Cinco vantagens de usar a telemedicina

0
708
Tecnologia regulamentada por conta do coronavírus é opção para quem precisa de atendimento médico e não quer sair de casa. Ilustração: Pixabay
Tecnologia regulamentada por conta do coronavírus é opção para quem precisa de atendimento médico e não quer sair de casa Ilustração: Pixabay

A chegada da pandemia do coronavírus no Brasil trouxe uma série de novos costumes para todos, desde o uso de máscaras até a limpeza profunda de produtos embalados comprados no mercado. Outra mudança foi o início da telemedicina no país, que foi reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e regulamentada em março pelo Ministério da Saúde temporariamente.

Entretanto, algumas pessoas ainda ficam com o pé atrás em relação a telemedicina por ser uma ferramenta consideravelmente nova. Isso é totalmente compreensível, mas neste momento as consultas e tratamentos feitos pela internet estão ajudando a desafogar a demanda dos hospitais que estão concentrados no atendimento de pessoas infectadas com a COVID-19. A seguir, Gilberto Barbosa, diretor de marketing de VidaClass aponta algumas vantagens deste modelo que pode ser o futuro da medicina até mesmo depois da pandemia:

1 – Praticidade

Já imaginou se consultar com um pediatra, um cardiologista e até mesmo umfisioterapeuta sem sair de casa? Com a telemedicina é possível ter o atendimento de vários profissionais da saúde apenas usando a internet e tendo acesso a uma plataforma de atendimento online, como a VidaClass, plataforma que oferece consultas com diversos médicos e de uma forma muito prática. Para usar, basta acessar a plataforma, fazer o cadastro, aceitar os termos e condições de uso, selecionar o profissional da saúde da especialidade desejada, agendar a consulta, efetuar o pagamento com o cartão de crédito e logo depois já poderá ser atendido.

2 – Prática é recomendada por médicos

Segundo um levantamento feito com mais de 2 mil médicos pela Associação Paulista de Medicina, 90% dos profissionais recomendam o uso de ferramentas de telemedicina que possuam alto padrão de segurança, a pesquisa revela também que os médicos acreditam que a tecnologia beneficia o SUS, pois diminuem as filas de espera nos hospitais.

3 – Preços

Algumas consultas médicas presenciais podem custar muito para o bolso do consumidor e a telemedicina geralmente tem um custo mais acessível. A VidaClass oferece consultas a partir de R$ 35 e exames a partir de R$ 2,80; serviços de telemedicina que promovem consultas por videochamadas além de seguros que garantem internação hospitalar, vida e assistência e produtos que disponibilizam descontos e entrega em domicílio de medicamentos. Esse tipo de atendimento também pode ser um suporte para os quase 170 milhões de brasileiros que não possuem plano de saúde e que precisam de algum tipo de consulta médica

4 – Evita aglomerações

Todos os hospitais do Brasil estão com uma concentração grande de pacientes contaminados pela COVID-19, então se você não apresenta os sintomas da doença mas quer se consultar com algum médico de outra especialidade, ir ao hospital pode ser perigoso. Com o atendimento totalmente online, a telemedicina evita que as pessoas se exponham ao vírus e tenham uma consulta segura e eficaz dentro de suas próprias casas.

5 – Fácil acesso

Se engana quem pensa que as ferramentas de telemedicina só podem ser acessadas por um computador ou notebook, é possível usar a tecnologia no celular também. A VidaClass, por exemplo, possui um aplicativo disponível para celulares Android e IOS, no qual é possível agendar as consultas e realizar o atendimento totalmente no celular, basta ter uma conexão firme, seja por Wi-Fi ou dados móveis.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.