Compartilhamento se estende a novos mercados
Sistema de hospedagem para alta renda adota estratégias de compartilhamento

Atender segmentos de alta renda com serviços sofisticados é o objetivo da plataforma Pied à Terre

Redação
Radar do Futuro

Atender segmentos de alta renda com hospedagem e serviços sofisticados é o objetivo da plataforma Pied à Terre, lançada em mais de 15 países – México, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Espanha, França, Itália, Reino Unido, Alemanha, China, Rússia, Tailândia, Grécia, Bélgica, Portugal e Áustria. Segundo os desenvolvedores, o sistema procura se distinguir por ser um projeto inovador de alojamento em residências e apartamentos profissionalizados, que responde às necessidades crescentes de uma nova geração de viajantes e anfitriões. Os primeiros buscam novas experiências de alojamento, com elevados padrões em matéria de hospedagem e tecnologia. Os últimos estão interessados em dar um atendimento bom e pessoal, além de fornecer serviços especiais de alta classe, que, por sua vez, promovam um amor especial pelas artes, a ecologia e a cultura.

O diferencial de Pied à Terre em seu modelo de negócio é que incorpora inovações para atualizar as demandas de instalações e experiências que exigem e esperam as novas gerações de viajantes. Os fornecedores incluem serviço de portaria permanente que vai funcionar 24/7 para os viajantes e anfitriões. São definidos, também, padrões na qualidade dos insumos, rotinas e serviços oferecidos nas propriedades graças à introdução do conceito de “móveis de casa”, que é necessário para garantir os padrões de qualidade; e a implementação de um braço promotor permanente, responsável pela concepção e comercialização de rotas de viagem e circuitos especiais de propriedades localizadas ao redor do mundo.

O Diretor Internacional da plataforma, Luigi Galli, revelou, ao realizar o lançamento, o primeiro evento internacional apresentado por Pied à Terre. Concurso de fotografia, literatura e ecologia chamado: “The World We Live In“, com o objetivo de convidar que as novas gerações de viajantes do mundo todo participem. O concurso pretende destacar e modelar o significado do “mundo onde vivemos” através de uma fotografia inspiradora ou de reflexão, um poema que reflita o sentimento estético da foto, crônicas de viagens que reúnam as diferentes realidades do mundo, e a apresentação de um projeto que exponha uma solução para os problemas relativos à preservação do equilíbrio ecológico do mundo.

A cerimônia de premiação do concurso será realizada no dia 29 de maio de 2018 no Castelo Chambord localizado no Vale do Loire, na França, o prêmio para o primeiro lugar será de $25.000 dólares; mais viagem, hospedagem e transporte por 3 noites para o vencedor e um acompanhante. Para concluir o evento exclusivo, o sócio fundador Francisco de Paula León anunciou o primeiro patrocínio que Pied à Terre realizará para uma Conferência Internacional que promova a Paz Mundial, realizada em Morelia, Michoacán nos dias 9 e 10 de dezembro de 2017.