Aluno de Eletrônica do Senai Nathan Martins Pacífico é o vencedor da seletiva para competição internacional na Rússia em 2019

Radar do Futuro

O mineiro Nathan Martins Pacífico levou para casa o pódio da ocupação Eletrônica e a chance de representar o Brasil na maior competição profissional do mundo: a WorldSkills. Promovido pela Internacional Vocation Training Organization (IVTO), o evento é realizado a cada dois anos, desde 1950. Tem o objetivo de promover o intercâmbio entre jovens profissionais de vários países e propiciar a troca de habilidades, experiências e inovações tecnológicas.

Os jovens profissionais que competem neste torneio são selecionados por seus respectivos países. Além de participarem apenas uma vez desse torneio, os competidores escolhidos devem ter, no máximo, 22 anos de idade.

Ao comemorar o resultado, Nathan Pacífico reconheceu a importância do apoio recebido. Ele concorreu com 49 jovens representando Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Distrito Federal. A seletiva foi realizada foi realizada de 19 a 24 de agosto no Senai Cetel.

Além de Natan, mais dois competidores subiram ao pódio: Wellinthon da Silveira Kiiller, do Paraná, com a medalha de Prata e Iury Goulart Collares, do Rio Grande do Sul, com o Bronze. “Para além da vitória, o que fica de legado de se participar de uma competição como essa é o aprendizado de força e perseverança”, comenta Edmar Alcântara, gerente de Educação Profissional do Senai MG.

Os primeiros lugares passarão por um ano de treinamento Top One, antes de integrarem a delegação brasileira que irá para Kazan, Rússia, em agosto de 2019. O desempenho deles que decidirá a participação na WorldSkills.

“Eles ainda têm um ano de treinamento e só depende deles a classificação”, conta Paula Elizabeth Corrêa Alves Gomes, coordenadora da equipe mineira. “O futuro de vocês é agora. Em breve vocês serão educadores, empreendedores e o que mais desejarem e esse futuro começa aqui”, afirmou Cláudio Marcassa, diretor regional do Senai MG.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Fiemg