Notas Econômicas: 21 a 25 de fevereiro de 2022

787

Coleta de informações semanais feita pelo Economista Paulo Roberto Bretas

A pandemia perdeu o papel principal no teatro dos acontecimentos globais durante a semana em que a Rússia mostrou o seu poderia militar com ações por terra, ar e mar. Tão ou mais importante do que o conflito é a necessidade de entender que os interesses de grupos econômicos e políticos estão por trás das ações que cobram sacrifícios da maioria absoluta das populações, que gostariam apenas de seguir uma vida normal. A criança na foto abaixo vive em zona de conflito há quase dez anos, no Leste da Ucrânia. Precisamos mostrar a resposta para a pergunta: a quem interessa as guerras? (Radar do Futuro)

Unesco

EM 2022 O BRASIL COMEMORA 200 ANOS DE INDEPENDÊNCIA

Economia e Finanças

Cresce o Superávit Primário dos Estados 1: Ajudados pela recuperação econômica e pelo congelamento de despesas com folha salarial, o superávit primário (diferença entre receitas e despesas, exceto gastos com juros) de Estados e Distrito Federal cresceu 91% em 2021, em relação a 2020, para R$ 124,1 bilhões, segundo o Tesouro Nacional. (Valor) 

Cresce o Superávit Primário dos Estados 2: Todas as unidades da federação conseguiram manter seu endividamento dentro do limite estabelecido pela LRF (a dívida corrente líquida não pode ultrapassar 200% da receita corrente líquida). Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, que haviam ultrapassado o limite em 2020, conseguiram enquadrar-se na regra no ano passado, atingindo 199% e 183%, respectivamente. (Valor)

Superávit Primário da União: O governo central – que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central (BC) – registrou superávit primário de R$ 76,539 bilhões em janeiroo maior da série histórica iniciada em 1997, segundo o relatório do Tesouro Nacional divulgado dia 24-02-2022. A meta fiscal para 2022 é de um déficit de R$ 170,5 bilhões. (Valor)

Investimentos da União em Queda: O governo federal investiu, R$ 742 milhões em janeiro de 2022, o que representa queda real de 21,5% em relação a um ano antes. (Valor)

Brasil Tem Segunda Maior Inflação: O Brasil fechou 2021 com a segunda maior inflação em um painel de 16 países analisados pelo UBS BB em um estudo, atrás apenas da Turquia. Considerando o núcleo da inflação, medida que busca suavizar o efeito de itens mais voláteis, o Brasil ficou em quarto lugar. 

Superávit do Setor Público Consolidado: O setor público consolidado fechou janeiro com superávit primário de R$ 101,833 bilhões, conforme divulgado pelo Banco Central (BC). Em janeiro de 2021, o resultado havia sido superavitário em R$ 58,375 bilhões. Os dados do setor público consolidado envolvem governo central (formado por Previdência e Tesouro, além do próprio BC), Estados, municípios e estatais. Ficam fora da conta Petrobras, Eletrobras e bancos públicos, como Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. (Valor)

Lucro do BNDES: O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) teve lucro líquido de R$ 34,1 bilhões em 2021, avanço de 65% sobre 2020. O resultado foi fortemente marcado por ganhos com participações societárias, de R$ 30,6 bilhões, e com a intermediação financeira, que somou R$ 19,9 bilhões, informou a instituição. O resultado anual, segundo a instituição é o maior da série histórica. (Valor)

Custo da Máquina Pública: O Tesouro passou a divulgar o custo da máquina pública em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), que fechou 2021 em 0,53%. (Valor)

Atividade Econômica do Quarto Trimestre 1: Segundo o Banco Central (BC), a produção industrial apresentou estabilidade em novembro e recuperação em dezembro depois de vários meses de resultados negativos, “impulsionada pelo desempenho da indústria automotiva”. O setor de serviços manteve trajetória positiva no trimestre, ainda influenciada pela recuperação dos segmentos mais atingidos pela pandemia. (Valor)

Atividade Econômica do Quarto Trimestre 2: Em sentido contrário, o comércio registrou nova retração no período. Para a autoridade monetária, isso repercute “queda na renda real das famílias, em cenário de inflação elevada e surpresas inflacionárias parcialmente associadas a choques de oferta, e possível deslocamento de gastos para serviços”. A agricultura foi atingida por condições climáticas adversas no Sul do país, com efeitos negativos sobre as previsões de colheita de soja e de milho primeira safra. (Valor)

Atividade Econômica do Quarto Trimestre 3: No acumulado de 2021, todas as regiões registraram crescimento. O Sul teve o melhor desempenho, com 6%, seguido do Sudeste, com 4,4%, Centro-Oeste com 3,4%, nordeste, 3%, e Norte, 2,9%. (Valor)

Confiança do Comércio: A confiança do comércio deu um sinal positivo ao avançar em fevereiro, mas os sete meses seguidos de queda sobre a situação atual refletem melhor o cenário para o setor. A avaliação foi feita pelo economista do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre) Rodolpho Tobler, ao comentar o Índice de Confiança do Comércio (ICOM) que subiu 2,1 pontos em fevereiro, para 87,0 pontos, interrompendo uma sequência de três quedas seguidas. (Valor) 

Confiança dos Serviços: A combinação da desaceleração da economia – inflação elevada, juros em alta e renda em queda – com a ômicron ajudam a explicar um início de ano difícil para a confiança dos empresários do setor de serviços, segundo o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre). O Índice de Confiança de Serviços (ICS) registrou em fevereiro a quarta queda seguida e atingiu 89,2 pontos, o menor patamar desde maio de 2021, quando estava em 88,1 pontos. Na passagem entre janeiro e fevereiro, a queda foi de 2 pontos. (Valor)

Desaceleração do Crédito: O crédito apresentou desaceleração no último trimestre de 2021 em todas as regiões, exceto Sudeste, segundo Boletim do BC. De acordo com o BC, o Norte foi destaque no mercado de crédito nos últimos três meses do ano passado. O saldo dos empréstimos cresceu 7% na região. No Sul, o estoque de crédito avançou 4,6% no período, no Sudeste, 4,4%, no Nordeste, 3,8%, e no Centro-Oeste, 1,2%. (Valor)

Tesouro Direto 1: O total de investidores ativos no Tesouro Direto atingiu no mês passado o maior patamar desde que a série foi iniciada em 2002. Em janeiro, o total de investidores ativos, ou seja, aqueles que atualmente estão com saldo em aplicações no Programa, somou 1.827.392 pessoas, um aumento de 13.265 investidores no mês. (Valor)

Tesouro Direto 2: Segundo dados do Tesouro Nacional, o número de investidores cadastrados no Programa aumentou em 640.040, crescimento de 76,85% em relação a janeiro de 2021, atingindo a marca de 16.939.179 pessoas. (Valor)

Tesouro Direto 3: Em janeiro de 2022, o estoque do Programa fechou em R$ 80,91 bilhões, um aumento de 2,18% em relação ao mês anterior (R$ 79,19 bilhões). Os títulos remunerados por índices de preços se mantêm como os mais representativos do estoque somando R$ 44,96 bilhões, ou 55,57% do total. Na sequência, vêm os títulos indexados à taxa Selic, totalizando R$ 22,00 bilhões (27,19%), e os títulos prefixados, que somaram R$ 13,95 bilhões, com 17,24% do total. (Valor)

Festival de Medidas Eleitoreiras 1: Na reta inicial das eleições de 2022, o Planalto prepara uma semana de anúncios diários de medidas para fortalecer a economia. O pacote de crédito de R$ 100 bilhões, informado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, a um grupo de empresários dos setores de comércio e serviços faz parte dessa programação, que começa após o carnaval. (Valor)

Festival de Medidas Eleitoreiras 2: No pacote de crédito, a recriação de linhas disponibilizadas durante a pandemia, como o Programa Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Pronampe) e o Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (Peac), aguarda uma decisão: qual será a taxa de juros, num cenário em que a taxa Selic já chegou a 10,75% ao ano. (Valor)

Festival de Medidas Eleitoreiras 3: Medidas de desburocratização na contratação de crédito adotadas em 2020 devem ser reeditadas no pacote. Naquele ano, foi dispensada a apresentação de diversas certidões negativas e comprovantes de votação nas eleições, por exemplo. (Valor)

Festival de Medidas Eleitoreiras 4: O governo pode autorizar saques de R$ 30 bilhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Cerca de 40 milhões de trabalhadores serão autorizados a sacar até R$ 1.000,00. (Valor)

Festival de Medidas Eleitoreiras 5: O Ministério da Cidadania sondou os bancos sobre o interesse deles em adquirir o direito de distribuir o Auxílio Brasil, atualmente pago pela Caixa, e, como atrativo extra, também oferecer crédito consignado aos beneficiários do programa social. A conversa foi informal e não despertou o interesse das instituições financeiras. (Valor)

Prioridade de Lula é Controle da Inflação: O ex-presidente Lula disse em entrevista à Rádio Passos FM, de Passos (MG), que uma das principais prioridades em um eventual governo seria “debelar” imediatamente a inflação, já que os preços dos alimentos afetam diretamente o bolso da população. (Poder 360)

Arrecadação de Impostos Cresce 1: A arrecadação federal de impostos registrou uma alta real de 18,3% em janeiro, na comparação com o mesmo mês de 2021, e chegou a R$ 235,321 bilhões. Na série atualizada pela inflação, o resultado de janeiro é o melhor para o mês desde 1995 (ano em foi iniciado o levantamento). Sem correção inflacionária, a arrecadação mostrou uma alta de 30,57% em janeiro ante o mesmo mês do ano passado. (Valor)

Arrecadação de Impostos Cresce 2: Considerando somente as receitas administradas pela Receita, houve elevação real de 14,66% no mês, somando R$ 217,421 bilhões, na comparação com o mesmo mês do ano passado. A alta nominal ficaria em 26,56%. (Valor)

Arrecadação de Impostos Cresce 3: A receita própria de outros órgãos federais (onde estão os dados de royalties de petróleo, por exemplo) foi de R$ 17,901 bilhões em janeiro, aumento real de 92,53% na comparação com o mesmo mês de 2021. Em termos nominais, essas receitas subiriam 112,52% em janeiro em relação ao mesmo mês de 2021. (Valor)

Compensação Tributária: As compensações tributárias continuam afetando a arrecadação de tributos. Em janeiro, elas somaram R$ 25,417 bilhões. Em dezembro, esse número foi de R$ 19,598 bilhões. Em janeiro do ano passado, a compensação tributária foi de R$ 22,681 bilhões. (Valor)

Parcelamento de Dívidas Previdenciárias Municipais 1: O governo federal regulamentou o parcelamento especial de dívidas dos municípios com Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS). A Emenda Constitucional nº 113, mais conhecida como PEC dos Precatórios, autorizou os municípios a parcelarem débitos de contribuições devidas ao RPPS e ao RGPS. Esse parcelamento será somente para débitos previdenciários acumulados até 31 de outubro de 2021, podendo ser pago em até 20 anos. (Valor)

Parcelamento de Dívidas Previdenciárias Municipais 2: Para fazer o acordo de parcelamento, o município precisará ter feito a adequação de seu regime próprio segundo os comandos da Emenda Constitucional nº 103 de 2019, que trata da reforma da Previdência. Além disso, o parcelamento depende ainda de lei municipal autorizativa específica e deve ser celebrado até 30 de junho de 2022. (Valor)

Dívida Pública Federal 1: A Dívida Pública Federal (DPF) subiu 0,05% em termos nominais na passagem de dezembro de 2021 para janeiro de 2022, somando R$ 5,616 trilhões. O número ficou fora da meta estabelecida no Plano Anual de Financiamento (PAF), que determina uma oscilação entre R$ 6 trilhões e R$ 6,4 trilhões em 2022. (Valor)

Dívida Pública Federal 2: De acordo com números divulgados nesta quarta-feira pelo Tesouro Nacional, a Dívida Pública Mobiliária Federal Interna (DPMFi) registrou uma alta de 0,33% no primeiro mês de 2022, para R$ 5,367 trilhões. Já a Dívida Federal Externa somou R$ 249,44 bilhões (US$ 46,56 bilhões), o que representa queda de 5,77% na comparação com os números de dezembro de 2021. (Valor)

Boletim Focus PIB: A mediana das projeções do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2022 permaneceu em 0,30%.Para 2023, o ponto-médio das expectativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) manteve-se em 1,50%. Para 2024, permaneceu em 2%. (Valor)

Boletim Focus Juros: Para a taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas manteve-se em 12,25% em 2022, ficou em 8,00% em 2023 e subiu de 7,25% para 7,38% em 2024. (Valor)

Boletim Focus Dólar: A mediana das estimativas para o dólar no fim de 2022 foi cortada de R$ 5,58 para R$ 5,50. Para 2023, o ponto-médio das projeções para a moeda americana também recuou de R$ 5,45 para R$ 5,36 entre uma semana e outra. Para 2024, foi de R$ 5,40 para R$ 5,32. (Valor)

Possível Queda no Estoque de Crédito: O saldo total da carteira de crédito deve mostrar ligeiro recuo de 0,2% em janeiro, após 11 meses seguidos de expansão, segundo a pesquisa de crédito da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). A entidade explica que, em janeiro, há um fator sazonal que explica a queda. Apesar desse resultado, a expansão da carteira em 12 meses deve permanecer praticamente estável em 16,4% (ante 16,5% em dezembro de 2021). (Valor)

Exportações de Frangos: As exportações de carne de frango do país poderão atingir US$ 1 bilhão em 2022, projeta a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que se animou com as negociações na Gulfood 2022, maior feira de alimentos do mundo, realizada em Dubai, nos Emirados Árabes, na semana passada. (Valor)

Casa Verde Amarela 1: No programa Casa Verde Amarela, sucessor do Minha Casa, Minha Vida, houve queda em todos os indicadores do quarto trimestre de 2021, em relação ao mesmo período em 2020. Os lançamentos caíram 11,1%, as vendas, 16,6%, e a oferta final, 6,1%. No acumulado em 12 meses, houve alta de 8,5% no número de lançamentos, e de 3,4% nas vendas. O programa habitacional vem perdendo espaço no mercado nos últimos anos a partir da redução no volume de recursos alocados pelo governo, mas também porque a redução nos juros tornou possível o acesso ao crédito por meio de linhas de financiamento convencionais. (Valor)

Casa Verde Amarela 2: No quarto trimestre de 2021, o Casa Verde e Amarela respondeu por 41% das unidades residenciais lançadas, e por 45% do que foi vendido. Um ano antes, o programa respondia por 47% dos lançamentos, e por 49% das vendas. (Valor)

Venda de Imóveis: Os três principais indicadores do mercado imobiliário brasileiro – vendas, lançamentos e oferta final – fecharam 2021 em alta, na comparação com o ano anterior, mas perderam forçam nos últimos trimestres. O Balanço divulgado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic) aponta para um recuo de quase 10% nas vendas de imóveis novos no Brasil no quarto trimestre do ano passado. De janeiro a dezembro, porém, houve avanço de 12,8%. (Valor)

Lucro da Caixa: A Caixa Econômica Federal informou que teve lucro contábil consolidado de R$ 3,218 bilhões no quarto trimestre de 2021, uma alta de 0,3% em relação ao terceiro trimestre e queda de 43,3% na comparação com o mesmo período do ano anterior. No ano fechado de 2021, a Caixa teve lucro recorde de R$ 17,268 bilhões, com alta de 31,1%. (Valor)

Inflação

Boletim Focus Inflação: A mediana das projeções dos economistas do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2022 subiu de 5,50% para 5,56%, segundo o Relatório Focus do Banco Central (BC), divulgado dia 21-02-2022, com estimativas coletadas até o fim da semana passada. (Valor)

Controle de Preços de Combustíveis: O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou nesta 2ª feira (21.fev.2022) ideias de controle de preços dos produtos vendidos pela Petrobras, em uma sinalização de que o tema deve ser discutido nas eleições. O ex-presidente Lula (PT) disse que irá “abrasileirar”a gasolina caso vença a eleição de 2022, acabando com o preço de paridade internacional, que leva em conta o valor do dólar e do barril de petróleo no exterior. Para o ministro de Jair Bolsonaro, isso acabaria “quebrando” a Petrobras novamente. (Poder 360)

Previsão do IPCA e INPC mais Elevados 1: O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) reviu de 4,9% para 5,6% sua projeção para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2022. A variação projetada para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) também foi revista, de 4,6% para 5,5%. A nova estimativa do Grupo de Conjuntura do instituto reflete uma combinação de inflação corrente elevada, pressões persistentes de commodities, cadeias produtivas desreguladas e condições climáticas menos favoráveis para algumas culturas agrícolas neste início de ano. (Valor)

Previsão do IPCA e INPC mais Elevados 2: Na avaliação do Ipea, os principais fatores que limitam uma desaceleração mais intensa da inflação ao longo de 2022 são o comportamento dos preços dos alimentos e dos bens de consumo, acompanhado de nova aceleração dos preços do petróleo e a constatação de um déficit maior nas empresas do setor elétrico, que sinalizam aumentos mais significativos das tarifas de energia e dos preços dos combustíveis. (Valor)

Guedes Protege Bancos: O governo pode autorizar que pessoas utilizem seus saldos no FGTS para pagar dívidas, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento do BTG Pactual, no dia 22-02-2022.  Paulo Guedes comentou que o cidadão pode estar devendo no banco, ao mesmo tempo em que tem dinheiro parado no fundo e questionou por que não autorizar o saque. (Valor)

Crescimento da Arrecadação Federal: A arrecadação de janeiro, ainda a ser anunciada em um ou dois dias, teve crescimento de 16%, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes, em evento do BTG Pactual. Acrescentou que é uma demonstração de força da economia. Os analistas vão errar de novo, ao dizer que o crescimento será zero, disse. (Valor)

IPCA-15: O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo -15 (IPCA-15) subiu 0,99% em fevereiro, após alta de 0,58% em janeiro, informou IBGE, com impacto de educação e alimentação. Em fevereiro de 2021, o IPCA-15 teve variação de 0,48%. A alta é a maior para um mês de fevereiro desde 2016 (1,42%). No resultado acumulado em 12 meses, o IPCA-15 ficou em 10,76% em fevereiro, ante 10,20% no número registrado até janeiro. É o maior resultado acumulado em 12 meses desde fevereiro de 2016 (10,84%). (Valor)

Queda no Preço da Energia Elétrica: O preço de energia elétrica teve deflação de 0,82% em fevereiro, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo -15 (IPCA-15), mas ainda acumula alta de 27,91% no resultado acumulado em 12 meses, de acordo com os dados divulgados IBGE. Em janeiro, a variação já tinha sido de apenas 0,03%. (Valor)

Índice de Custo da Construção: O Índice Nacional de Custo da Construção–M (INCC-M) subiu 0,48% em fevereiro, desacelerando em relação ao mês anterior, quando registrou alta de 0,64%. Com o resultado, o indicador acumula elevação de 1,12% em 2022 e 13,04% em 12 meses, segundo o FGV/Ibre. Em fevereiro de 2021, o índice subiu 1,07% no mês e acumulava alta de 10,18% em 12 meses. (Valor)

Brasil Tem Segunda Maior Inflação: O Brasil fechou 2021 com a segunda maior inflação em um painel de 16 países analisados pelo UBS BB em um estudo, atrás apenas da Turquia. Considerando o núcleo da inflação, medida que busca suavizar o efeito de itens mais voláteis, o Brasil ficou em quarto lugar. (Valor)

Governo e Ambiente Política

Mais um Aceno para as Polícias 1: O presidente Bolsonaro (PL) acenou à Polícia Rodoviária Federal, defendeu reconhecimento e “valorização” da carreira dos agentes. Ao lado dos superintendentes de todas as Unidades da Federação, pediu compreensão das demais categorias do setor público federal. O aumento para categorias específicas passa por vai-e-vens. O presidente disse em 11 de fevereiro que o reajuste dos salários dos policiais federais poderia ficar para o ano que vem, diante da polêmica envolvendo as demais categorias. (Poder 360)

Mais um Aceno para as Polícias 2: Na sanção do Orçamento 2022, Bolsonaro reservou R$ 1,7 bilhão para o reajuste salarial de policiais federais, irritando cerca de 50 categorias do funcionalismo público federal. Trabalhadores e sindicalistas se mobilizaram para protestos e paralizações. (Poder 360)

Mover-se para o Centro: “Lula tem a leitura de que as eleições de 2022, de todas as cinco que disputou a presidente, é a que ele mais terá que caminhar ao centro”, revela Guilherme Amado. Em suas contas, o número de pessoas que pretendem votar no centro e na direita é muito superior ao de eleitores da esquerda. Ele precisará ser percebido como um candidato moderado. Só que parte da esquerda não compreende este movimento. (Metrópoles) (Meio)

Federação Partidária: Os tucanos responderam ao movimento do Cidadania para compor uma federação. “A federação entre Cidadania e PSDB, pela qualidade de seus quadros, fará a diferença no Congresso e nas próximas eleições presidenciais.” (Twitter) (Meio)

Investigação por Prevaricação: O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pediu, que o STF investigue possível prevaricação do procurador-geral da República, Augusto Aras. O congressista argumenta que Aras prevaricou aopedir o arquivamento de inquérito contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). Ele era investigado por vazamento de investigação sigilosa. (Poder 360)

Participação dos Adolescentes nas Eleições 1: De acordo com maioria dos jovens, a oito meses das eleições, 2022 pode representar a menor participação de adolescentes em disputas eleitorais desde que essa possibilidade foi criada, em 1994, batendo o recorde negativo atual, de 2014. Só não será assim se acontecer nos próximos quatro meses um cadastramento equivalente a praticamente o total registrado até janeiro deste ano de eleitores nesta faixa etária. (Valor)

Participação dos Adolescentes nas Eleições 2: Eleitores de 16 e 17 anos registrados até janeiro deste ano somam 730.693. É um número bem menor do que nas últimas eleições presidenciais, de 2018, quando levantamento do TSE registrava o total de 1.400.617 adolescentes, até então o menor contingente em eleições presidenciais em 20 anos. (Valor)

Participação dos Adolescentes nas Eleições 3: Entre as razões da baixa adesão às eleições, além da informação sobre o tema circular pouco entre adolescentes, pontuam os analistas, há aumento da polarização, desalento dos jovens com política e até efeito da pandemia, já que o interesse da juventude se voltou para lidar com problemas relacionados à doença. Há ainda insatisfação com poucos resultados originados dos protestos de 2013, que levaram milhares de jovens às ruas. Outro aspecto mencionado é o fato de, atualmente, o jovem politizado deslocar esforços para outras causas, como a defesa do ambiente ou a melhora da mobilidade urbana. (Valor)

Convocação do Presidente do BB: A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou dia 22-02-2022 requerimento de convocação em nome do presidente do Banco do Brasil (BB), Fausto de Andrade Ribeiro. O requerimento foi apresentado pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL) e solicita que o presidente do banco público preste informações sobre supostas restrições de crédito a governadores de oposição. (Valor)

Fachin Assume TSE: O ministro Edson Fachin, do STF, assumiu ontem a presidência do Tribunal Superior Eleitoral no período que vai até agosto. “A Justiça Eleitoral é incansável fiadora da democracia e limite às alternativas opressoras do passado”, afirmou em seu discurso de posse. “As investidas maliciosas contra as eleições constituem ataques indiretos à própria democracia, tendo em consideração que o circuito desinformativo impulsiona o extremismo.” Sua principal missão, disse, será o combate à desinformação. (Estadão) (Meio)

Bolsonaro não Vai à Posse: O presidente Bolsonaro não foi à posse. “A atitude indica que Bolsonaro não está disposto a negociar um armistício com o novo comando da Justiça Eleitoral”, diz Bernardo Mello Franco. “Continuará em guerra contra a urna eletrônica e as medidas de combate às fake news.” (CBN) (Meio)

MP Pede Condenação de Aécio: O Ministério Público Federal pediu a condenação do deputado Aécio Neves (PSDB-MG) por corrupção passiva. Ele é acusado de receber R$ 2 milhões em propina do então presidente da J&F, Joesley Batista. Passada esta fase, das alegações finais, o caso será enfim julgado na primeira instância da Justiça Federal. “As provas deixaram clara a inexistência de qualquer crime e a defesa aguarda, com tranquilidade, a apreciação pelo Poder Judiciário”, afirmaram em nota os advogados do tucano. Eles não negam que houve transação, mas dizem que foi um empréstimo. Joesley teria emprestado a quantia em espécie, as cédulas distribuídas por algumas malas. (Poder 360) (Meio)

Paulo Guedes Está Perdido: O pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes afirmou durante programa “Ciro Games”, que o ministro da Economia, Paulo Guedes, está “perdido”, “desmoralizado” e em estado de “delírio”. As declarações ocorreram enquanto o pedetista regia a uma fala de Paulo Guedes, o qual afirmava que o Brasil “ia bem”. (Poder 360)

A Herança dos Votos: Pesquisa PoderData realizada de 14 a 16 de fevereiro mostra que só 54% dos que votaram no presidente Bolsonaro (PL) no 2º turno de 2018 o consideram o melhor candidato para 2022. Lula (PT) é o candidato que mais herda votos de Bolsonaro em 2018, com 17%. Outros 11% hoje preferem Sergio Moro (Podemos). Ambos candidatos absorvem a maior parte do voto dos “arrependidos”, que corresponde no total a 41% dos eleitores de Jair nas últimas eleições. (Poder 360)

Bolsonaro Apresenta Sua Versão do Plano do Lula: O bolsonarismo partiu para o ataque. A começar pelo próprio presidente, que falou do Planalto para uma plateia num evento promovido pelo banco BTG. Ele estava “irritadiço, falando alto, por vezes gritando”, descreveu Vera Magalhães. Bolsonaro tentou atiçar o antipetismo de executivos do setor financeiro e indústrias, que o assistiam. Afirmou existir um plano de governo Lula — que em verdade não existe. “O Lula de Bolsonaro vai revogar as reformas trabalhista e da Previdência, reverter a autonomia do Banco Central, recriar o Imposto Sindical, reestatizar as empresas privatizadas, acabar com o teto de gastos, fortalecer o MST, recolher armas das mãos do cidadão de bem, extinguir escolas cívico-militares e colégios militares, liberar drogas, legalizar o aborto e… reaproximar o Brasil de Cuba.” (Globo) (Meio)

Buscando Recursos para Campanha: Não é coincidência que o Planalto esteja atrás de outro grupo com capacidade de financiar campanhas — o de empresários do agronegócio. Vários foram convidados para um encontro no próximo dia 7. E a forma do convite gerou desconforto. “O modo como o encontro foi chamado gerou insegurança pelo que foi considerado falta de transparência”, conta Juliana Dal Piva. “A ideia era que, em um primeiro momento, o grupo se encontrasse com Jair Bolsonaro no Palácio para uma conversa e, posteriormente, no mesmo dia, uma segunda reunião ocorreria sem o presidente e seriam feitos convites para contribuição com a campanha.” Sua campanha está sentindo falta de recursos. (UOL) (Meio)

Câmara Aprova Legalização de Jogos: A Câmara dos Deputados concluiu a aprovação do projeto de lei que legaliza os jogos de azar, como cassinos, bingos e jogo do bicho, e rejeitou uma tributação maior sobre essas atividades. Todas as emendas propostas pelos partidos para alterar o projeto acabaram rejeitadas. O texto segue agora para análise do Senado Federal. (Valor)

Pesquisa Exame/Ideia 1: O presidente Jair Bosonaro (PL) oscilou 3 pontos percentuais nas intenções de voto, de acordo com a pesquisa Exame/Ideia divulgada dia 24-02-2022. O ex-capitão, que marcava 24% em janeiro, chegou a 27% neste mês. O levantamento mostrou ainda que o ex-presidente Lula lidera a corrida eleitoral, com 42%. Em terceiro, aparece o ex-juiz Sergio Moro (Podemos), com 10%, e, em quarto, Ciro Gomes (PDT), com 8%. Apesar da oscilação no limite da margem de erro, que é de três pontos percentuais, o presidente ainda amarga uma diferença de 15 pontos para o seu principal adversário. (Carta Capital)

Pesquisa Exame/Ideia 2: Em um eventual segundo turno, Lula lidera todos os cenários. Contra o atual presidente, o petista chega aos 49% das intenções de voto, e Bolsonaro fica com 35%. É a menor margem entre todos os nomes testados contra o ex-presidente, o que indica uma alta disputa entre os dois, e uma terceira via enfraquecida. (Carta Capital)

Ambiente Social, Emprego e Renda

Taxa Média de Desemprego 2021: No segundo ano de pandemia no Brasil, a taxa média de desemprego no país recuou para 13,2% em 2021, frente a 13,8% em 2020, mostra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2021, a média anual de desempregados ficou em 13,9 milhões, ante 13,8 milhões em 2020. O grupo é formado por pessoas de 14 anos ou mais que buscaram emprego, mas não encontraram. (Valor)

Renda Média Real: O rendimento médio real habitual dos trabalhadores (considerando a soma de todos os trabalhos) brasileiros foi de R$ 2.587 em 2021, uma queda de 7% frente a 2020 (R$ 2.782) segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). (Valor)

Massa de Rendimentos: A massa de rendimentos real habitualmente recebida por pessoas ocupadas (dado que soma todos os salários) foi de R$ 229,394 bilhões no quarto trimestre. O número aponta variação de -0,6% frente ao terceiro trimestre e de -1,8% frente a igual período de 2020. As variações, no entanto, são consideradas como estabilidade por estarem dentro da margem de erro da pesquisa. (Valor)

Greve das Forças de Segurança em MG: As forças de segurança de Minas Gerais entraram em greve e pedem recomposição salarial de 24%. A paralisação começou dia 22-02-2022. O plano é manter pelo menos 30% do efetivo trabalhando, mas de acordo com a Constituição Federal, policiais e bombeiros militares não têm direito a greve. Policiais civis também perderam este direito em 2017, por decisão do STF. O governador mineiro Romeu Zema havia feito um acordo concedendo aumento de 13% em 2020, 12% em 2021 e 12% em 2022. O primeiro reajuste foi efetivado, mas os outros dois, não. (O Tempo) (Meio) 

Marcelo Godoy: “Zema pode dizer que, ao fazer a promessa que lhe cobram, o coronavírus ainda não havia desembarcado no país, nem Bolsonaro congelado os aumentos do funcionalismo. Mas já naquele tempo, a decisão de Zema não dizia respeito somente aos mineiros. Ela espalhou pelo país o temor de que policiais se amotinassem para extrair o mesmo de seus governadores, em movimentos como o do Ceará, onde lideranças bolsonaristas promoveram comícios em quartéis e estimularam desordens para pôr os cofres públicos à disposição de colegas mascarados que deixaram a população à mercê do crime. Agora, especialistas em segurança voltam a temer que o movimento em Minas reacenda a onda de motins no País, com os apoios de sempre.” (Estadão) (Meio)

Festas Privadas de Carnaval: Quando a ômicron se espalhava em dezembro e janeiro, capitais brasileiras decidiram cancelar o Carnaval. Algumas, como Recife, Cuiabá e Natal, proibiram todos os eventos. Outras, como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Belo Horizonte, autorizaram somente festas privadas. Para pular Carnaval nelas, portanto, só com ingresso, que chegam a custar R$ 700. (Folha) (Meio)

Descriminalização do Aborto: A Colômbia descriminalizou o aborto até a 24ª semana de gestação. A decisão foi tomada pela Corte Constitucional em votação apertada: cinco votos a favor e quatro contra. Até então, o aborto constava como delito no Código Penal colombiano. Cerca de 400 mulheres ao ano eram condenadas a prisão pela interrupção da gravidez. Com a decisão, a Colômbia junta-se a México e Argentina como a terceira grande nação da América Latina a descriminalizar o procedimento. O aborto é permitido também na Guiana, no Uruguai e em Cuba. Ativistas foram às ruas de Bogotá para celebrar a decisão. (Folha) (Meio)

Rendimento do Trabalho: Entre as cinco regiões do país, apenas o Norte recuperou o nível da massa de rendimento do trabalho, observados antes da pandemia, segundo Boletim do BC. A população ocupada está mais concentrada em setores menos impactados pela pandemia, o que contribuiu para suavizar a queda no Sul e, em menor grau, para amplificar as perdas no Nordeste. “Os recortes setoriais e por posição na ocupação evidenciam expansão generalizada no Norte, contrastando com Sudeste e Nordeste, onde trabalhadores formais e informais tiveram desempenhos piores”, apontou o boletim. (Valor)

Cai a Expectativa de Vida no Brasil 1: A pandemia de covid-19 tirou 4,4 anos de expectativa de vida no Brasil e antecipou em uma década a desaceleração do crescimento da mão de obra. A crise sanitária foi um choque que deve acelerar o decrescimento da população, mas não mudar o rumo da tendência demográfica que vinha em curso no Brasil. Em 2019, uma pessoa nascida no Brasil tinha expectativa de viver, em média, até os 76,6 anos. Hoje vive cerca de 72,2 anos. (Valor)

Cai a Expectativa de Vida no Brasil 2: Com a pandemia, a mortalidade se tornou uma variável importante no envelhecimento populacional, para o qual historicamente pesava mais a queda da natalidade. Além de mais mortes, menos pessoas nasceram. Os nascimentos já vinham diminuindo antes da covid-19 porque a fecundidade estava caindo no Brasil. A pandemia trouxe também aumento da mortalidade materna, levando à mortalidade de bebês e ao adiamento da gravidez. (Valor)

Cai a Expectativa de Vida no Brasil 3: Em 2019, foram 2,8 milhões de nascimentos e 1,28 milhão de óbitos no país, segundo dados do Portal da Transparência relativos ao registro civil. Em 2020, o número de nascimentos caiu para 2,64 milhões e o número de óbitos subiu para 1,47 milhão, com crescimento vegetativo indo para 1,17 milhão de pessoas. Em 2021, o número de nascimentos caiu para 2,62 milhões e o número de óbitos subiu para 1,73 milhão, com crescimento vegetativo ficando abaixo de 900 mil pessoas. (Valor)

Caem os Assassinatos no Brasil: O presidente Jair Bolsonaro (PL) sugeriu que a facilitação promovida em seu governo para aquisição de armas de fogo teve influência na queda do número de assassinatos no país. No entanto, especialistas do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), que coleta os dados sobre violência desde 2007, atribuem o resultado a outros motivos, como o apaziguamento de conflitos entre facções e políticas públicas sociais e de segurança. O número de assassinatos no Brasil caiu 7% em 2021 na comparação com o ano anterior. As verdadeiras causas da queda incluem: profissionalização do mercado de drogas brasileiro; maior controle e influência dos governos sobre os criminosos; apaziguamento de conflitos entre facções; políticas públicas de segurança e sociais; e redução do número de jovens na população. (Valor)

Meio Ambiente e Energia

Óleo e Gás: As atividades de exploração de petróleo e gás natural devem crescer em 2022, de acordo com projeções da Agência Nacional de Petróleo (ANP). A previsão do órgão regulador é que 27 poços exploratórios sejam perfurados no país este ano, o que representa um avanço de 22,7% em relação às 22 perfurações de 2021 e de 68,75% ante os 16 poços de 2020. (Valor)

Margem Equatorial: O ano de 2022 deve marcar a volta das campanhas exploratórias na Margem Equatorial, sete anos após o último poço no litoral que vai do Rio Grande do Norte ao Oiapoque (AP). A região inclui as bacias Foz do Amazonas, Pará-Maranhão, Barreirinhas, Ceará e Potiguar. A expectativa é que as primeiras perfurações na região comecem no segundo semestre de 2022. (Valor)

Poluição por Plásticos 1: Segundo oGlobal Plastic Outlook – Economic Drivers, Environmental Impacts and Policy Options”, lançado dia 22-02-2022, pela OCDE.  O mundo está produzindo duas vezes mais resíduos plásticos hoje do que há 20 anos. Foram 460 milhões de toneladas produzidas em 2019, equivalentes ao peso de 45,5 mil torres Eiffel. Apenas 9% deste volume foi reciclado adequadamente. Quase metade destes resíduos é produzida em países ricos, da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Plásticos são responsáveis por 3,4% das emissões globais de gases-estufa. (Valor)

Poluição por Plásticos 2: A geração de resíduos mais que dobrou de 2000 para 2019 chegando a 353 milhões de toneladas. Ou seja, quase tudo que se produz vira poluição. Quase dois terços destes resíduos vêm de plásticos com vida útil inferior a cinco anos. Deste volume, 40% são embalagens, 12% são bens de consumo, e 11%, roupas e têxteis. (Valor)

Ambiente Empresarial e Tecnológico

Cresce a Piscicultura: Segundo a Associação Brasileira da Piscicultura (PeixeBR), 2021 não foi um ano fácil para o segmento, que cresceu menos do que a média dos oito anos anteriores (5,6%). Mas, mesmo assim, a produção de peixes de cultivo chegou a 841 mil toneladas, considerando tilápia, peixes nativos e outras espécies, 4,7% mais que em 2020. (Valor)

Reduzir o Gasto é a Missão da Piscicultura: Assim como aconteceu nas demais cadeias de proteínas animais, a piscicultura sofreu com o aumento do milho e do farelo de soja, usados na produção de ração, assim como de insumos importados, devido à alta do dólar e a problemas para originação. Agora, reduzir os gastos é o principal desafio do segmento, de acordo com o presidente do Conselho de Administração da PeixeBR, Valdemir Paulino dos Santos. (Valor)

Lançamento do Reels: O Facebook anunciou o lançamento do Reels, seu recurso de vídeos curtos, na rede social. A novidade também traz opções para criadores de conteúdo ganharem dinheiro com o formato, e está disponível em mais de 150 países, incluindo o Brasil. O Reels foi lançado em 2019 no Instagram e havia sido liberado no Facebook em setembro de 2021, mas, até então, estava disponível somente nos Estados Unidos. (g1) (Meio)

Dataprev Aumenta o Lucro 1: Na lista de privatizações do governo Jair Bolsonaro (PL), a Dataprev conseguiu diminuir sua dependência da União e mais do que dobrou o lucro desde 2019, mesmo reduzindo o valor anual do contrato de gerenciamento de dados para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), principal cliente da empresa. Esse movimento tem sido possível graças à maior receita vinda de consultas feitas por instituições financeiras que oferecem crédito consignado para aposentados e pensionistas, diz o presidente da estatal, Gustavo Canuto. (Valor)

Dataprev Aumenta o Lucro 2: A expectativa do presidente da Dataprev é apresentar ao conselho de administração da estatal, que se reúne em março para analisar os números do ano passado, lucro 34% superior ao verificado em 2020, de R$ 265 milhões. Em 2019, houve um resultado positivo de R$ 147 milhões. (Valor)

Chegada do 5G ao Brasil: A chegada da tecnologia 5G deverá movimentar US$ 25,5 bilhões no Brasil nos próximos três anos, segundo projeções da consultoria International Data Corporation (IDC Brasil). Inteligência Artificial (IA), internet das coisas (IoT), computação em nuvem e cibersegurança estão entre as aplicações que receberão mais investimento. Somente os investimentos direcionados a IoT devem chegar a US$ 1,6 bilhão ao longo de 2022. Esse valor é 17,6% maior do que o aplicado em 2021. (Meio)

Futebol e Metaverso: O Manchester City, campeão da Premier League inglesa, está pronto para entrar no metaverso. O clube de futebol firmou uma parceria com a Sony para construir uma réplica virtual de seu estádio, o Etihad. O estádio virtual será o hub central da equipe no mundo virtual, que pode ser acessado por meio de fones e controladores manuais usando várias tecnologias, como inteligência artificial, realidade virtual (VR). (CNBC)

Inteligência Artificial (IA) no Mundo: O mercado de inteligência artificial (IA) deve movimentar R$ 969 bilhões até 2025. A IA tem feito parte dos negócios e das decisões estratégicas de empresas e startups e vai muito além da tecnologia, atuando na dinâmica de várias áreas e disciplinas em uma mesma companhia. Além disso, outros conceitos e tecnologias estão demandando ainda mais discussão sobre IA, como metaverso, NFTs e computação. (Forbes Brasil) (Meio)

Ataque Hacker e Perda de Valor: Após três dias suspensos devido a um “incidente de segurança”, os sites da Americanas e do Submarino voltaram a funcionar dia 23-02-2022. O problema teve início depois que a companhia registrou um “acesso não autorizado” em seus servidores no dia 19-02-2022. Após sofrerem instabilidade, as páginas saíram do ar no dia 20-02-2022. Em um comunicado a empresa diz que está disponibilizando produtos e funcionalidades progressivamente. As páginas Shoptime e Sou Barato, que também pertencem ao grupo Americanas, continuam suspensas. Com o ocorrido, a companhia perdeu R$ 3,4 bilhões em valor de mercado desde sexta-feira. (g1) (Meio)

Índice de Confiança da Indústria: O Índice de Confiança da Indústria (ICI) caiu 1,7 ponto em fevereiro, para 96,7 pontos, atingindo o menor nível desde julho de 2020, quando bateu em 89,8 pontos, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV/Ibre). É a sétima queda consecutiva do indicador. De acordo com o FGV/Ibre, em médias móveis trimestrais, manteve a tendência negativa ao cair 1,8 ponto. (Valor)

Ambiente Internacional

Mais Tempo de Vídeo: O Tik Tok estuda adotar formatos de vídeos mais longos na plataforma. Mas uma pesquisa interna feita pelo aplicativo mostra que quase 50% dos usuários da rede dizem que os vídeos com mais de um minuto eram estressantes. Drew Kirchhoff, gerente de produto do TikTok nos Estados Unidos, anunciou que o aplicativo aumentaria a duração máxima dos vídeos de um para três minutos. Atualmente, o usuário médio do TikTok gasta uma hora e 25 minutos todos os dias e abre o aplicativo para assistir a vídeos 17 vezes por dia. A plataforma já teria realizado testes do novo formato no aplicativo entre agosto de 2021 e fevereiro deste ano. (Wired) (Meio)

Incomodar e Punir pelo Dinheiro: A União Europeia listou 27 bancos, empresas e pessoas da Rússia que deverão ter o acesso a contas correntes em território da UE cortado, além de proibição de investimento nos mercados de capital. O mesmo vale para 351 membros da Duma, o parlamento. Os EUA proibiram negócios com os dois bancos estatais russos, que são usados para financiar o poder militar do país. Quatro famílias da oligarquia russa também foram proibidas de fazer qualquer negócio nos Estados Unidos. O Reino Unido, por sua vez, pinçou cinco bancos russos e três dos mais ricos empresários do país para cortar relações. E, na Alemanha, o chanceler Olaf Scholz decidiu não homologar o gasoduto Nord Stream 2, que passaria a conectar os dois países. Os países membros da OTAN ainda têm uma longa lista de sanções que podem impor. (BBC News) (Meio)

Exclusão do Swift: EUA, Reino Unido e União Europeia estudam excluir a Rússia do sistema SWIFT. É o que conecta os bancos do mundo uns aos outros, permitindo movimentações financeiras. Os bancos russos se veriam impossibilitados de receber e enviar dinheiro para fora. O receio é de que isto dificultaria a vida para países europeus que precisam comprar óleo e gás russos. (Washington Post) (Meio)

Ação Desesperada Radical: Na tentativa de tirar os filhos da frente dos celulares, um pai na cidade Messanges, na França, cortou o acesso à internet com um bloqueador de sinal, mas desconectou dois municípios inteiros. Proibido no país europeu, o bloqueador de sinal anula frequências emitidas das torres de conexão. O homem teve que pagar uma taxa de 450 euros (R$ 2.600) e ainda enfrentará um processo judicial. (g1) (Meio)

Economia da Zona do Euro: O índice de gerentes de compras (PMI) composto da zona do euro, que agrega as atividades dos setores industrial e de serviços, subiu a 55,8 na leitura preliminar de fevereiro, de 52,3 em janeiro, segundo dados divulgados pelo IHS Markit. Trata-se do nível mais elevado do indicador em cinco meses. (Valor)

Preço do Barril de Petróleo: O preço do barril de petróleo já começou a aumentar, chegando a US$ 102.00 no mercado de futuros e cruzando a linha dos cem dólares pela primeira vez desde 2014. E o rublo despencou, perdendo mais de 10% de seu valor nas primeiras horas após o ataque. (CNBC) (Meio)

Fontes: Notas Econômicas

Jornal Valor, Globo, Folha, Estadão, UOL, Canal Meio Newsletter, Carta Capital, Poder 360, Metrópoles, O Tempo, Wired, BBC News, CBN, Washington Post, CNBC, Forbes Brasil e g1.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.