no mesmo boletim. O índice consolidado subiu de 53,5 em fevereiro para 56,6 em março, indicando a recuperação mais acentuada desde janeiro de 2010. (Valor)

Segurança Sanitária e Econômica: Segundo publicação do Fundo Monetário Internacional (FMI) do dia 05-04-2022, a comunidade internacional precisará de cerca de US$ 10 bilhões anuais para reduzir os riscos de longo prazo da covid-19. Será preciso destinar mais dinheiro ao combate às pandemias e ao fortalecimento dos sistemas de saúde em todo o mundo. (Valor)

União Quita Dívidas de Estados e Municípios: Como se trata de aval, A União pagou em março R$ 569,46 milhões para quitar parcelas de dívidas não honradas por Estados e municípios. Com isso, o total acumulado no ano chegou a R$ 2,12 bilhões. Desde 2016, o montante de garantias honradas chega a R$ 44,03 bilhões, informou o Tesouro Nacional. Considerando-se os valores honrados em março, R$ 195,46 milhões correspondem a dívidas não honradas pelo Rio de Janeiro (Estado), R$ 182,66 milhões são do Rio Grande do Sul, R$ 109,91 milhões, de Minas Gerais, R$ 76,40 milhões, de Goiás, e R$ 5,03 milhões, do Rio Grande do Norte. (Valor)

Mal Uso de Dinheiro Público: Nós é que pagamos a conta. O governo Bolsonaro (PL) destinou R$ 26 milhões de recursos do Ministério da Educação (MEC) para a compra de kits de robótica para escolas de pequenas cidades de Alagoas que sofrem com uma série de deficiências de infraestrutura básica, como falta de salas de aula, de computadores, de internet e até de água encanada. (Valor)

Marketplace para Venda de Bens da União: E o governo anunciou a criação de um marketplace para permitir a venda de bens de devedores da União, penhorados em execuções fiscais ou oferecidos em acordos administrativos. O Comprei, gerido pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), busca monetizar os bens que estão em processo de dívida fiscal. (Valor)

PIB Brasileiro Crescerá Menos e o Haiti É Aqui: O Banco Mundial no seu Relatório Semestral Região da América Latina e do Caribe revisou sua projeção para o crescimento do PIB do Brasil, em 2022, de 1,4% para 0,7%, conforme divulgado dia 07-04-2022. A estimativa para o desempenho da economia brasileira é a segunda pior em uma lista de 28 países, ficando à frente apenas do Haiti, para o qual o órgão calcula retração de 0,4%. Não há dados sobre a Venezuela. (Valor)

Produção Industrial Avançou em Fevereiro: A produção da indústria brasileira teve avanço em 11 dos 15 locais pesquisados pela Pesquisa Industrial Mensal (PIM) Regional do IBGE, em fevereiro, frente a janeiro. (Valor) 

Expansão do Crédito em 2022: Segundo reportagem do jornal Valor, pode parecer um contrassenso que, num cenário de juros e inflação elevada, incertezas como guerra e as eleições, as projeções para a expansão do crédito em 2022 estejam melhorando. Entretanto, alguns fatores explicam esse movimento. O primeiro é que as previsões tinham caído muito no fim do ano passado, quando a ômicron assolava o país. Depois disso, o resultado do PIB do quarto trimestre veio melhor do que o esperado e a pandemia diminuiu muito, o que colaborou para uma melhora na percepção dos agentes. Além disso, com a inflação elevada, os volumes de concessão sobem junto, o que não significa, necessariamente, que mais gente esteja tomando crédito. Em março, no Relatório Trimestral de Inflação (RTI), o BC reduziu sua perspectiva para o crédito este ano de 9,4% para 8,9%. No entanto, a pesquisa da Febraban com grandes bancos mostrou a segunda alta consecutiva das projeções, para 8,3% (Valor)

Queda na Produção de Veículos: As montadoras brasileiras mantiveram em março o fraco ritmo de produção e vendas de janeiro e fevereiro e encerraram o primeiro trimestre de 2022 com 496,1 mil unidades montadas, queda de 17%. Isso representa cerca de 100 mil veículos a menos na comparação com o mesmo período do ano passado, quando o setor produziu 597,8 mil unidades. Em março saíram das linhas de montagem 184,8 mil veículos, queda de 7,8% na comparação anual. (Valor) 

Inflação da Construção Civil: A inflação medida pelo Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi) subiu 0,99% em março, após alta de 0,56% em fevereiro, segundo o IBGE. Com o resultado, o indicador acumula variação de 15,75% em 12 meses, frente a 16,28% até fevereiro. (Valor)

Petrobras Vilã da Inflação: Mais de um terço (34,5%) da alta de 1,62% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em março veio dos itens que sofreram reajuste de preços da Petrobras nas refinarias para as distribuidoras, segundo o IBGE. Juntos, gasolina, óleo diesel, gás de botijão e gás veicular representaram 0,56 ponto percentual (p.p.) do IPCA de março. (Valor)

Inflação

Inflação do IPC-S se Acelera: Foi registrada uma aceleração da inflação do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), para 1,35% no encerramento de março, vindo de 0,94% na imediatamente anterior, a terceira do mês, foi verificada nas sete capitais pesquisadas, informou o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre) em relatório. (Valor)

Inflação dos Países da OCDE 1: É de assustar! A inflação nos países da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) acelerou para 7,7% em fevereiro, o maior valor desde dezembro de 1990, segundo dados divulgados dia 05-03-2022 . A inflação entre os países da OCDE deve aumentar ainda mais nos próximos meses, pressionando a renda das famílias, depois da disparada dos preços da energia, em decorrência da guerra na Ucrânia. (Valor)

Inflação dos Países da OCDE 2: E a OCDE observou que o aumento da inflação é um fenômeno generalizado, afetando todos os países. Nos EUA, por exemplo, a taxa em fevereiro (8,6%) foi a mais alta desde janeiro de 1982. Já a Turquia teve o índice mais alto entre os membros da instituição (54,4%). (Valor)

Alta do IGP-DI: Verificou-se em março que o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou inflação de 2,37% , superior à de fevereiro, de 1,50%. Com isso, acumulou aumento de 6% no ano e 15,57% em 12 meses, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). (Valor)

Aluguéis Residenciais: Uma boa notícias para os locatários, o Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (Ivar) subiu 0,81% em março, desacelerando em relação à alta de 2,92% de fevereiro e acumulando variação de 6,24% em 12 meses, a maior nesta base de comparação desde o início da série histórica, em janeiro de 2019. (Valor)

IPCA atinge 1,62% com Ajuda da Gasolina: A inflação oficial brasileira, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor, subiu 1,62% em março, após alta de 1,01% um mês antes. É o maior resultado para o mês desde 1994, quando foi 42,75%, período pouco antes da implementação do Plano Real. As informações foram divulgadas pelo IBGE. Pelo indicador acumulado em 12 meses, o IPCA ficou em 11,3% em março, ante 10,54% até fevereiro. Individualmente, o maior impacto para a alta do IPCA de março veio da gasolina, cujo preço subiu 6,95% e respondeu por 0,44 ponto percentual do IPCA. (Valor)

INPC Também Acelera Alta: Segundo o IBGE, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação percebida por famílias com renda entre um e cinco salários mínimos mensais, foi de 1,71% em março, após alta de 1% em fevereiro. Esse foi o maior resultado para um mês de março desde 1994, quando o índice foi de 43,08%, pouco antes da implementação do Plano Real. No acumulado de 12 meses, o INPC ficou em 11,73%. Até fevereiro, o resultado acumulado em 12 meses tinha sido de 10,80%. (Valor)

IGP-M Avança na Primeira Prévia: O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) registrou inflação de 1,88% na primeira prévia de abril, vindo de variação zero (estabilidade de preços) na mesma leitura de março e de 1,74% no encerramento daquele mês, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Governo e Ambiente Político

Pesquisa Iespe: O Ipespe divulgou dia 06-04-2022 a primeira pesquisa eleitoral após a desistência do ex-ministro Sérgio Moro (União Brasil). Na simulação de primeiro turno, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria 44% dos votos, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 30%. Lula permaneceu no mesmo ponto em que estava enquanto Bolsonaro chegou a seu melhor patamar já registrado, após Moro sair da corrida. Ciro Gomes (PDT) registrou 9%; João Doria (PSDB), com 3%, Simone Tebet (MDB), com 2%; e André Janones (Avante), com 1%. No segundo turno, Lula venceria todos os rivais: 53% a 33% contra Bolsonaro, 52% a 25% contra Ciro e 55% a 20% contra Doria. (UOL) (Meio)

Lula Criando Polêmicas e Perdendo Apoios: O ex-presidente Lula vem distribuindo declarações polêmicas, provocando reação de adversários e preocupação de aliados. Num evento da CUT, ele defendeu que sindicalistas mapeassem os endereços de deputados e fossem em grupos de 50 pessoas “incomodar a tranquilidade” dos parlamentares e suas famílias. Em resposta, o deputado Júlio Amaral (PL-MG) publicou um vídeo em que mostrava sua casa e carregava uma arma. “Estarei pronto para uma bela e calorosa recepção. Sejam bem-vindos!”, escreveu. No dia 05-04-2022, em evento na Fundação Perseu Abramo, os alvos de Lula foram a elite, chamada de “escravista”, e a classe média, acusada de ostentar um “padrão de vida acima do necessário”. Na mesma ocasião, ele afirmou que o aborto é “uma questão de saúde pública” e disse que a prática reflete a desigualdade social no Brasil. Evangélicos e políticos governistas o criticaram duramente. (UOL) (Meio)

União na Disputa pelo Planalto: Os partidos políticos, União Brasil, MDB, PSDB e Cidadania pretendem anunciar no dia 18 de maio o nome de um candidato de consenso à presidência da República. A decisão foi tomada numa reunião ontem entre os presidentes dos quatro partidos, respectivamente, Luciano Bivar, Baleia Rossi, Bruno Araújo e Roberto Freire. O ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) se reuniu ontem com a senadora Simone Tebet (MS), pré-candidata do MDB, para, segundo ele, “construir uma convergência” entre as legendas da terceira via. Leite, que já admitiu ser vice numa chapa com Tebet, negou que estivesse deslegitimando as prévias tucanas, vencidas pelo ex-governador paulista João Doria. (CNN Brasil) (Meio)

Escutas que Levam ao Planalto: Uma escuta de fevereiro de 2020, feita pela Polícia Civil do Rio, traz acusações de envolvimento do Palácio do Planalto na morte do ex-PM e miliciano Adriano da Nóbrega. Na gravação, feita com autorização judicial, a irmã dele, Daniela Magalhães da Nóbrega, diz a uma tia que até cargos foram oferecidos para que o ex-policial virasse um “arquivo morto”. “Já tinham dado cargos comissionados no Planalto pela vida dele. Fizeram uma reunião com o nome do Adriano no Planalto. Ele já sabia disso”, diz ela. A Polícia Civil omitiu toda a gravação de Daniela e menções ao governo federal de outras escutas no relatório encaminhado ao Ministério Público. Além de comandar a maior milícia do Rio, Adriano era suspeito de participar de um suposto esquema de rachadinhas, no gabinete na Alerj do hoje senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ). O Palácio do Planalto, a Polícia Civil e os advogados de Daniela não se manifestaram sobre o caso. (Folha) (Meio)

Avaliação de Bolsonaro Melhora: Embora siga predominantemente negativa, a avaliação de como o presidente Jair Bolsonaro (PL) lida com a pandemia de covid-19 melhorou, segundo o Datafolha. A parcela dos entrevistados que vê o desempenho dele como ruim ou péssimo caiu de 54% em setembro para 46% em março. Já ótimo ou bom foi de 22% para 28%, e regular de 22% para 25%. A reprovação é maior entre os mais escolarizados e os moradores das regiões Nordeste e Sudeste. (Folha) (Meio)

Aparente Golpismo de Bolsonaro: O presidente Bolsonaro, afirmou no dia 05-04-2022 que o ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira, se destaca em seu governo porque “é o que tem a tropa nas mãos” e “em última análise, poderá fazer o país rumar à normalidade”. As afirmações foram feitas durante discurso em cerimônia de promoção de generais-oficiais, no Palácio do Planalto. Não ficou claro à qual “normalidade” o presidente se referia. Diante dos militares de alta patente do Exército, Aeronáutica e Marinha, o presidente disse que as Forças Armadas estão “ao lado do Brasil” e voltou a invocar a “luta do bem contra o mal”, em referência indireta às eleições. (Valor)

Fluxo da Corrupção é Barrado pelo TCU: E o governo correu dia 05-04-2022 para salvar a licitação para a compra de 3.850 ônibus escolares rurais com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e reduziu o preço máximo de R$ 2,045 bilhões para R$ 1,5 bilhão. Antes, porém, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Walton Alencar Rodrigues embargou o resultado do leilão. O pregão foi realizado, mas o vencedor só será anunciado após o aval do TCU. Tanto a equipe técnica do próprio FNDE quando a Controladoria-Geral da União (CGU) haviam alertado que o valor máximo original embutia um sobrepreço de até R$ 732 milhões. A despeito do aviso, a licitação e o valor haviam sido mantidos pelo presidente do fundo, Marcelo Ponte, e pelo diretor de Ações Educacionais, Garigham Amarante. Eles estão nos cargos por indicação, respectivamente, do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP), e do presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto. (Estadão) (Meio)

Mais Corrupção no Governo dos Pastores: Em audiência no Senado, três prefeitos confirmaram as denúncias de que o pastor Arilton Moura cobrava propinas até em ouro em troca da liberação pelo MEC de recursos do FNDE. Moura e o também pastor Gilmar Santos são acusados de montar um gabinete paralelo para liberação de verbas no ministério — denúncia que levou o então ministro Milton Ribeiro, outro pastor, a pedir exoneração. Moura e Santos foram ouvidos pela Polícia Federal, mas os depoimentos são mantidos em sigilo. (g1) (Meio)

Moro Foi Enquadrado: União Brasil enquadrou ex-ministro Sergio Moro, que havia se filiado ao partido no dia 31-03-2022 dizendo abrir mão “naquele momento” da candidatura à presidência da República. No dia seguinte, o ex-juiz negou que tivesse desistido do Planalto para se eleger deputado. Ato contínuo, uma ala do partido, liderada pelo ex-prefeito de Salvador ACM Neto, iniciou um movimento para impugnar a filiação de Moro — caso isso se concretizasse, o ex-ministro ficaria inelegível este ano. No sábado, dia 02-04-2022, o partido soltou uma nota sepultando as pretensões presidenciais de Moro. “Sua filiação ao União Brasil tem como objetivo a construção de um projeto político-partidário no estado de São Paulo e facilitar a construção do centro democrático, bem como o fortalecimento do propósito de continuarmos crescendo em todo país”, diz o documento. (CNN Brasil) (Meio)

Novo Enquadramento: Depois de por um fim na candidatura presidencial do ex-ministro Sérgio Moro, o União Brasil deixa claro que não o quer no Senado, como conta Guilherme Amado. O motivo é o temor de que ele faça com o novo partido o que fez com o Podemos, informado pela imprensa da sua desfiliação. Pela lei da fidelidade partidária, o mandato de senador é majoritário, pertence ao eleito, enquanto o de deputado, proporcional, é do partido, que pode exigi-lo se o ocupante se desfiliar. Na Câmara, Moro teria que continuar no UB pelo menos até a janela de transferência em 2026. (Metrópoles) (Meio)

Avaliação dos Governadores: A avaliação positiva sobre os governadores subiu de 23% para 30% desde a última pesquisa feita pelo PoderData, em dezembro de 2021. Os números mostram uma migração dos que avaliavam a atuação dos governadores como “regular” para “ótimo” ou “bom”. 34% consideram o desempenho do Executivo Estadual como “regular” e outros 33% como “ruim” ou “péssimo”. (Poder 360)

Avaliação do Congresso Nacional: A pesquisa PoderData realizada de 27 a 29 de março mostra que 45% da população consideram o trabalho da Câmara dos Deputados como “ruim” ou “péssimo”. No Senado, o cenário é semelhante: 44% dos brasileiros avaliam o trabalho dos senadores de modo negativo. Entre os entrevistados Outros 7% avaliam o trabalho do Senado positivamente. Na Câmara, são 8%. (Poder 360)

Avaliação do STF 1: A pesquisa PoderData realizada de 28 a 30 de março mostra que 43% avaliam o trabalho do Supremo Tribunal Federal como “ruim” ou “péssimo”, na pior avaliação sobre a Corte em 1 ano. O percentual subiu 5 pontos percentuais em 3 meses. Outros 20% disseram “ótimo” ou “bom”, e outros 31%, “regular”. (Poder 360)

Avaliação do STF 2:  A avaliação da Corte é polarizada quando compara-se os grupos pró e contra Bolsonaro. No 1º, são 70% que avaliam negativamente a Corte, no 2º, são 30%. (Poder 360)

Assessor de Queiroga Indicado para Anvisa: O indicado do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o advogado Daniel Pereira, foi designado pelo presidente Bolsonaro para uma vaga na diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). (Valor)

Zema Parece Querer Distância de Bolsonaro: Quando foi eleito governador de Minas Gerais em 2018, ele surfou na onda antipolítica que viabilizou a ascensão de Bolsonaro à Presidência da República, agora o pré-candidato à reeleição Romeu Zema (Novo) procura manter distância da figura do presidente e diz que o relacionamento entre os governos mineiro e federal se dá exclusivamente na esfera institucional. (Valor)

Forçados à Retirada: E o ex-presidente Lula (PT) disse que, se for eleito novamente, em outubro, começará seu governo exonerando militares de cargos civis no Executivo federal. “Nós vamos ter que começar o governo sabendo que nós temos que tirar quase 8 mil militares que estão em cargos de pessoas que não prestaram concurso. Vamos ter que tirar”, afirmou. Em 2020, um levantamento identificou 6.157 militares na ativa e da reserva em cargos civis no governo Bolsonaro. (Congresso em Foco) (Meio)

A Quem Bolsonaro  Quer Enganar? Jair Bolsonaro (PL) tentou, em encontro com empresários no Rio, trazer para si a responsabilidade pela denúncia de superfaturamento na compra de ônibus escolares com verbas do FNDE. “Quem descobriu fomos nós. Temos gente trabalhando em cada ministério com lupa no contrato. Por isso, não tem corrupção”, disse ele. Na verdade, a irregularidade foi identificada pela área técnica do órgão, mas o presidente e um diretor, indicados por líderes do Centrão, mandaram a licitação seguir. O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) pediu a suspensão da compra. E o TCU abriu ontem uma inspeção no MEC para apurar a ação dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura na liberação de verbas da educação para municípios. (Estadão) (Meio)

As Horas em Que Aras É Eficiente: O procurador-geral da República, Augusto Aras, entrou com um recurso no Plenário do STF contra decisão da ministra Rosa Weber de recusar o arquivamento do inquérito contra o presidente Bolsonaro na compra abortada da vacina indiana Covaxin. Bolsonaro é suspeito de prevaricação por não ter passado adiante denúncia de irregularidades no negócio, mas Aras sustenta que ele não seria obrigado a mandar abrir investigações. Já a ministra avalia que o presidente não tem “direito à letargia”. (g1) (Meio)

Pedido de Cassação de Eduardo Bolsonaro: O Psol e a Rede entraram ontem no Conselho de Ética da Câmara com uma ação pedindo a cassação do deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) por conta de um post debochando das torturas sofridas pela jornalista Míriam Leitão durante a ditadura militar. Reagindo a uma crítica dela a seu pai, o Zero Três publicou no Twitter “ainda com pena da cobra”. Uma das torturas que a jornalista, que estava grávida, sofreu na prisão foi ser trancada num quarto escuro com uma cobra. (g1) (Meio)

Muda a Lei e Privatiza: Após a desistência do economista Adriano Pires, considerado por alguns como lobista de empresas do setor de energia, em assumir a presidência da Petrobras, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) defendeu a revisão da Lei das Estatais. Ele quer mudar as regras de “compliance” para ocupação de cargos e a privatização da Petrobras. Afirmou, contudo, que essas são por enquanto apenas ideias dele comentadas com alguns líderes, e que não decidiu como serão debatidas no Legislativo. (Valor)

O Mentiroso do MEC: O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento Educacional (FNDE), Marcelo Ponte, mentiu sobre a licitação para compra de ônibus na qual órgãos do controle e área técnica do fundo apontaram para sobrepreço acima de R$ 700 milhões, ao depor perante a Comissão de Educação do Senado. Ponte disse que seguiu as orientações e que a imprensa divulgou o relatório “um mês depois” de tudo estar resolvido, com a redução do preço máximo de R$ 2,045 bilhões para R$ 1,567 bilhão. Documentos do próprio FNDE, porém, mostram que redução aconteceu na véspera do leilão, após a denúncia estar na imprensa e quando o TCU já investigava a licitação. Sobre os pastores Gilmar Santos e Arílton Moura, acusados por prefeitos de cobrar propina para liberar verbas no MEC, Ponte disse inicialmente que eles apenas faziam orações em eventos do ministério, mas caiu em contradição e admitiu que eles intermediavam a visita de prefeitos e “cuidavam da logística” dos encontros. Moura e Santos recusaram o convite dos senadores para falarem na audiência. (Estadão) (Meio)

Lula Produz suas Próprias Cascas de Banana 1: Após produzir incômodo no próprio PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva procurou amenizar o discurso em que aconselhou sindicalistas a pressionar as famílias de deputados para aprovar projetos de seu interesse. Lula manteve o conselho, mas defendeu que aconteça “de forma civilizada”. “Não custa nada, o cidadão vai lá, bate palma, o deputado sai de forma civilizada, atende os eleitores”, disse. Na mesma entrevista, Lula disse ser pessoalmente contra o aborto, mas voltou a defender que seja tratado como problema de saúde pública. “Por mais que a lei proíba e a religião não goste, ele [o aborto] existe”, afirmou. Fechada com o presidente Bolsonaro, a Bancada Evangélica atacou duramente as declarações de Lula. (Folha) (Meio)

Lula Produz suas Próprias Cascas de Banana 2: Lula voltou a causar polêmica ao defender que o governo controle os preços de combustíveis e energia para conter a inflação. “Cerca de 50% da inflação de hoje são por preços administrados pelo governo. É energia elétrica, gasolina, óleo diesel e gás. Ou seja, preços que o governo poderia controlar e que não está controlando”, disse, em entrevista a uma rádio. (Poder360) (Meio)

Nova Pesquisa Eleitoral Ameaça Bolsonaro: A empresa de pesquisa Quaest/Genial divulgou dia 07-04-2022 uma nova pesquisa eleitoral. No cenário com todos os atuais pré-candidatos e sem Sérgio Moro (UB), vetado para a disputa pelo novo partido, o ex-presidente Lula (PT) aparece com potencial de vitória no primeiro turno. Ele tem 45% das intenções de voto, enquanto os demais candidatos somam 43%: Jair Bolsonaro (PL), com 31%; Ciro Gomes (PDT), 6%; André Janones (Avante), 2%, João Doria (PSDB), 2%; Simone Tebet (MDB), 1%; e Vera Lúcia (PSTU), 1%. Lula também tem mais que a soma dos adversários quando há apenas um candidato da chamada “terceira via”. Num eventual segundo turno, o petista vence em todos os cenários. (CNN Brasil) (Meio)

Ambiente Social, Emprego e Renda

Desemprego Persistente: No Brasil existem mais de 3,7 milhões de pessoas sem emprego há mais de dois anos, o que representa 26% dos desocupados (em 2015, era 17%), segundo um levantamento feito pela Tendências Consultoria Integrada. Esse cenário é ainda mais perverso nas classes D e E, que respondem por 81% desse grupo de pessoas que estão há mais de 48 meses sem trabalho formal. (UOL)

Antecedente de Emprego Cai em Médias Móveis:  O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre), ficou relativamente estável em março ao ceder 0,1 ponto, para 75,0 pontos, menor nível desde agosto de 2020 (74,8 pontos). Em médias móveis trimestrais, o IAEmp caiu 2,3 pontos, para 75,5 pontos. A recuperação do mercado de trabalho dependerá da recuperação mais vigorosa da atividade econômica, mas o elevado nível de incerteza continua sendo um fator de risco (Valor)

Proteção de Mulheres Transgênero: A sexta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) concluiu ontem que a Lei Maria da Penha também se aplica à proteção de mulheres transgênero, mesmo que não tenham se submetido a cirurgia. A decisão foi tomada numa ação em que uma mulher trans pedia proteção contra agressões cometidas pelo pai, que não admitia sua orientação sexual. O relator, ministro Rogerio Schietti, ressaltou que o Brasil tem uma “cultura patriarcal, misógina, que se reflete em índices de assassinatos de transexuais e travestis”. (CNN Brasil) 

Lei Paulo Gustavo é Vetada: Jair Bolsonaro (PL) vetou integralmente a chamada Lei Paulo Gustavo, aprovada pelo Congresso, que repassaria R$ 3,8 bilhões a estados e municípios para investimentos emergenciais em cultura. A lei foi proposta para compensar o impacto da pandemia sobre o setor cultural e recebeu o nome do ator niteroiense, que morreu da doença. Segundo o governo, o repasse direto a estados e municípios “enfraqueceria as regras de controle, eficiência, gestão e transparência”. Além disso, diz a Secretaria-Geral da Presidência, a destinação desse valor, sem indicação de corte em outras áreas, poderia estourar o teto de gastos. (UOL) (Meio)

Diferença Entre Trabalhadores Formais e Informais: Para uma melhor compreensão do que seja emprego formal e informal, são considerados informais aqueles que trabalham sem carteira assinada, por conta própria sem CNPJ, empregadores sem CNPJ e trabalhadores familiares auxiliares. Os formais são aqueles com carteira, militares, servidores estatutários, conta própria com CNPJ e empregadores com CNPJ. (Valor)

Conferência Nacional da Classe Trabalhadora: Durante a Conclat (Conferência Nacional da Classe Trabalhadora), realizada dia 07-04-2022, em São Paulo, representantes de 9 centrais sindicais aprovaram 63 propostas para apresentar aos pré-candidatos à Presidência. As pautas englobam temas que tratam dos direitos de trabalhadores, revogação do teto de gastos, política de paridade de preços da Petrobras, independência do Banco Central, tributação de fortunas, volta do imposto sindical e licença maternidade. (Poder 360)

Jornalista Fabiana Morais: “A caridade interessada é uma questão já antiga no Brasil, mas que a rápida ascensão de heróis de ocasião, através das redes, ajuda a embaralhar ainda mais: enquanto políticas públicas que podem de fato promover avanços estruturais são desmontadas, os atos “caridosos” se multiplicam, impedindo o avanço de uma real cidadania. Assim, com o aval de boa parte da sociedade que vê na solidariedade uma solução para os problemas, consegue-se manter as coisas como elas estão. Isso porque, como escrevem Luciane Lucas e Tânia Hoff, da Pós-Graduação em Comunicação da ESPM de São Paulo, no artigo “A face oculta da caridade: linhas de força e de fratura no discurso midiático do bem”, o ato de doar estabelece uma relação desigual sempre que aquele que oferece considera que o receptor não tem nada a dar em troca”. (The Intercept Brasil)

Brasileiros em Fuga: E a imigração de brasileiros, especialmente para os Estados Unidos, ganhou força no ano passado com a piora da crise econômica no país e a liberação para a entrada no exterior de pessoas vacinadas contra a covid-19. Em 2021, 17% dos brasileiros que deixaram o país não retornaram, o maior número do levantamento da Polícia Federal, que teve início em 2010, quando 7% dos que haviam saído não voltaram. Em 2019, essa parcela foi de 5%. (Valor)

Ambiente Empresarial e Tecnológico

Aquisições de Grupos Hospitalares Deve Continuar: E mesmo depois de fortes movimentos de consolidação no setor de saúde nos últimos meses, empresas do segmento garantem manter a vontade de adquirir mais negócios. O tema ocupou bastante espaço das teleconferências de analistas com executivos da Dasa, Mater Dei e Rede D’Or na semana passada. Entre as maiores aquisições recentes está a compra da SulAmérica pela Rede D’Or, anunciada em fevereiro. (Valor)

Empresas Brasileiras Têm Redução dos Lucros: As empresas brasileiras com ações negociadas em bolsa sentiram a pressão do aumento de custos no quarto trimestre, o que reduziu o lucro, em um momento de desaceleração da economia e impacto da alta nos preços de insumos e matérias-primas. (Valor)

Petróleo e Mais Petróleo: A 3R Petroleum anunciou que o Polo Potiguar, da Petrobras, localizado no Rio Grande do Norte, em processo de aquisição pela empresa, tem reservas provadas (1P) de 169,7 milhões de barris de óleo equivalente (MMboe), provadas e prováveis (2P) de 229,3 MMboe e provadas, prováveis e possíveis (3P) de 267 MMboe, de acordo com avaliação feita pela consultoria DeGolyer and MacNaughton. (Valor)

Segurança Cibernética como Foco: As tecnologias de segurança cibernética devem seguir como prioridade de investimento em todas as instituições bancárias ouvidas pela Pesquisa de Tecnologia Bancária 2022, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). É um resultado similar ao percebido em 2021 – à época, todos os bancos ouvidos pela pesquisa também colocaram a segurança cibernética como foco de atenção. (Valor)

Recuperação de Dívidas: O ano de 2021 encerrou com a maior média de dívidas recuperadas desde 2018, quando o Serasa Experian começou a monitorar o índice. Segundo informações, 46,5% dos débitos foram ressarcidos pelas empresas inadimplentes em até 60 dias após a negativação no ano passado. As dívidas de mais de R$ 10 mil foram as mais recuperadas. (Valor)

Nova Geração de Computadores Mainframe: A IBM lançou uma nova geração de equipamentos mainframes, computadores de grande porte dedicados ao processamento de um volume enorme de informações. O IBM z16 conta com um acelerador de inteligência artificial (IA) e é capaz de analisar milhões de transações em tempo real para prevenir fraudes com cartão de crédito e lidar com várias outras tarefas que exigem resposta imediata. (Forbes) (Meio)

Situação dos Fundos de Investimento: Sgundo dados da Anbima o  segmento de fundos de investimentos fechou o primeiro trimestre com captação líquida de R$ 46,1 bilhões, fluxo 56,9% menor do que o observado no mesmo período do ano passado. Para a entidade que representa o mercado de capitais e de investimentos, o patrimônio da indústria fechou março com R$ 7,2 trilhões, um incremento de 11,7% em 12 meses. Nesse intervalo, a quantidade de gestoras aderentes aos códigos da autorregulação aumentou de 722 para 842. (Valor)

Rentabilidade dos Fundos: No que se refere à rentabilidade dos fundos, os multimercados macro lideravam o desempenho no primeiro trimestre, com média de 7,7%, seguidos por carteiras dedicadas ações small caps (6,6%), ações (5%) e renda fixa duração alta grau de investimento (4,4%). O CDI no período foi de 2,4%, o Ibovespa subiu 14,5%, enquanto o dólar recuou 15,1%. (Valor)

Ações de Varejistas Caem Após Divulgação da Inflação: As principais ações de varegistas mais dependentes de crédito e já com vendas afetadas pela alta da inflação registraram fortes quedas na B3, no dia 08-04-2022. Por volta das 12h, os papéis de Magazine Luiza, Via e Americanas caíam 5,95%, 7,42% e 7,20%, cotados a R$ 6,17, R$ 3,62 e R$ 28,74, respectivamente. (Valor)

Gestão Ambiental e Energia

Indígenas Acampam em Brasília 1: Voltando a manifestar sua indignação, aproximadamente 8.000 indígenas são esperados em Brasília para participar da 18ª edição do Acampamento Terra Livre. O evento começou dia 04-04-2022 e vai até dia 14 e abril com o tema “Retomando o Brasil: Demarcar Territórios e Aldear a Política”. (Poder 360)

Indígenas Acampam em Brasília 2: A coordenadora executiva da Apib (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil), Sonia Guajajara, disse que a principal bandeira dos índios é a demarcação de terras. Segundo ela, das áreas demarcadas, apenas 2% estão fora da Amazônia, o que causa um passivo grande em outras regiões. (Poder 360)

Investindo em Restauração 1: Boa notícia. Grandes investidores, pesquisadores renomados de biodiversidade e economistas criaram uma empresa para implantar o maior projeto de restauração de áreas degradadas do país. A re.green nasce com capital inicial de R$ 389 milhões e o objetivo pioneiro de restaurar 1 milhão de hectares de Mata Atlântica e floresta amazônica. (Valor)

Investindo em Restauração 2: O retorno do investimento virá com a venda, em alguns anos, de créditos de carbono premium – porque irão contemplar, ao mesmo tempo, benefícios em clima, nas comunidades e em biodiversidade- e produtos madeireiros e não-madeireiros das matas regeneradas. O plano é capturar 15 milhões de toneladas de CO2 ao ano. (Valor)

Volta da Bandeira Verde: Mesmo após se queixar de não poder intervir nas bandeiras tarifárias, o presidente Jair Bolsonaro anunciou ontem, no Twitter, que a partir do dia 16 de abril passará a vigorar a bandeira verde, sem cobrança adicional nas contas de luz dos consumidores. (Valor)

Fazendo Graça com Dinheiro Público: E o governo, prevendo que a arrecadação não seria suficiente, autorizou a tomada de novo empréstimo de até R$ 10,5 bilhões para cobrir a despesa remanescente da pior crise hídrica vivida pelo setor nos últimos 91 anos. Além disso, a operação de crédito evitará que os custos sejam novamente repassados para os consumidores, via tarifas, e pressionem novamente a inflação em ano eleitoral. (Valor)

Investimentos em Energia Limpa: A Cemig lançou um edital de compra de projetos e empreendimentos de geração de energia eólica e solar. O leilão faz parte da intenção da companhia de adicionar 1 gigawatt (GW) em seu parque gerador nos próximos quatro anos, com investimento da ordem de R$ 5 bilhões. No ano passado, a Cemig ultrapassou 1 mil MW médios de energia vendida ao mercado incentivado, liderando este mercado. (Valor)

Metas de Redução de Emissões 1: A ONU divulgou um documento em que o Brasil atualiza suas metas de redução de emissões. Ambientalistas criticam a proposta por, entre outros pontos, não incorporar compromissos assumidos pelo país na COP 26, como zerar o desmatamento até 2030 e cortar em 30% as emissões de metano no mesmo período. (g1) (Meio)

Metas de Redução de Emissões 2: No documento enviado ao órgão da Organização das Nações Unidas no combate às mudanças do clima, chamado de Nationally Determined Contribution (NDC), o Brasil prevê reduzir suas emissões, em 2025, em 37% na comparação com 2005. E se compromete, em 2030, com a redução de 50% em relação a 2005. (g1)

Amazônia Segue Sendo Desmatada: A Amazônia registrou um desmatamento de 312,23 km² em março, área 15% menor do que a registrada em 2021, segundo dados do sistema de alertas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Deter. Contudo, o primeiro trimestre de 2022 foi o pior da série histórica do Inpe. Janeiro, fevereiro e março, meses que geralmente não estão no foco dos desmatadores, tiveram juntos 941,3 km² de floresta perdida, uma alta de 64% em relação ao mesmo período do ano passado. (g1)

Ambiente Internacional

Sindicato dos Trabalhadores da Amazon: Trabalhadores da Amazon, em Nova York, aprovaram a formação do primeiro sindicato da gigante do varejo nos Estados Unidos. Trabalhadores do depósito JFK8 em Staten Island aprovaram a sindicalização por 2.654 a 2.131 votos. A companhia, fundada pelo bilionário Jeff Bezzos, é a segunda maior empregadora privada dos EUA e já impediu diversas vezes que seus funcionários formassem um sindicato. Além disso, a Amazon tem sido alvo de diversas denúncias nos últimos anos sobre as condições de trabalho em seus armazéns, sendo a mais polêmica alegando que os funcionários tinham que urinar em garrafas para ganharem tempo. Liderado por um ex-funcionário, o novo sindicato da gigante do comércio eletrônico pode incentivar outros armazéns da Amazon a seguirem o mesmo caminho. O próximo passo dos trabalhadores do JFK8 é ratificar um contrato para se tornarem membros oficiais do sindicato. (The Washington Post) (Meio) 

Tesla Faz Entrega Recorde: A montadora mais valiosa do mundo, a Tesla, divulgou no último dia 02-04-2022, que entregou 310.048 mil veículos elétricos no 1º trimestre deste ano, um salto recorde de 68% em relação a 2021. A produção foi de 305 mil carros, um aumento de 69%. O bilionário Elon Musk, CEO da Tesla, disse no Twitter que o trimestre foi “excepcionalmente difícil devido a interrupções na cadeia de suprimentos e à política de zero covid da China. O excelente trabalho da equipe da Tesla e dos principais fornecedores salvaram o dia.” (TechCrunch) (Meio)

O Maior Acionista do Twitter: O bilionário Elon Musk comprou uma participação acionária de 9,2% da rede social Twitter, o equivalente a quase US$ 3 bilhões, tornando-se seu maior acionista individual, segundo documentos enviados à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC). Após o anúncio, as ações do Twitter dispararam 27,02% nas negociações do dia 04-04-2022 (Guardian)

Nova Era Inflacionária 1: Segundo o presidente do Bank for International Settlements (BIS), Agustín Carstens, o mundo pode estar à beira de uma nova era inflacionária. A declaração foi feita em evento no Centro Internacional para Estudos Monetários e Bancários. “As forças por trás da alta inflação podem persistir por algum tempo”, avaliou. (Valor)

Nova Era Inflacionária 2: Para Agustín Carstens, a surpreendente escalada inflacionária vem da confluência de três fatores. Primeiro, houve uma recuperação muito forte da demanda agregada globalmente, que está se expandindo muito mais rapidamente do que nas recuperações pós-recessões de décadas passadas. Em segundo lugar, houve uma rotação “surpreendentemente persistente na demanda em direção a bens e para longe de serviços”. Por fim, pontuou o especialista, a oferta agregada não conseguiu acompanhar o aumento da demanda. (Valor)

Crescimento da Economia da China: De acordo com a mediana das previsões de 30 economistas, que responderam a uma pesquisa realizada pelo Nikkei Asia em março, a economia da China deve crescer 5% em 2022. A disseminação da covid-19 e o aumento dos preços da energia provocado pela guerra na Ucrânia estão lançando incertezas sobre a capacidade do país de atingir a meta oficial de crescimento de 5,5%. (Valor)

Cai o Comércio Global: Segundo o Instituto de Economia Mundial de Kiel, na Alemanha, o comércio global caiu 2,8% entre fevereiro e março, quando a invasão da Ucrânia pela Rússia provocou uma queda acentuada na movimentação de navios em todo o mundo. A entidade possui um Indicador de Comércio Internacional que estima os fluxos comerciais de 75 países. Um algoritmo utiliza inteligência artificial para analisar os dados de movimentos de navios. As chegadas e partidas são registradas em 500 portos de todo o mundo para monitorar as importações e exportações. (Valor) 

Misoginia no Instagram: Estudo conduzido pelo Centro de Combate ao Ódio Digital (CCDH) mostrou que as mulheres no Instagram estão expostas a uma “epidemia de abuso misógino”. A ONG analisou mais de 8.717 mensagens diretas em perfis de cinco mulheres, incluindo a atriz americana Amber Heard. A pesquisa descobriu que o Instagram não agiu em 90% dos abusos enviados por mensagem às mulheres, apesar dos casos terem sido denunciados à plataforma. (Washington Post) (Meio)

Projeções do Banco Mundial 1: Em seu relatório semestral em que avalia perspectivas o Banco Mundial revisou sua projeção para o crescimento da atividade econômica na América Latina e no Caribe, em 2022, de 2,7% para 2,3%, conforme divulgado pelo órgão multilateral. Também houve revisão na estimativa de crescimento, para 2023, de 2,7% para 2,2%. (Valor)

Projeções do Banco Mundial 2: O Relatório Semestral Região da América Latina e do Caribe destaca que, “embora os preços das commodities continuem fortes, o crescimento da China e das economias avançadas está mais lento do que antes da pandemia – o que diminui a demanda por exportações da região”. Além disso, “as taxas de juros globais estão subindo para níveis de longo prazo”, diminuindo o crescimento da atividade econômica global. (Valor)

Fed Vai Acelerar Retirada de Estímulos: O Fed, banco central dos USA, além de sinalizar que a alta dos juros na próxima reunião deve ser de 0,50 ponto, mostrou sua disposição de iniciar a redução de sua participação no mercado de títulos públicos. Ou seja, o BC avisou que vai acelerar a retirada dos estímulos à economia tomados para combater os efeitos da pandemia de covid-19. (Valor)


Notas Econômicas – Fontes:

Valor, Folha, Estadão, UOL, Globo, Meio Newsletter, Poder 360, Metrópoles, Guardian, Washington Post, Carta Capital, TechCrunch, The Intercept Brasil, Congresso em Foco, CNN Brasil, Forbes e g1.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.