Implantação de tecnologia 4.0 em Contagem, na RMBH, possibilita o desenvolvimento de modernização de indústrias regionais

Uma fábrica referência em tecnologia 4.0, uma área inteira com internet das coisas, robótica colaborativa e digitalização industrial, um espaço maker de alta tecnologia, tudo em um mesmo local, preparado para elevar a indústria a um novo patamar tecnológico. Isso não é coisa do futuro, nem trabalho feito fora do Brasil, mas sim uma realidade para o SENAI-MG e para as empresas mineiras.

foto fiemg
No dia 30 de junho, o presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, o governador de Minas, Romeu Zema, e a prefeita de Contagem, Marília Campos, inauguraram o Centro de Treinamento e Desenvolvimento da Indústria 4.0, que está localizado no município da Região Metropolitana de Belo Horizonte, berço da indústria mineira.

“Este Centro é um marco para a inovação em Minas e vai contribuir para a melhoria do ambiente de negócios no estado”, iniciou o anfitrião e presidente da FIEMG, Flávio Roscoe. “Em um só local, a indústria terá o suporte do SENAI-MG para a implantação de toda a jornada 4.0, por meio de serviços de consultoria tecnológica especializada, desenvolvimento e testes de soluções integradoras, serviços técnicos, projetos específicos e treinamentos correlacionados, tudo isso totalmente personalizado e customizado para cada cliente.

É o único espaço no país dedicado exclusivamente à tecnologia 4.0 e pensado para as necessidades da indústria mineira. É motivo de orgulho para todos nós e ele estar instalado em Contagem é muito simbólico, pois a cidade é o berço da indústria mineira”, destacou o líder industrial.

A promoção do desenvolvimento econômico e sustentável de Contagem e de todo o estado de Minas Gerais foi a ideia defendida pela prefeita Marília Campos, ao celebrar a abertura do novo espaço. “Contagem vai ser conhecida no Brasil e mesmo no mundo por sediar este Centro que vai preparar os profissionais para esta revolução na indústria. Vamos projetar a nossa cidade para o futuro e estamos felizes em ter a FIEMG e o governo do Estado ao nosso lado”.

O Centro vai qualificar a mão de obra dos profissionais que conduzirão o processo da implantação da tecnologia 4.0 dentro das fábricas. São ofertados cursos técnicos, especializações, aperfeiçoamento profissional e pós-graduações em parceria com os melhores centros de ensino, como o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e a UNA.

O governador Romeu Zema reforçou que a pauta da empregabilidade é uma das principais bandeiras de seu governo. “Não há política social melhor que o emprego digno”, afirmou. Segundo o governador, em 30 meses de gestão, Minas conseguiu atrair mais de R$ 120 bilhões em investimentos, proporcionando a geração de muitos empregos. “Temos pessoas querendo trabalhar e vagas que não são preenchidas. O Centro 4.0 vem para suprir essa lacuna. Parabenizo a FIEMG por este empreendimento que vai fazer a diferença e impactar de forma positiva a vida das pessoas”, contou.

Estrutura para todas as indústrias

O Centro de Treinamento e Desenvolvimento da Indústria 4.0 conta com várias estruturas organizadas para atuar de ponta a ponta no processo industrial. A Fábrica Referência em Indústria 4.0 oferece uma planta industrial produtiva projetada e desenvolvida pelo SENAI-MG. Essa fábrica é a espinha dorsal do Centro 4.0 e contempla todos os processos da indústria: manuais, mecanizados, automatizados e todos eles com tecnologia 4.0 embarcados.

Já as Áreas de IoT e Digitalização Industrial realizam estudos, implementam e formam os profissionais especializados nas tecnologias de Soluções Internet of Things (IoT), a conhecida internet das coisas, em sistemas embarcados, retrofit (termo utilizado para designar o processo de modernização de equipamento já considerado ultrapassado ou fora de norma), monitoramento de processos industriais, utilização de RFID (sigla para Radio Frequency Identification, que é um método de identificação por meio de sinais de rádio que recuperam e armazenam os dados à distância utilizando dispositivos chamados etiquetas RFID) e comunicação com a nuvem. Vão oferecer também soluções digitais como o desenvolvimento de aplicativos, simulação computacional, big data analytics, realidade aumentada e cybersecurity.

O Espaço Lab. Maker será destinado à criação, experimentação, prototipagem, compartilhamento, trabalho em conjunto, interação com startups, projetos integradores e espaço de inovação aberta. O Centro 4.0 conta ainda com a Fábrica para Treinamento Lean Manufacturing 4.0, o sistema enxuto de manufatura que busca reduzir desperdícios enquanto aumenta a produtividade e a qualidade, dando uma visão de processos eficientes e sem desperdícios.

Parcerias para o sucesso

Empresas de todos os portes podem trabalhar com o Centro de Treinamento e Desenvolvimento da Indústria 4.0 e a parceria pode ser feita por meio da cessão de tecnologia, transferência de conhecimento e até doação de equipamentos. Já são parceiros nesta empreitada a Sequor Softwares Industriais, UR Universal Robotics, Advantech, ECO Automação, SIEMENS PLM, Mix Reality, Mitsubshi Eletric, Altus Automação e Stellantis.

O Centro de Treinamento e Desenvolvimento da Indústria 4.0 do SENAI está aberto à visitação dos empresários que quiserem conhecer todas as possibilidades deste universo, por meio de agendamento de visitas pelo endereço eletrônico senai40@fiemg.com.br.

Onde fica:

Rua doutor José Américo Cançado Bahia, 75. Cidade Industrial
Contagem – MG

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.