IA poderá prever com antecedência as condições do ar. Foto: Pixabay.

IA poderá prever com antecedência as condições do ar. Foto: Pixabay.

A inteligência artificial (IA) pode ser incorporada para melhorar a qualidade do ar nas cidades. Essa é a aposta da equipe de pesquisa da Breeze, que identificou quatro áreas nas quais a IA pode ser utilizada. Inicialmente, a startup está empenhada em medir e melhorar a qualidade do ar com resultados transparentes.

Localizada em Hamburgo na Alemanha, a startup desenvolve sensores que podem ser instalados em qualquer local, capazes de medir fuligem, óxidos de nitrogênio, amônia, ozônio ou material particulado, entre outros poluentes, e identificar a sua origem. Os dispositivos são pequenos e de baixo custo. Um portal local publica os dados coletados em tempo real e mantém os moradores atualizados sobre a qualidade do ar a qualquer momento.

A Breeze também criou um catálogo com 3.500 medidas que pode ajudar as cidades e comunidades a melhorar qualidade do ar em suas áreas. Além disso, criou um laboratório experimental de inteligência artificial para enriquecer o projeto, com o apoio do programa AI for Earth. Para isso, a Breeze recebeu U$ 12 mil em créditos de nuvem a serem utilizados na configuração de um novo ambiente de desenvolvimento de aprendizado de máquina no Azure.

A IA deve melhorar significativamente a qualidade dos dados de mensuração e produzir uma imagem ainda mais precisa dos dados do local, medindo os erros de medição de dispositivos individuais, excluindo influências ambientais dos dados do sensor. Além disso, a IA será capaz de prever a necessidade de reparação ou substituição dos sensores.

A IA poderá, ainda, ajudar em previsões precisas sobre o desenvolvimento da qualidade do ar no futuro, como conectar dados meteorológicos a informações nas estações de medição. Com isso, pessoas doentes ou sensíveis às mudanças no clima, poderão se preparar com antecedência para tais condições.

Além disso, a IA ajudará a simplificar a oferta de consultoria da startup, calculando precisamente quais das medidas identificadas podem melhorar a qualidade do ar em determinado local da melhor forma. Atualmente, projetos pilotos estão em andamento em Hamburgo, Moers e Neckarsulm, na Alemanha.

Sobre o AI for Earth

O AI for Earth é um programa da Microsoft que auxilia pesquisadores e organizações na utilização da inteligência artificial para desenvolver projetos com a finalidade de proteger a água, a agricultura, a biodiversidade e o clima.

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.