Conversas sobre o futuro: Juliette significa. E mais tendências e insights

0
131
em conversas sobre o futuro, Juliette a campeã do BBB21 mostra que os avanços da indústria do consumo ainda são lentos

Nesta nova edição das conversas sobre o futuro, uma reflexão sobre perspectivas dos influenciadores. E mais insights, tendências, indicadores etc

Oi gente, eu também quero falar de Juliette e sinais do futuro,
aqui é o Carlos Plácido Teixeira, jornalista responsável pelo Radar do Futuro

Até mesmo quem dormia pontualmente às 10h30 da noite entre janeiro e maio deste ano, completamente alheio ao reality show Big Brother Brasil, acabou por ouvir falar em Juliette Freire, a advogada e maquiadora vencedora da 21ª programa. Em mais um caso de sucesso do programa, a paraibana, de 31 anos, anônima até o momento em que começou a se destacar entre os competidores, levou o prêmio de 1,5 milhão de reais. Além fama, ganhou poder de influência, conquistando mais de 30 milhões de seguidores no Instagram. Com a aprovação expressiva na final, o que ela compra e usa vira objeto de desejo.

O estudo “A potência BBB“, produzido pelo canal Gente, da Rede Globo, destaca que as votações refletiram o ponto de vista emocional, afetivo e mental dos telespectadores. O programa acabou estabelecendo um vínculo de compensação das emoções, possibilitando que muitas pessoas acessassem afetos importantes em um momento sensível como o atual. Toda a sociedade viu sua energia individual e coletiva ser represada de uma forma nunca experimentada. E identificou uma oportunidade de liberar energias

Preste atenção no movimento dos líderes. Essa é a dica da vez para você, leitor, interessado em prospectar o futuro. Com parte da massa de telespectadores também confinada em casa, por conta de pandemia, o programa registrou unanimidades em várias de suas fases. Foram movimentos ferozes de eliminação de pessoas da casa. Inclusive na votação que definiu a vencedora, a nova famosa da sociedade, a heroína que cumpriu a jornada cheia de carisma, polêmicas, exclusão e amizades.

Para quem votou nela, caráter, valores e princípios positivos são os traços de personalidade que justificam a vitória da paraibana. O recorde de votos favoráveis é atribuído à percepção de que ela é, ao mesmo tempo, simples e autêntica. Mas há o reforço para um movimento de radicalização que contamina toda a sociedade. Demonstrações de preconceitos foram rejeitados com força, com vários recordes de votações.

Por que prestar atenção

O fenômeno Juliette, agora uma líder entre as influenciadoras, demonstra ainda que os consumidores não superam a dualidade de sentimentos em relação ao consumo. Ao mesmo tempo em que valorizam a simplicidade e autenticidade, dependem de “influencers” nas decisões de compra. Não só a “sociedade do cansaço”, definida pelo filósofo Byung-Chul Han. Mas a sociedade da impaciência, configurada para o o futuro.

Mas não são necessariamente brasileiras e brasileiros exercendo cidadania. O comportamento da comunidade de classe média e maioria feminina, perfil majoritário que segue o programa, sinaliza que, ao contrário do que especialistas propagam, o consumo consciente e autônomo não tem força como tendência pelo menos a curto prazo.

E não subestime a força dos líderes tradicionais na construção do futuro. Para quem imagina a mídia tradicional como jogadora morta pela crise dos veículos tradicionais de comunicação, considere o sinal de força emitido pela emissora. A TV aberta segue como grande influenciadora, associada ou não às mídias sociais, na criação de influenciadores e padrões de consumo.

Também o marketing tradicional saiu ganhando como outro grande vencedor do espetáculo. A rede Globo vem perdendo força no embate com os veículos digitais, de fato, mas o “grande irmão” ainda está ativo e tem cacife para determinar o comportamento do consumo de massa nos próximos anos.

E você, o que acha?

Juliette representa alguma mudança no comportamento do consumidor?
E os veículos tradicionais de comunicação, continuarão a influenciar o mercado?

    Seu Nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    Assunto

    Sua mensagem


    Tendências

    Comércio eletrônico

    Uma inovação que tende a ganhar força é o “live commerce”, ou comércio ao vivo. Nascida na China,a modalidade de vendas consiste na interação ao vivo de influenciadores e vendedores com consumidores, que compram produtos durante as transmissões. O novo formato de vendas online que une transmissão em vídeo ao vivo, interatividade e e-commerce dentro de um mesmo ambiente. É apontada como a grande promessa para os negócios digitais neste e nos próximos anos.

    Ainda no comércio eletrônico, uma das apostas envolve o avanço dos superapps, aplicativos que oferecem numa única plataforma uma grande variedade de produtos e serviços.

    A indústria automotiva: disrupções e disparidades

    Carros robóticos, veículos elétricos, conectividade e nova mobilidade. Segundo o site Bússola, da Exame, são quatro megatendências capazes de mudar drasticamente a indústria automobilística na próxima década. O avanço tecnológico de outros países ameaça criar uma distância ainda maior entre os veículos made in Brasil e os estrangeiros. O carro autônomo, com motor elétrico ou híbrido, já se torna realidade em mercados que se fecham ao combustível fóssil. Para avançar no futuro da possibilidade de carros sem motorista, a indústria brasileira precisa do 5G, cujo leilão foi adiado de 2020 para 2021, ainda com a ameaça de exclusão da chinesa Huawei.

    O Estado como protagonista

    Enquanto o Governo Bolsonaro, sob o comando do economista Paulo Guedes, segue a toada de controle irrestrito de gastos proposto pelo consenso neoliberal, no exterior a onda de revisão de dogmas econômicos se acelera. O grupo dos países do G7 aprovou uma alíquota mínima global de 15% sobre as multinacionais. E há o plano bilionário de Biden para recuperar a economia norte-americana. As duas variáveis antecipam sinais de uma mudança de ares na economia mundial. “Os políticos deixaram de lado velhos dogmas impelidos pela necessidade”, dizem os representantes do grupo de países mais influentes do planeta.

    Por que importa

    Em algum momento, os países serão obrigados a rever suas prioridades econômicas. Os Estados Unidos darão visibilidade para as novas propostas. E o apoio popular ao aumento dos gastos financiados por impostos está crescendo. Em algum momento, todos os países serão pressionados a rever conceitos. Ou amargar o isolamento diante dos mercados internacionais.


    Indicadores

    Um quinto dos brasileiros entrou na pandemia sem acesso à internet.

    Pesquisa da Ebit|Nielsen mostra ainda que 95% dos que compraram on-line pretendem manter o hábito mesmo quando a Covid-19 deixar de ser uma ameaça. 

    Para cerca de 500 mil brasileiros, a possível crise de abastecimento de energia não representa uma preocupação. São os donos de imóveis com geração de energia solar.

    A taxa de desemprego entre os jovens de 14 a 17 anos chegou a 46,3%, o maior percentual da série histórica.

    O comércio eletrônico está a caminho de ultrapassar 20% do varejo total até 2024.


    Insights

    Mensagem de WhatsApp não vale como prova

    Em uma decisão que atualiza os tipos de provas digitais aceitas no Superior Tribunal de Justiça, a partir de agora, prints do WhatsApp Web não poderão ser mais ser usados. A Corte justifica que as capturas de tela podem ser manipuladas, além da ordem de diálogos e mensagens poderem ser omitidas.

    Muitas startups de tecnologia estão optando por manter os funcionários trabalhando em casa, mas estão planejando vários retiros elaborados da empresa por ano para permitir que os funcionários se encontrem e se relacionem, segundo matéria publicada pelo site do Wall Street Journal. Para as empresas, retiros corporativos estão se tornando uma necessidade, à medida que tentam descobrir como manter a cultura da empresa com funcionários remotos

    Acompanhe os objetivos de desenvolvimento sustentável

    A FAPESP criou o site Pesquisa, Inovação e Parcerias para a Agenda 2030, que indexa todos os programas da Fundação e os projetos vinculados aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Os objetivos resumem um apelo da Organização das Nações Unidas (ONU) para mobilização global contra a pobreza e em defesa do meio ambiente e do clima, de forma a garantir que as pessoas, em todo o mundo, desfrutem de paz e prosperidade. “A iniciativa da FAPESP de classificar a pesquisa realizada em São Paulo a cada um dos ODS tem como objetivo mostrar o seu compromisso com a sustentabilidade, a equidade e o bem-estar de todos os brasileiros”, explica o presidente da FAPESP, Marco Antonio Zago.

    O site está disponível no endereço: https://ods.fapesp.br/


    Siga os líderes

    A Amazon vai abrir a sua primeira unidade Fresh de supermercado nos Estados Unidos usando sua tecnologia Just Walk Out. Esta é a primeira vez que a gigante do varejo implementa sua visão computacional, fusão de sensores, prateleiras inteligentes e soluções de aprendizagem profunda em um espaço de loja maior. Anteriormente, Just Walk Out só havia sido demonstrada em lojas menores da Amazon Go em Chicago, Nova York, São Francisco e Seattle. O novo local da Fresh em Bellevue, Washington, é o maior espaço de varejo que funcionará com a tecnologia sem caixa da Amazon.

    O que significa

    As tecnologias que possibilitam a automação de lojas estão amadurecendo aceleradamente. Certamente, as grandes redes de varejo vão apostar na implantação de unidades que seguem o exemplo da Amazon. É uma questão de (pouco) tempo para ver o modelo disseminado por vários países, inclusive o Brasil.

    Participe das conversas sobre o futuro

    Conte para a gente se você gosta de conversas sobre o futuro:

      Seu Nome (obrigatório)

      Seu e-mail (obrigatório)

      Assunto

      Sua mensagem

      Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

      Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.