Vencedores levam tudo

    579

    “Vencedores levam tudo” (winners take all) é uma tendência econômica resultante da desregulamentação excessiva dos mercados, que possibilita a grandes grupos econômicos dominar setores inteiros. Empresas de tecnologia da informação, como Google, Facebook, Alibaba, Microsoft, Apple e IBM, entre outros, são exemplos do processo de influência global, que reduz ou elimina a possibilidade de concorrentes.

    Em outros setores produtivos, a visibilidade da tendência é dada pelas “fusões e aquisições”. A crise gerada pela pandemia acelerou os processos de negociação entre empresas. De um lado, há os setores que foram afetados de forma negativa pelo fechamento de mercados, como o aéreo, turismo, lojas físicas e serviços pessoais, dependentes de capital para sobreviver.

    Por outro lado, as empresas mais fortes aproveitam o momento para ganhar mercados, como os de tecnologia, grandes magazines, indústria farmacêutica e grupos de saúde, incluindo hospitalares, para acelerar o crescimento e aproveitar as oportunidades.

    Participe das conversas sobre o futuro. Deixe a sua opinião

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.