Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia tem edital aberto

0
477

Até o dia 26 de julho, estão abertas as inscrições para o Edital CoMciência de Ocupação em Arte, Ciência e Tecnologia, chamada do programa de divulgação científica do MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal.

O edital é um convite para artistas, cientistas e demais criadores e pesquisadores proporem ocupações criativas em espaços do Museu das Minas e do Metal, assim como também de forma virtual, por meio de tecnologias digitais (realidade aumentada, aplicações em celulares, realidade virtual, sites e demais plataformas digitais), com projetos que transitem nos limites entre arte, ciência e tecnologia, com a potência de suscitar novas perguntas e reflexões à humanidade e ao mundo em que se insere e transforma.

Nesta segunda edição do edital, o MM Gerdau conta com a parceria institucional do Festival de Arte Digital (FAD), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep).

“Cristais do Tempo: emergências nas fissuras do presente”. Essa é a temática escolhida para 2020, pelos curadores Alexandre Milagres e Tadeus Mucelli, que traz a provocação sobre a emergência propositiva nas fissuras do presente, como cristais de tempo, capazes de quebrar as simetrias entre passado, presente e futuro. Uma reconstrução enquanto proposta de coletividade e humanidade.

Propostas

Podem se inscrever na chamada todos os interessados das diversas áreas, brasileiras e estrangeiros, na forma de inscrições individuais ou coletivas (representada por um único integrante), até 26/07/2020, pelo site do programa: www.programacomciencia.org.br

Os projetos selecionados poderão receber prêmios entre R$3 mil a R$15 mil, de acordo com a trajetória do proponente e auxílio para a execução entre R$500 e R$15 mil, a depender do estágio de desenvolvimento do trabalho.

Serão aceitas propostas relacionadas aos temas:

a) Biologia – microbiologia, genética, comportamento de plantas e animais, o corpo, processos cerebrais-corporais, tecnologias imagéticas do corpo, medicina;
b) Ciências físicas – física das partículas, energia atômica, geologia, física, química, astronomia, ciências espaciais e tecnologia GPS, nanotecnologias;
c) Matemática e algoritmos – fractais, arte genética, vida artificial, inteligência artificial;
d) Cinética – eletrônica conceitual, instalações sonoras e robótica;
e) Telecomunicações – telefonia móvel, rádio, telepresença, web arte, netart telemática, etc.;
f) Sistemas digitais – mídias interativas, realidade virtual (VR), realidade aumentada (VA), sensores alternativos – tato, movimento, olhar, características pessoais, ativação de objetos, som 3D, fala, visualização científica, visualização de dados, vigilância, sistemas de informação, IoT – internet das coisas etc.;

A exposição dos artistas selecionados está prevista para acontecer de dezembro a março de 2021.

Valorização da ciência e da arte

“O edital é uma ação ímpar de divulgação científica, com abrangência internacional. O sucesso da exposição em 2019 foi um reflexo de como a arte, a ciência e a tecnologia são linguagens que se integram e despertam o interesse das pessoas. Entendemos a importância de dar sequência ao edital em 2020, premiando os artistas e valorizando a ciência, principalmente em um ano tão desafiador”, afirma Márcia Guimarães, gestora do MM Gerdau.

Para Tadeus Mucelli, um dos curadores do edital, iniciativas como esta são fundamentais neste momento em que arte e ciência são necessárias ao nosso presente tão provocativo. “O edital coMciência em 2020 se materializa como um dos mais importantes canais de fomento em ArtSci do nosso país e desempenha um papel muito importante neste momento. Arte e Ciência nunca foram tão essenciais como agora. Nosso olhar para esta edição se localiza no presente das coisas e processos existentes. Enquanto todos tentam antever um futuro, nos interessa no ‘hoje’, o que podemos fazer pelo amanhã”, afirma.

Alexandre Milagres, também curador do edital, completa que “voltamos nosso olhar para o protagonismo de artistas e cientistas em encontrar novos rumos e criar novas perspectivas para a forma como vivemos. Passamos muito tempo presos ao ‘agora’, ao instantâneo, com o presente colado ao futuro, invariável em sua passagem. Precisamos mais do que nunca de obras que quebrem a simetria entre passado, presente e futuro, como os ‘cristais de tempo’ da física teórica, restabelecendo ao presente sua potência propositiva e transformadora.”

Live com os curadores

Para debater o tema do Edital e tirar dúvidas dos artistas, os curadores estarão em uma live no canal no Youtube do MM Gerdau, dia 15/07, às 18h.

Participe: https://www.youtube.com/watch?v=OnmOBid6fMU

Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.