monitoramento de saude smartphone medicinaonlineComo a inteligência artificial vai afetar a sua profissão e o que você pode fazer

Carlos Teixeira
Designer do Futuro

Se há uma inovação capaz de afetar todas as atividades humanas, inclusive, é claro, a sua profissão, ela se chama inteligência artificial (IA). Por que? Porque ela, por assim dizer, paira sobre todos os produtos e serviços desenvolvidos por cientistas e especialistas envolvidos com a computação.

Gerar máquinas inteligentes é um objetivo muito mais antigo do que imagina a nossa vã filosofia.  Lembre-se das ficções sobre a criação de robôs e ciborgues. Sistemas de inteligência artificial utilizam programas de computador, os algoritmos, capazes de simular o padrão de funcionamento da mente humana.

Em outras palavras, a IA possibilita a criação de listas infindáveis de produtos e serviços inovadores, capazes de eliminar profissões inteiras, substituir funções e alterar processos de trabalho. Robôs, carros autônomos, geladeiras que controlam estoques e assistentes virtuais, como a Siri, da Apple, só são possíveis, agora, porque a inteligência artificial está evoluindo exponencialmente, ou seja de modo muito rápido!

Estratégias

Todo profissional deve entender que, para além da possibilidade de eliminar profissões e trabalho, olhando com mais cuidado, a inteligência artificial auxilia o desenvolvimento de funções e cria novas atividades. Entender como sistemas ou máquinas com recursos inteligentes vão contribuir para o aumento da eficiência no trabalho é essencial.

Na evolução das máquinas informatizadas, elas deixam de apenas responder comandos. Cada vez mais, tomam decisões porque, de algum modo, seguem a lógica do raciocínio humano. Com um poder imenso de armazenamento, processamento e geração de conhecimentos.

Um médico chegará à conclusão em algum momento que os diagnósticos oferecidos pelos sistemas inteligentes da IBM, do Google ou da Microsoft são muitos muito mais precisos do que qualquer médico será capaz. Mesmo o maior dos maiores especialistas. Constatados os avanços, a maioria pode simplesmente largar a profissão. Outros vão tentar entender como fazer da IBM ou do Google aliados para as suas atividades. 

Para entender os rumos do mundo, uma das primeiras recomendações é: veja o que os principais atores estão planejando. Sob esta perspectiva, aqui vai um primeiro e forte argumento para você prestar muita atenção no tema da inteligência artificial: o Google trata o desenvolvimento e a aplicação de soluções de inteligência artificial como prioridade número um – à frente até das estratégias para plataformas móveis.

Sentiu a força? Eric Schmidt, CEO da Alphabet, holding proprietária do Google, admite que demorou para entender a importância e o potencial da inteligência artificial e que chegou a duvidar da aplicabilidade da tecnologia. “Eu estava completamente errado”, disse, diante de uma plateia de mais de mil pessoas em um evento realizado no início de 2017 nos Estados Unidos.

Além de reconhecer o poder avassalador da tecnologia, o segundo exercício que todo profissional deve executar é o de se antecipar às tendências. Se sabemos que a IA virá, por que esperar. Na realidade do futuro, o profissional melhor capacitado será aquele pró-ativo, capaz de antecipar o futuro antes que ele aconteça. E a recomendação é: torne-se um gestor de oportunidades.

Perspecitvas

A inteligência artificial já é usada pelo Google para refinar o funcionamento de seu sistema de anúncios, para aprimorar o algoritmo de buscas que fez da marca o que ela é, para melhorar mecanismos de segurança, aperfeiçoar a identificação de fotos e até para tornar mais eficiente a construção dos prédios que guardam os servidores da empresa.

Da medicina à biologia, da matemática pura à engenharia, do jornalismo à filosofia, do ensino ao desembarque em Marte, as atividades profissionais sentirão, direta ou indiretamente, os efeitos das inovações geradas por essa área da ciência da computação voltada ao desenvolvimento de sistemas que simulam a inteligência humana para o desenvolvimento de produtos e serviços.

Então, é como aquele ditado se não puder ir contra ela, alie-se a ela. É importante que você comece a dedicar um pouco mais de tempo para entender como funciona a inteligência artificial na sua profissão.

Algumas serão muito afetadas, outras não. Conforme um estudo da Universidade de Oxford, quanto mais rotineiro seu trabalho maior a chance dele ser automatizado.

Recentemente, após analisar 20 milhões de artigos sobre câncer em 10 minutos, o Watson, sistema de inteligência artificial da IBM, auxiliou médicos a identificarem um tipo raro de leucemia em uma mulher de 60 anos no Japão. E esta é apenas uma das possibilidades de utilização destes algoritmos de aprendizado de máquina.

POR QUE (PRESTAR ATENÇÃO)

  • As maiores corporações globais estão investindo fortemente em recursos de IA.

  • Seguindo as grandes, há uma corrida ao ouro para o desenvolvimento de novos sistemas e produtos.

  • promove a substituição de funções baseadas em rotinas

  • cria novos campos de trabalho

  • A IA tende a gerar impactos sobre praticamente todas as profissões, direta ou indiretamente.

  • Robôs, carros autônomos, geladeiras que controlam estoques e assistentes virtuais, como a Siri, da Apple, só são possíveis, agora, porque a inteligência artificial está evoluindo exponencialmente, ou seja muito rapidamente!

 

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.