Notas econômicas: a vacinação segue lenta no Brasil. Especialistas sinalizam a preocupação com o aumento dos casos de Covid-19 - Foto Maksuel Martins
Notas econômicas: a vacinação segue lenta no Brasil. Especialistas sinalizam a preocupação com o aumento dos casos de Covid-19 – Foto Maksuel Martins

Coleta de informações semanais feita pelo Economista Paulo Roberto Bretas

Aprendendo Economia – Carry Trade: O fenômeno conhecido como “carry trade” ocorre com a combinação entre fazer uma posição vendida em moeda com taxa de juros mais baixa e outra comprada em moeda com juro mais alto. Além da diferença entre os juros, o investidor também lucra com a variação cambial implícita. Essa estratégia, de maneira geral se baseia em empréstimos em uma moeda de taxa de juros baixa e na conversão do valor emprestado em outra moeda, compra-se um produto que forneça uma taxa de juros mais alta. A desvalorização tanto do dólar quanto do euro cria um dilema para investidores que se perguntam: qual seria a melhor fonte de financiamento para operações de “carry trade” em mercados emergentes? No geral, a moeda dos EUA ainda é a preferida. A estratégia de emprestar dólares e investir em uma cesta de dez moedas de emergentes no início deste ano teria oferecido retorno de 0,8%. Operação semelhante, financiada em euros, renderia 2,1%.

Quem irá sobreviver? A pandemia deixou claro que uma empresa resiliente é capaz de sobreviver a qualquer tipo de cenário. Para a Deloitte, empresas que se encaixam nessa categoria são preparadas, adaptáveis, colaborativas, confiantes e responsáveis. Isso significa, por exemplo, líderes que planejam todos os resultados, sejam eles em curto, médio ou longo prazo. Mais responsabilidades além dos resultados financeiros, com foco também nos colaboradores. E priorização e adoção de novas medidas no meio do caminho, mesmo que isso implique parar projetos ou investimentos. (Meio)

Empresas e Prefeituras Unidas na Vacinação: Um grupo de empresas privadas ajustou uma campanha para tentar ajudar prefeitos a organizarem a vacinação de suas populações. O grupo lançou o movimento: “Unidos pela Vacina” com cerca de 400 representantes de associações e de companhias, e nos próximos dias, deve ser lançado um aplicativo que irá conectar prefeituras e empresas que fazem parte da ação. A ideia é que os municípios descrevam na plataforma o que precisam e as companhias possam tomar conhecimento da demanda e atender, dentro do possível. Não há ajuda financeira. As demandas envolverão desde fornecimento de transporte de equipes, alimentação e estrutura de apoio à vacinação (mesas, cadeiras) até a liberação de empregados das companhias como voluntários para ajudar nas cidades. (Valor)

Ambiente econômico

Autonomia do BC 1 : Órgão ligado ao Ministério da Economia, o Banco Central (BC) tem como objetivo controlar a inflação, ou seja, buscar a estabilidade dos preços de produtos. Também funciona como agência reguladora dos bancos públicos e privados, oferecendo créditos, fiscalizando e intervindo em suas decisões. (Carta Capital)

Autonomia do BC 2: Antes do projeto que lhe deu autonomia, o Banco Central tinha submissão maior ao presidente da República, ou seja: nomeados pelo chefe do Executivo, os dirigentes do órgão poderiam ser demitidos a qualquer hora. Com a nova lei, o presidente da República segue escolhendo a direção, mas essa cúpula tem mandatos fixos de quatro anos e não pode ser demitida com uma justificativa qualquer. Além disso, o presidente do Banco Central toma posse no terceiro ano de gestão do governo federal, ficando no poder até o governo seguinte, mesmo que seja outro.(Carta Capital)

Autonomia do BC 3: Defensores acreditam que o projeto afasta o Banco Central de pressões políticas. Do outro lado, críticos dizem que o órgão, ao se tornar autônomo, está mais vulnerável à influência do mercado financeiro. (Carta Capital)

Virtudes da Nova Lei Cambial: Nelson Barbosa – “Há virtudes. Como os próprios representantes do Banco Central colocaram, nossa legislação cambial está dispersa em vários instrumentos. Tem decretos, leis, alguns dispositivos bens antigos. Isso cria dificuldade de interpretação e incerteza regulatória e jurídica. É bom consolidar tudo para a nova realidade da economia mundial. A simplificação pode ser usada para bons objetivos. O PL reduz custos de transação e pode melhorar bastante o funcionamento do mercado”. (Carta Capital)

Problemas da Nova Lei Cambial: “A questão é que, no processo de simplificar e unificar, também se abre portas para o risco de volatilidade cambial e até de adoção de contratos em dólares domesticamente. Do jeito que está, o projeto de lei é bem geral. O Banco Central tem dito que tudo vai ser definido no regulamento. Regulamento de quem? Do Banco Central, que agora se tornou autônomo. Então, na verdade, deu-se um cheque em branco para o Banco Central definir o regulamento cambial, a partir de dirigentes que, uma vez indicados, terão mandato e autonomia por pelo menos quatro anos.” (Carta Capital)

Riscos da Dolarização da Economia: “Quando uma pessoa tiver contas em dólares, dependendo da situação macroeconômica, pode-se estimular contratos de gaveta em dólares, ou seja, uma dolarização informal de algumas transações. Foi o que se viu na Argentina. As pessoas depositavam em pesos, mas tinham compromisso de sacar em dólares. Os contratos tinham que ser feitos na moeda argentina, mas, na prática, fazia-se contratos de gaveta, um acordo com transações indexadas ao dólar. Não há risco imediato de dolarização da economia brasileira. A Lei do Real continua valendo, os preços e as transações têm que ser feitas em reais.” (Carta Capital)

Indicadores

Gastos com Saúde nas Capitais: As principais cidades do país aceleraram os gastos com saúde no ano passado. Dados de 21 capitais mostram que as despesas na área somaram, no conjunto, R$ 42,3 bilhões no ano passado, com avanço de 17,2% nominais em relação a 2019. A despesa, que inclui custeio, pessoal e investimentos, reflete os gastos emergenciais da covid-19 e aponta um quadro do que pode ser enfrentado novamente pelos municípios neste ano caso a segunda onda se prolongue e o ritmo de vacinação não se acelere. (Valor)

Escassez de Insumos: Alguns ramos importantes da indústria brasileira continuam apontando a escassez de insumos como fator limitante para a produção no início de 2021, como os segmentos de veículos, produtos de metal e plásticos. A situação, que vem pressionando o setor desde o terceiro trimestre de 2020, dá sinais de melhora, mas ainda não está normalizada. A falta de determinadas matérias-primas limita alguns segmentos, que já começam a desacelerar. (Valor)

Compra de Caminhões Velhos 1: A Empresa de Pesquisa Energética (EPE), ligada ao Ministério de Minas e Energia, defende que o governo federal crie uma política para aquisição de caminhões velhos como forma de reequilibrar o setor de transportes no país. A aquisição governamental de caminhões para este fim injeta recursos na economia com o potencial de estimular a demanda, ao mesmo tempo em que reduz a oferta de serviços de transporte, acelerando o reequilíbrio do mercado de fretes rodoviários. O Brasil tem cerca de 110 mil caminhões com mais de 30 anos (6% da frota nacional). (Valor)Compra de Caminhões Velhos 2: Para a EPE, além de minimizar o risco de novas paralisações, essa política também promove outros benefícios, como a diminuição de emissões e de acidentes rodoviários, com menores perdas materiais e humanas, e redução dos gastos com saúde pública, além de fomentar a eficiência energética. (Valor)

Queda na Confiança: Com a queda na confiança da indústria em janeiro, as empresas apontam para um período desafiador no momento atual, e o recrudescimento da pandemia, o fim de benefícios emergenciais e o aumento da incerteza também criam perspectivas menos otimistas para os próximos meses. (Valor)

Alta do IGP-M: O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) registrou inflação de 2,29% na segunda prévia de fevereiro, ante 2,37% no mesmo período do mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com esse resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 25,46% para 28,64%. (Valor)

Valor Bruto da Produção Agropecuária: O Valor Bruto da Produção (VBP) agropecuária deverá alcançar o recorde R$ 1,142 trilhão em 2021, projetou a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com base em dados de produção e preços de janeiro. Se confirmado, o montante representará um crescimento de 15,8% em relação ao ano passado. A estimativa é ainda maior que a projeção do Ministério da Agricultura, que prevê VBP de R$ 1,001 trilhão este ano. Para o VBP da agricultura, a CNA projeta uma alta de 19%, para R$ 759,25 bilhões, reflexo da boa expectativa para a safra de grãos, que deverá ser a maior da história. (Valor)

Investimentos

Investimentos de Itaipu: A Itaipu Binacional anunciou que investirá cerca de R$ 1 bilhão, em cinco anos, para revitalizar o sistema responsável pela transmissão ao mercado brasileiro da energia da usina hidrelétrica não consumida pelo Paraguai. Passarão por modernização os equipamentos da estação conversora em Foz do Iguaçu (PR); duas linhas transmissão, com cerca de 800 quilômetros de extensão; e uma estação inversora, em lbiúna (SP). (Valor)

Investimentos Estrangeiros 1: Na onda dos mercados emergentes, o Brasil voltou a atrair investimentos estrangeiros em carteira e, se fizer o dever de casa, há quem ache que essa tendência deve se manter em 2021. Os volumes estão ainda aquém do potencial, quando se pensa na fartura de recursos disponíveis no mundo e se compara a outros mercados. Mas o fato é que desde junho de 2020, o país atrai um fluxo progressivo de capital externo para ações e dívida. (Valor)

Investimentos Estrangeiros 2: Segundo dados do Instituto de Finanças Internacionais (IIF), no segundo semestre foram US$ 29,1 bilhões que ingressaram no Brasil, depois de saídas de US$ 35,5 bilhões na primeira metade do ano em que o mundo foi atacado pela pandemia de covid-19. (Valor)

Investimentos Estrangeiros 3: O Brasil está longe, contudo, de ser páreo para a montanha de dinheiro que rumou para a China, com US$ 201 bilhões entre junho e dezembro de 2020, mas fica próximo do fluxo que desembarcou na Índia, com quase A estratégia de emprestar dólares e investir em uma cesta de dez moedas de emergentes no início deste ano teria oferecido retorno de 0,8%. Operação semelhante, financiada em euros, renderia 2,1%.US$ 30 bilhões – à exceção de março, a China sequer teve interrupção de investimentos em carteira no ano passado. (Valor)

5G no Campo: As aplicações da nova geração da internet móvel no campo são inúmeras. Quando o 5G for enfim instalado, sensores serão espalhados por toda a cadeia — nas plantações, nos caminhões que transportam, no mercado e até na geladeira — e vão permitir que muito seja automatizado. A agricultura de precisão leva a equipamentos automatizados que borrifem água e insumos sobre as plantas com precisão milimétrica. Tratores, colheitadeiras e outros equipamentos autônomos poderão ser geridos à distância. Toda a logística do plantio até o produto agrícola chegar ao consumidor poderá ser monitorada. Isto quer dizer muito mais informação para o consumidor final. (Meio)

Oportunidades de Negócios: Segundo a consultoria Price Waterhouse, as oportunidades geradas pelo 5G vão resultar num aumento de US $13,2 trilhões no PIB mundial até 2035. (Meio)

E o Brasil? Ailton Santos, head da Nokia no Brasil disse, “O Brasil pode saltar de um país atrasado tecnologicamente para um país à frente da média do mundo. Só que, para isso acontecer, além da regulamentação do 5G, é preciso fazer desenvolvimento de capacitação técnica e fomento de indústria. Essa é a chave para completar o ciclo e fazer com que o 5G seja uma realidade.” (Meio)

O Custo da Última Milha: Reduzir o custo da chamada “última milha” é um dos principais desafios para os varejistas, principalmente do meio digital. Essa última etapa da entrega de um produto representa pelo menos 24% dos custos logísticos. No ecommerce, chega a 45%. A solução para os negócios tem sido a automação: 32% das companhias brasileiras já usam algum tipo de veículo autônomo, 15% já utilizaram drone em alguma etapa de suas operações e pelo menos 36% esperam aumentar ou iniciar esse uso nos próximos dois anos, segundo o Ilos. Os robôs também já começam a ganhar mais espaço — o iFood, por exemplo, quer começar a testar um capaz de carregar até 30 quilos. (Valor) (Meio)

Produção Industrial dos EUA: A produção industrial nos EUA aumentou 0,9% em janeiro ante dezembro, segundo dados divulgados pelo Federal Reserve (Fed, o banco central americano). O resultado veio acima da expectativa de economistas consultados pelo “Wall Street Journal”, que esperavam alta de 0,5%. A utilização da capacidade instalada aumentou 0,7 ponto percentual em janeiro, para 75,6%, uma taxa que está 4,0% abaixo de sua média de longo prazo (1972-2020). (Valor)

Finanças

Créditos Prorrogados: Os cinco maiores bancos do país – Itaú Unibanco, Bradesco, Santander, Banco do Brasil (BB) e a Caixa – ainda tinham em dezembro um saldo de R$ 353,5 bilhões em contratos de crédito cujos pagamentos foram prorrogados durante a pandemia. Essas operações deram fôlego a pessoas físicas e empresas para atravessarem o pior momento da crise e evitaram que a inadimplência explodisse. Agora, o desafio é fazer com que o volume remanescente volte ao fluxo normal numa economia ainda enfraquecida e com menos estímulos. (Valor)

Relatório Focus 1: A mediana das projeções do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2021 voltou a cair, de 3,47% para 3,43%, no Relatório Focus, do Banco Central (BC), divulgado dia 17-02-2021, com estimativas coletadas até o fim da semana passada. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para a variação do Produto Interno Bruto (PIB) manteve-se em 2,50% de expansão. (Valor)

Relatório Focus 2: A mediana das projeções dos economistas do mercado para a alta do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 subiu de 3,60% para 3,62%, segundo o Relatório Focus. Para 2022, a projeção segue em 3,49%. No caso da taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas subiu de 3,50% para 3,75% no fim de 2021 e permaneceu em 5% no encerramento de 2022. (Valor)

Relatório Focus 3: A mediana das estimativas para o dólar no fim deste ano foi mantida em R$ 5,01, conforme o Boletim Focus. (Valor)

Perspectiva Negativa para Bancos: Quase 60% dos ratings de bancos no mundo estavam com perspectiva negativa no fim de 2020, aponta a Fitch. Segundo a agência de classificação de risco, “não há, virtualmente, nenhuma nota em perspectiva positiva”, segundo o indicador Rating Watch Positive. Para a Fitch, a alta proporção de perspectivas negativas tende a persistir ao longo de 2021. ”Ainda que os riscos imediatos para os bancos após a entrada na pandemia têm sido amplamente evitados, os riscos de médio prazo persistem diante da retirada gradual dos suportes dos governos para a economia e tomadores de crédito.” (Valor)

Ambiente social

Consequências da Covd-19: Além da marca humana trágica – 10 milhões de infectados e mais de 240 mil mortos até agora, e milhões de desempregados – a pandemia de covid-19 deve deixar como legado econômico o aumento na desigualdade e maior precariedade no mercado de trabalho, segundo analistas. Isso, além do já muito comentado aumento da dívida pública e uma queda de atividade, que não será totalmente recuperada neste ano. Também deixa lições, de que setores estratégicos, como o de saúde, devem ter estar no rol de prioridades do governo, com incentivo à inovação e melhor gestão de recursos. (Valor)

Queda da Renda em 2021: Mesmo com a provável volta do auxílio emergencial com valor e duração menores em suas estimativas, economistas ouvidos pelo Valor esperam que a massa de rendimentos ampliada tenha retração em 2021. O desempenho negativo da renda disponível deve moderar o ritmo da retomada do consumo, que responde por pouco mais de 60% do Produto Interno Bruto (PIB), avaliam especialistas. (Valor)

Exploração Ilegal de Minério: A exploração de minério em terras demarcadas é ilegal e nunca foi regulamentada pelo Congresso. Mesmo assim, segundo um levantamento do Greenpeace realizado no primeiro semestre do ano passado, 72% da atividade garimpeira na Amazônia ocorre em territórios protegidos. A ONG ambiental registrou ainda novo aumento das áreas exploradas ilegalmente: de 383,3 hectares em 2019 para 434,9. Em relação às unidades de conservação, o garimpo destruiu 879,8 hectares de floresta, entre janeiro e abril de 2020, o que representa aumento de 80,62%. Vale lembrar que 1 hectare corresponde a um campo de futebol. Especula-se que até 800 mil garimpeiros atuem de forma ilegal no Brasil, grande parte instalada na Região Norte. (Carta Capital)

OIT e a Flexibilização de Regras Trabalhistas 1: A Organização Internacional do Trabalho (OIT) mantém pressão sobre o governo de Jair Bolsonaro, com indagações sobre flexibilização de regras trabalhistas adotadas em resposta à pandemia. O Comitê Sobre a Aplicação de Convenções e Regulamentações da entidade examinou alegações de entidades como Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e Internacional de Serviços Públicos (ISP) sobre a adoção das medidas provisórias 927 e 936. (Valor)

OIT e a Flexibilização de Regras Trabalhistas 2: O Comitê da OIT “reconhece plenamente as circunstâncias excepcionais” no país por causa da pandemia e a “absoluta necessidade” de adotar medidas urgentes para mitigar o impacto econômico e social. Mas, ao mesmo tempo, enfatiza sua posição de que medidas adotadas na crise, colocando de lado a aplicação de acordos coletivos, devem ser de caráter excepcional, limitadas no tempo e fornecer garantias para os trabalhadores mais afetados. (Valor)

Desmatamentos na Amazônia 1: O desmatamento na Amazônia em janeiro teve queda de cerca de 69,5%, segundo dados do Deter, sistema do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) que dá alertas de desmate praticamente em tempo real. A redução ocorre, contudo, sobre o recordista janeiro de 2020, com mais de 280 km² de desmate. O Inpe registrou cerca de 85,7 km² de destruição em janeiro de 2021, o menor valor desde 2017. (Valor)

Desmatamentos na Amazônia 2: Janeiro na região da Amazônia faz parte da estação chuvosa do bioma, o que dificulta a derrubada e queima de mata, que têm aumento considerável especialmente no período entre junho e outubro. (Valor)

Ambiente político

Gastos com Pessoal dos Estados: Quatro Estados ultrapassaram o limite de gastos com pessoal estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) em 2020, de acordo com informações divulgadas pelo Tesouro Nacional no Relatório de Gestão Fiscal (RGF) relativo ao terceiro quadrimestre. A LRF estabelece que, no Poder Executivo, a despesa com pessoal não pode passar de 49% da receita corrente líquida. Ultrapassam esse limite no ano passado: Rio Grande do Norte (54,5%); Minas Gerais (53,9%); Acre (52,7%) e Paraíba (51,2%). (Valor)

PEC Emergencial: Está marcada para dia 25-02-2021 a votação, no plenário do Senado, da proposta de emenda à Constituição (PEC) que cria gatilhos para a contenção de despesas da União, Estados e municípios – a chamada PEC emergencial. Em troca, o governo do presidente Jair Bolsonaro comprometeu-se com líderes do Congresso Nacional a enviar uma medida provisória (MP) com a proposta para retomada temporária do auxílio-emergencial, pago a pessoas em situação de vulnerabilidade social por conta da pandemia. (Valor)

Auxílio Emergencial 1: Com o governo prssionado pelo Congresso para renovar o auxílio emergencial, o presidente Jair Bolsonaro pediu para que a econômica considere a ideia de um auxílio emergencial de R$ 250. (Valor)

Auxílio Emergencial 2: O presidente sugeriu que se passe uma visão de continuidade na aterrisagem do benefício (que começou com R$ 600, depois foi a R$ 300) até que ele chegue e se restrinja ao universo do Bolsa Família, hoje com benefício médio de R$ 191, mas que está previsto subir para R$ 202 neste ano. (Valor)

Auxílio Emergencial 3: Quando estava em R$ 300 e para 56 milhões de pessoas, o custo foi de R$ 20 bilhões (incluindo nessa conta o Bolsa Família). (Valor)

Auxílio Emergencial 4: Como a volta do auxílio emergencial é certa e as negociações entre equipe econômica e parlamentares sobre o mesmo apenas finalizam os contornos finais da proposta, economistas do mercado financeiro correm para fazer as contas sobre seu impacto fiscal. Análises colhidas admitem que um custo final entre R$ 20 bilhões e R$ 30 bilhões teria impacto aceitável sobre as contas públicas – desde que contrapartidas sejam aprovadas – e que o encaminhamento de um projeto deste montante já estaria, inclusive, precificado nos ativos domésticos. (Valor)

Nova Lei de Licitações: Aprovada no Congresso Nacional em dezembro e pendente de sanção presidencial, a nova lei de licitações, projeto de lei 4.253, reabilita um modelo de fomento à inovação pouco utilizado no país: os chamados concursos ou prêmios para inovação. Cada vez mais comuns no mercado privado e resgatados por governos de todo o mundo para fazer frente à pandemia de covid-19, o modelo tem previsão legal no Brasil, mas é pouco atraente a desenvolvedores de tecnologia. Isso porque ainda prevê transferência total de direitos intelectuais ao governo, exigência revista no novo marco regulatório. Nesse tipo de concursos estatal, um governo ou autarquia define um problema a ser resolvido e oferece um montante fechado, na forma de recompensa, a ser pago à pessoa ou instituição que apresentar a melhor solução tecnológica. (Valor)

Governo

Arrocho Permanente: O ministro da Economia, Paulo Guedes, quer ampliar e tornar permanente a “cláusula de calamidade pública” que atualmente está prevista na lei complementar 173/2020, informou uma fonte credenciada do governo. A LC 173, que ficou conhecida como “Orçamento de Guerra”, estabelece que a União, os Estados e os municípios afetados pela calamidade pública decorrente da pandemia da covid-19 ficam proibidos, até 31 de dezembro deste ano, de conceder aumento, reajuste ou qualquer vantagem aos membros de Poder ou de órgãos, servidores e empregados públicos e militares. Não poderão também criar emprego, cargo ou função que implique aumento de despesa, realizar concurso, admitir ou contratar pessoal a qualquer título, criar ou majorar auxílios, vantagens, bônus ou abonos. O presidente, os governadores e os prefeitos estão proibidos ainda de criar despesa obrigatória de caráter continuado e de adotar medida que implique reajuste de despesa obrigatória acima da variação da inflação. (Valor)

Ambiente internacional

Nova Diretora Geral da OMC: A nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala, 66, fez história ao ser confirmada como a nova diretora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), no lugar do brasileiro Roberto Azevedo, que saiu com um ano de antecedência e assumiu a vice-presidência da PepsiCo. Okonjo-Iweala é a primeira mulher e a primeira africana a dirigir essa entidade-chave da governança global. Seu nome foi confirmado em reunião com os 164 países-membros. (Valor)
Produção Industrial da Zona do Euro: A produção industrial da zona do euro se contraiu em dezembro, depois de sete meses consecutivos de recuperação, informou a Eurostat , a agência de estatísticas da União Europeia. A produção das fábricas, minas e serviços básicos do bloco diminuiu 1,6% ante novembro e 0,8% em comparação com dezembro de 2019. Economistas pesquisados pelo “Wall Street Journal” esperavam uma contração de 1% no mês e 0,5% no confronto anual. A média anual da produção industrial da zona do euro em 2020 caiu 8,7% em comparação a um ano antes.(Valor)

Nova Diretora Geral da OMC: A nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala, 66, fez história ao ser confirmada como a nova diretora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), no lugar do brasileiro Roberto Azevedo, que saiu com um ano de antecedência e assumiu a vice-presidência da PepsiCo. Okonjo-Iweala é a primeira mulher e a primeira africana a dirigir essa entidade-chave da governança global. Seu nome foi confirmado em reunião com os 164 países-membros. (Valor)

Produção Industrial da Zona do Euro: A produção industrial da zona do euro se contraiu em dezembro, depois de sete meses consecutivos de recuperação, informou a Eurostat , a agência de estatísticas da União Europeia. A produção das fábricas, minas e serviços básicos do bloco diminuiu 1,6% ante novembro e 0,8% em comparação com dezembro de 2019. Economistas pesquisados pelo “Wall Street Journal” esperavam uma contração de 1% no mês e 0,5% no confronto anual. A média anual da produção industrial da zona do euro em 2020 caiu 8,7% em comparação a um ano antes.(Valor)

Adidas Planeja Vender a Reebok: A fabricante alemã de vestuário e artigos esportivos Adidas anunciou dia 16-02-2021 que irá descontinuar as operações da marca Reebok, que havia adquirido em 2006 por quase US$ 4 bilhões. A empresa diz que a decisão faz parte de sua nova estratégia de cinco anos. (Valor)

Kasper Rorsted, presidente da Adidas: “Após uma avaliação cuidadosa, chegamos à conclusão de que a Reebok e a Adidas serão capazes de realizar significativamente melhor seu potencial de crescimento de forma independente uma da outra. Vamos trabalhar diligentemente nos próximos meses para garantir um futuro de sucesso para a marca Reebok e a equipe por trás dela.” (Valor)

Escassez de Chips 1: A escassez de chips pelo mundo já começou a ser notada. Ano passado, a Apple teve que escalonar o lançamento dos iPhones, enquanto os Xbox Series e PlayStation 5 estão em falta pelo mundo. A Samsung avisou que está lutando para atender aos pedidos para seus próprios produtos e também para outras empresas. E o mesmo acontece com a Qualcomm. O fenômeno tem sido chamado em inglês de chipageddon (algo como o armagedom dos chips). Um dos responsáveis é a pandemia: com o isolamento social, as fabricantes de chips restringiram suas produções priorizando eletrônicos. Mas com o retorno, aos poucos, da economia, não só a demanda por eletrônicos continuou em alta, como a de carros, sobrecarregando ainda mais as fabricantes. Montadoras como Ford e General Motors já paralisaram algumas de suas linhas de produção. (Meio)

Escassez de Chips 2: Intel, Qualcomm e mais empresas de chips dos EUA mandaram uma carta para Joe Biden pedindo “financiamento substancial para incentivos à fabricação de semicondutores”. Os chips que faltam são fabricados principalmente em países como Taiwan e Coreia do Sul, locais que recebem mais incentivos, segundo o grupo de empresas americanas. Pergunto: E o mercado, não resolve o problema sozinho? (Meio)

Exportações de Metais de Terras Raras: A China está estudando a possibilidade de limitar a exportação de metais de terras raras que são cruciais para a fabricação de jatos de combate americanos F-35 e outros armamentos sofisticados. A ideia é impor controles sobre a produção e a exportação de 17 minerais de terras raras na China, que controla cerca de 80% da oferta global. O movimento chinês faz parte do processo de deterioração nas relações entre China e EUA e representa um novo capítulo na guerra tecnologia entre os dois países. (Valor)

Cidades Inteligentes: Muito se fala em cidades inteligentes, mas poucos sabem como começar. Para muitas, o caminho tem sido na troca por postes de luz de LED. Segundo relatório do Northeast Group, uma empresa de inteligência de mercado de cidades inteligentes, as cidades vão investir US$ 8,2 bilhões neles nos próximos 10 anos — mais de 90% dos postes de luz serão LED em 2029 e 35% estarão conectados. Há um motivo por esse ser o primeiro passo: reduzem em até 40% o custo de energia e, com a instalação de sensores, podem ganhar outras funções, como ajudar a encontrar vaga de estacionamento, controlar o trânsito e monitorar a qualidade do ar. (Meio)

Queda na Expectativa de Vida nos EUA 1: A expectativa de vida nos Estados Unidos foi reduzida em um ano durante o primeiro semestre de 2020, de acordo com números divulgados pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), o que mostra o impacto mortal da covid-19 na fase inicial da pandemia. O CDC disse que a expectativa de vida ao nascer nos EUA no fim de junho era de 77,8 anos, com base em estimativas ainda provisórias. (Valor)

Queda na Expectativa de Vida nos EUA 2: O declínio de um ano em relação a 2019 foi o maior registrado desde a Segunda Guerra Mundial, quando a expectativa de vida foi reduzida em 2,9 anos entre 1942 e 1943. (Valor)

Queda na Expectativa de Vida nos EUA 3: A expectativa de vida para os negros foi reduzida em 2,7 anos no primeiro semestre de 2020, para 72 anos. Entre os hispânicos, a queda foi de 1,9 ano, para 79,9. Já entre os brancos, a redução foi menor, de 0,8 ano, para 78. (Valor)


  • Fontes: Jornal Valor, Poder 360, Canal Meio Newsletter, Folha, Carta Capital e Globo.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.