Desenvolvida pelo Michigan Idiomas, em parceria com a EdTech Voxall, a funcionalidade usa voz na experiência de aprendizado de idiomas

Divulgação: alexa para aprendizado
Exibindo Esq-AndreGenove -Dir-BrunoBelvedere.jpg

O hub educacional, Michigan Idiomas, é pioneiro no lançamento de uma skill para Alexa, com o objetivo de melhorar a experiência de aprendizagem do idioma inglês. Baseada em inteligência artificial e em machine learning, a Alexa, assistente virtual da Amazon, também aprende na medida em que o recurso é usado e ela oferece respostas cada vez mais assertivas.

O lançamento marca o início de uma série de conteúdos interativos do Michigan Idiomas para assistentes virtuais, que podem ser acessados por intermédio dos dispositivos “Echo Dot” da Amazon ou pelo aplicativo Amazon Alexa disponível para smartphones Android e iOS, para qualquer pessoa interessada em aprimorar o inglês.

Com o crescimento do mercado de assistentes virtuais, a nova skill do Michigan Idiomas amplia as oportunidades para o aprimoramento de idiomas. A estimativa é de que mais de 8 bilhões de assistentes de voz estejam ativos no mundo até 2024, como indica o estudo da Juniper Research. No Brasil, a consultoria Ilumeo aponta que o uso da voz para realizar tarefas e ditar comandos cresceu 47%, no período da pandemia da Covid-19, confirmando as novas oportunidades para soluções baseadas em voz.

“As skills são habilidades desenvolvidas por terceiros que podem ser ‘aprendidas’ pela máquina. Nós optamos por começar com o tempo verbal conhecido como Present Perfect, que gera muitas dúvidas. A Alexa explica, interage e até realiza um teste no final da atividade para que o usuário avalie a aprendizagem e os pontos de melhoria”, comenta o Head of Growth & Sales no Michigan Idiomas, Bruno Ciaciare Belvedere. Ele complementa que outros conteúdos já estão em desenvolvimento para continuar explorando o potencial da experiência por voz.

Engajamento

O professor Steve Stuart, Head of Pedagogy no Michigan Idiomas e responsável pela construção dos elementos da skill, explica que a funcionalidade será usada nas atividades pedagógicas do grupo como um recurso para fortalecer o engajamento dos alunos na aprendizagem. “A tecnologia traz um leque de oportunidades pedagógicas. Para os alunos, a inovação desperta o interesse deles, fomentando o engajamento, que é essencial na dedicação às atividades propostas pelo professor”, acrescenta Steve, ao enfatizar que a Alexa não substitui o papel do professor no processo de aprendizagem.

A iniciativa de levar a aprendizagem de idiomas para a assistente virtual compõe a estratégia do Michigan Idiomas para se posicionar como um player global de ensino. “O Michigan sempre foi pioneiro em criar diferenciais inovadores no ensino de idiomas. Identificamos na Alexa um canal capaz de multiplicar conteúdo inovador e de qualidade para esse novo mundo sem fronteiras,” afirma André Genovese, CEO do Michigan Language Education Hub.

Para desenvolver o conteúdo, o Michigan Idiomas uniu professores especializados no ensino em ambientes digitais à EdTech Voxall. A partir do conteúdo produzido pelos professores, a programação da Voxall entrou em cena para transformar o material em voz, executando a programação no backend da Amazon.

“Estamos no momento das soluções por voz. O sucesso da rede social Club House e o movimento mãos livres, em que os usuários já não querem manter o dispositivo móvel nas mãos para fazer interações, reforçam o potencial da interatividade por voz”, analisa Fabiana Murer, CEO & co-founder da Voxall. Outro indicativo de sucesso desse movimento é o número de skills disponíveis para Alexa. Segundo a executiva, no lançamento da Alexa no Brasil, em 2019, havia cerca de 300 funcionalidades. “Em 2020, quando a Alexa completou um ano no país, o número era de mais de 1.400 skills e ele continua aumentando em 2021”, analisa a executiva.

A nova skill “Michigan Experience – Presente Perfeito” já está disponível, gratuitamente, para que usuários ativem e comecem a utilizá-la nos smart speakers e aplicativos Amazon Alexa. O lançamento já possui avaliações positivas dos usuários de forma crescente, acompanhando e reforçando as tendências relacionadas à evolução dos assistentes virtuais no dia a dia.

Sobre o Michigan Idiomas

Fundado há 45 anos, o grupo educacional Michigan Idiomas possui mais de dois mil alunos ativos, em sete unidades na região metropolitana de Campinas e em sua plataforma online (Smart Michigan). Posicionado como o primeiro HUB Educacional em Idiomas do Brasil, com um portfólio completo de soluções e serviços de excelência em idiomas, atende empresas, colégios e família. Uma trajetória de sucesso pautada no compromisso com a educação de qualidade, movida pela busca constante por inovação e melhores soluções de ensino. O Michigan ainda é credenciado pelas maiores e melhores consultorias de gestão de idiomas do país, com cases de sucesso em programas de treinamentos customizados de idiomas para empresas como Basf, CI&T, Vale, Bombardier, Wenger, CHR Hansen, Perfetti Van Melle, Kleffmann, entre outras.

www.michiganidiomas.com.br

www.smartmichigan.com.br

Sobre a Voxall

A startup Voxall é uma EdTech, que busca transformar a educação por meio do uso de experiências de voz envolventes e criativas. Fundada em janeiro de 2020, a EdTech lançou em abril 2020 a plataforma Matéria daHora, criada para oferecer uma educação disruptiva e inclusiva, para estudantes do ensino médio. A Voxall está no programa AWS EdStartInnovators, é parceira da AmazonAlexa e foi semifinalista no Global Edtech Startup Awards 2020. A Voxall também é residente do Learning Village, primeiro hub de inovação em educação da América Latina.

https://www.voxall.com.br/

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.