Futuro da publicidade: 9 desafios para os profissionais de marketing

0
74
usuário consulta smartphone Foto: Pixabay
Especialistas apontam estratégias para superar os limites impostos por bloqueadores, que impactam o futuro da publicidade

Radar do Futuro

“Se a publicidade quiser ter sucesso no futuro precisa descobrir como contornar os bloqueadores de anúncios para fornecer seu conteúdo. O alerta é de um artigo publicado pelo site AdAge. Segundo o texto, os sistemas que impedem a veiculação de anúncios de hoje são tão eficazes que podem até mesmo interromper a publicidade nas redes sociais. Alguns navegadores até vêm com esses bloqueadores de anúncios embutidos, tornando mais difícil para os anunciantes transmitirem uma mensagem ao seu público.

É um cenário diferente dos primórdios da internet, quando uma empresa podia ganhar muito dinheiro vendendo anúncios para um mercado novo e interessado. Os profissionais de marketing se reuniam online para experimentar essa nova forma direcionada de divulgação. No entanto, com o tempo, os anúncios tornaram-se desagradáveis, fazendo com que muitos usuários comecem a instalar add-ons em seus navegadores para bloquear anúncios.

Com o objetivo de levantar alternativas, o site recorreu ao painel de especialistas do Ad Age Collective, que reúne que têm profundo conhecimento da indústria de publicidade online. Eles foram apresentaram respostas sobre como os bloqueadores de anúncios podem mudar o futuro da publicidade e como as empresas devem se ajustar a essa nova realidade.

Recomendações

Aqui as opiniões sobre o que os especialistas esperam ver nos próximos anos:

Um foco maior na utilidade do consumidor
É tudo uma questão de utilidade para o consumidor. As marcas podem procurar incorporar uma variedade de canais diferentes para alcançar seus consumidores e usar ess’es caminhos para dar-lhes algo de valor. Quando você agrega valor de maneira personalizada, seu cliente aprende a confiar que sua mensagem e o esforço para chegar até eles têm em mente os melhores interesses deles.

Um impulso contínuo para anúncios de voz e indicações
Vejo um impulso contínuo para anúncios de voz e indicações ​​em plataformas de áudio, especialmente podcasts. Os podcasts são um meio opcional e estudos provaram que os ouvintes preferem ter anúncios do que não os ter. Também é incrivelmente eficaz em gerar conversões, alcançar públicos incrementais e elevar marcas.

Maior personalização com base nos dados de intenção do comprador
A razão pela qual as pessoas bloqueiam anúncios online é que muitas vezes veiculam anúncios totalmente irrelevantes. Cabe às empresas fazer o trabalho braçal e aprender o que realmente interessa a seus compradores em potencial, além de fornecer conteúdo de anúncio que atenda a essas expectativas. Os profissionais de marketing podem aproveitar os dados de intenção do comprador para personalizar anúncios com base nos interesses do cliente potencial e no estágio da jornada do comprador.

Integração direta de produtos no conteúdo
Para atingir efetivamente públicos avessos a anúncios, as marcas devem integrar os produtos diretamente ao influenciador, filme, televisão e conteúdo de streaming. Com mais conteúdo produzido a cada dia, os profissionais de marketing devem usar inteligência Artificial para filtrar e identificar as parcerias mais eficazes. Esta combinação de experiência humana e tecnologia inspirará campanhas publicitárias autênticas que alcançarão públicos engajados e garantirão o máximo retorno do investimento.

Maior foco no conteúdo criativo sem interrupções
Os anunciantes devem estar atentos às mudanças de comportamento do consumidor e adaptar seu estilo de comunicação. As maiores necessidades do consumidor são conteúdo e nenhuma interrupção. Usar soluções de tecnologia para navegar em torno do “bloqueio” pode não levar a conexões que levem a relacionamentos. Em vez disso, os anunciantes devem ser inteligentes ao trazer criativos adicionais e conteúdo relevante sem interrupções.

Gerenciamento de conformidade sempre ativo e anúncios baseados em ética
A questão deveria ser como será a nova era da publicidade baseada no consentimento do consumidor. Com o GDPR e o CCPA atraindo os anunciantes a entrar no jogo mais rapidamente, o futuro é o gerenciamento de conformidade sempre ativo e a publicidade baseada em ética. Ferramentas como SafeGuard Privacy, Brave Software e NYIAX são soluções a serem consideradas enquanto os anunciantes consideram como conduzir um futuro melhor de anúncios.

Um aumento contínuo de conteúdo e marketing de influenciador
O marketing de conteúdo e o marketing de influenciadores continuarão a crescer. Ao produzir conteúdo de que as pessoas precisam e que procuram, seu conteúdo se torna o anúncio. Com os influenciadores, as pessoas buscam ativamente suas opiniões, então o conteúdo que produzem também se torna o anúncio. Os bloqueadores de anúncios não podem bloquear conteúdo.

Mais foco na publicidade contextual
Já existem etapas sendo tomadas para criar anúncios eficazes e relevantes sem depender de dados comportamentais do usuário. Ferramentas de inteligência contextual estão sendo desenvolvidas para mostrar anúncios em uma página com base no contexto e conteúdo da página. Dessa forma, as empresas ainda exibirão anúncios relevantes que levam a conversões, mas sem infringir as informações pessoais do usuário.

Anunciantes e editores trabalhando juntos
A publicidade continua sendo uma parte crítica do financiamento da publicação, então o jogo do gato e do rato continuará. Anunciantes e editores trabalharão juntos para encontrar maneiras de melhorar a relevância para seus respectivos públicos por meio de conteúdo, valor agregado, segmentação aprimorada, permissões e muito mais. Existem muitas ferramentas no arsenal para atingir os consumidores, pois o incentivo para isso sempre permanecerá.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.