estudante foto Marcos Santos 001Graduados em Administração de Empresas de 2020 serão agentes de mudanças do mercado

Radar do Futuro
Especial – Profissões

Apenas as universidades públicas federais serão responsáveis, em 2020, pela formação de quase 300 mil novos graduados em Administração de Empresas. Este foi o número de estudantes que iniciaram o curso em 2015. E que vão chegar ao mercado no início da próxima década. Não há exagero em dizer que o mercado de trabalho terá desafios praticamente desconhecidos atualmente. 

O profissional enfrentará novos modelos de negócios, de gestão, de produção e comercialização. Novos hábitos de consumo, sistemas inteligentes de análise, automação e comércio associado à internet das coisas serão itens do repertório de novidades do cenário futuro. Há alguma concordância entre especialistas estrangeiros que, até 2025, entre 25% e 50% das atividades produtivas deixarão de existir. Os administradores continuarão valorizados, mas algumas de suas funções podem ficar pelo caminho.

Por uma questão de sorte, para a geração nascida no ambiente digital, serão inovações amadurecidas exatamente na segunda metade dos anos 2010. O mercado ultrapassa e enterra a barreira dos negócios analógicos, do mundo físico de tijolos, para embarcar com força no ambiente digital. Administradores de empresas estarão, certamente, à frente dos inúmeros projetos geradores de inovações.

 A ATIVIDADE

Administração de empresas é a atividade profissional que tem como principal função planejar, organizar e gerenciar o uso dos recursos humanos, materiais e financeiros de uma instiuição. Responde pelo planejamento das estratégias e pelo gerenciamento do cotidiano organizacional.

O objetivo do administrador é elaborar estratégias para melhorar o desempenho da empresa, maximizar os lucros, evitar desperdícios e reduzir custos.

O administrador ajuda a definir, analisar e cumprir metas, trabalhando em praticamente todos os departamentos, como o especialista capacitado a acompanhar o andamento das atividades da empresa e a tomar decisões relacionadas à contratação de colaboradores, investimentos em marketing e compra de matéria-prima, entre outras.

Devido à formação generalista, este profissional pode atuar em diferentes setores de uma organização, como por exemplo:

  • Financeiro

  • Marketing

  • Logística

  • Recursos Humanos

  • Produção

  • Vendas

PONTOS FORTES – FORÇAS

PONTOS FRACOS – FRAQUEZAS

Legitimidade / atividade reconhecida

Competências de análise

Requer habilidades criativas

Requer visão estratégica

Adaptabilidade a segmentos

Não essencial

Conhecimento não exclusivo

Existência de atividades repetitivas

 

MERCADO DE TRABALHO: HOJE

 

A diversidade é uma marca das oportunidades oferecidas para os profissionais de administração. O mercado de trabalho para o profissional é amplo, em empresas públicas ou privadas, instituições com ou sem fins lucrativos, em consultoria, na área acadêmica, ou mesmo com a montagem de negócio próprio. Há segmentos dos mais variados, da agricultura ao setor de serviços, desde empresas de agronegócios a gestão de marcas esportivas.

A atividade sofre, porém, a concorrência da grande quantidade de novos formandos não só da própria formação, mas de outras áreas. Como os engenheiros, que desempenham as funções de finanças, ou médicos, em cargos executivos de hospitais, por exemplo.

Entretanto, os bachareis são mais valorizados pelo mercado hoje. Ao contrário de alguns anos atrás, os especialistas se beneficiam da profissionalização de empresas. O mercado rompe com o passado das empresas familiares para assumir novos padrões de gestão, baseados na valorização de conhecimento específico.

TENDÊNCIAS

Para sobressair no mercado de trabalho dos anos 2020, o profissional deverá ser capaz de explorar ao máximo a criatividade, a capacidade de gerar soluções inteligentes para as demandas do mercado em fase de consolidação. O resto, ou seja, as atividades de rotina, como a gestão de finanças e o controle de estoques de mercadorias, poderá ser feita pelos computadores, acessíveis em qualquer lugar, a todo instante.

A automação de processos administrativos e de produção será crescente no ambiente do mercado de trabalho do futuro. Aplicativos atuais de controle de contas, de agendas e sistemas de marketing digital, entre outros, são apenas os rudimentos dos recursos que virão pela frente. Em 2020, a inteligência artificial terá avançado enormemente, contribuindo para o desenvolvimento de estratégias de vendas direta à pessoa. A capacidade de gerar produtos a partir do conhecimento disponível será essencial.

Os profissionais também serão essenciais para suprir demandas de um mercado mais informal. Com perspectivas de altos níveis de desemprego, o empreendedorismo será a alternativa de um universo maior de pessoas que buscam a sobrevivência. Há, entretanto, neste cenário, o desafio gerado pela globalização das empresas. Os efeitos da desindustrialização, inevitável no contexto do novo cenário, serão sentidos pelos administradores.

OPORTUNIDADES

AMEAÇAS

Culto ao empreeendedorismo

Novos modelos de negócios

Novas funções

Novas demandas

Informalidade crescente dos mercados

Concentração de renda

Desemprego/subemprego

Concorrência crescente interna e de outras áreas

Sistemas inteligentes / automação de processos

Tecnologias: favorecimento da informalidade

Aplicativos de gestão empresarial

Globalização/desindustrialização

 

FORÇAS DO FUTURO

As principais forças de transformação do futuro da atividade

  • Automação/Robotização
  • Sistemas de inteligência: análise do consumidor
  • Globalização
  • Informalidade do mercado de trabalho
  • Empreendedorismo
  • Força do consumidor
  • Expansão da base de usuários da internet

IMPACTOS 

 

Novos modelos de negócios

  • Predominância dos mercados digitais: m-commerce, integração de canais etc
  • Expansão da base de usuários de meios digitais
  • Sociedade conectada
  • Monitoramento do consumidor: da comunicação de massa para a comunicação pessoal

Novos modelos de administração

  • Automação de processos
  • Inteligência artificial: sistemas de análise
  • Equipes enxutas
  • Home office

Novos modelos de produção

  • Automação industrial
  • Robotização
  • Uso de novos materiais
  • Impressão 3D