relacionamentos futuros ciborgues conversas do futuro 870x350

Você ainda terá um robô para chamar de seu colega. E ele pode dirigir quando vocês saírem para um happy hour da empresa. Co-workers são algumas das tendências dos insights do Radar do Futuro. Confira o que vem por aí.

newsletter

Carlos Teixeira

 

Bem-vindo à era do colega de trabalho robótico inteligente

Se você não pode derrotar o inimigo, alie-se a ele. Você ainda vai convidar um colega robótico para o seu happy hour. Entenda os fatos: A tecnologia não precisa ser encarada exatamente como uma inimiga. Mas enquanto uma grande maioria de analistas de tendências tenta decifrar os efeitos das inovações sobre o futuro dos empregos, saiba que robôs, inteligência artificial, drones, algorítimos podem ser seus companheiros de trabalho, seus co-trabalhadores.

Black Friday na trilha digital

Um número significativamente menor de membros da geração do milênio pretende fazer compras em lojas físicas no próximo Black Friday. Apenas 35%, contra 61% em 2015. Os dados são dos Estados Unidos, divulgados pelo site AdWeek. Segundo a pesquisa divulgada, a surpresa deste ano foi a queda no showrooming, processo em que o consumidor verifica os produtos em lojas físicas e realiza as compras on-line.

Regulamentação das fintechs

Presidido pelo ex economista-chefe do banco Itaú, Ilan Goldfajn, o Banco Central pretende criar uma regulamentação para as fintechs, as startups concorrentes de base tecnológica dos bancos tradicionais. O diretor de Regulação do BC, Otavio Ribeiro Damaso, diz que que a instituição tem trabalhado “intensamente” na agenda de inovação. A intenção é de estabelecer uma regulação light. Não deve haver dúvida de que algum nível de regulação é necessário e, inclusive desejável. A incerteza é sobre se limitações e controles serão passíveis de realização.

Mais sentidos na realidade virtual

A próxima evolução radical da realidade virtual pode chegar através do nariz ou boca. Ou dos dois. A exploração dos sentidos está à caminho. Uma equipe de pesquisa da Universidade Tecnológica de Nanyang, em Cingapura, apresentou um estudo que examina como a tecnologia pode influenciar o comportamento alimentar de uma pessoa com alimentos virtuais. Os cientistas descobriram que adicionar os dois sentidos à experiência tem um efeito sobre a necessidade humana de saciar os desejos”.

Pílula digital: engula a tecnologia

O departamento de administração de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos aprovou o lançamento da primeira pílula digital no país. O remédio tecnológico rastreia se os pacientes tomaram a medicação. A pílula chamada Abilify MyCite, está equipada com um pequeno sensor ingerível que se comunica um aplicativo de smartphone que o paciente pode carregar voluntariamente em um banco de dados para o seu médico e outras pessoas autorizadas para monitoramento. O Abilify é uma droga que trata a esquizofrenia, transtorno bipolar e é um tratamento complementar para a depressão.

Inovação em cana de açúcar

Em 2018, o  Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) lança variedades de cana resistentes a insetos. Segundo o informe do instituto de pesquisas, haverá maior produtividade e menor uso de inseticidas, além de economia de mão de obra, máquinas, combustível e água. O anúncio anima os acionistas, entre eles fundos de investimentos. No entanto, para cientistas, especialistas em saúde coletiva e meio ambiente, é uma preocupação a mais, porque estudos comprovam que haverá impactos ambientais e para a saúde da população.

Casamentos em queda

O número de casamentos civis caiu 3,7% em 2016, na comparação com o ano anterior. . Foram 1.090.181 entre pessoas de sexos diferentes e 5.354 entre pessoas do mesmo sexo. A pesquisa Estatísticas do Registro Civil 2016, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela também a queda do número de nascimentos. Em 2016, a pesquisa apurou que foram concedidos 344.526 divórcios em 1ª instância ou por escrituras extrajudiciais, um aumento de 4,7% em relação a 2015, quando foram registrados 328.960 divórcios.

Ainda em 2016, foram registrados 2.793.935 nascimentos no Brasil, uma redução de 5,1% na comparação com 2015, quando foram contabilizados 2.945.344 nascimentos. Foi a primeira queda desse número desde 2010.

Tradução instantânea: a guerra dos inovadores

Uma série de startups de pequeno porte aderiu à corrida pelo desenvolvimento de fones de ouvidos com recursos para tradução de conversas em tempo real. Há uma corrida pelas oportunidades, que vão afetar o segmento mais rapidamente do que imagina a vã filosofia dos tradutores humanos. As grandes da TI se movimentam também. Como a Microsoft que também desenvolve uma solução, integrada ao Skype (tudo bem, que ainda é alvo de críticas). O Google, que tem aprimorado o software do Google Translate, desenvolve habilidades de tradução de voz ao vivo desde 2015. E agora prepara o lançamento de novidades que possibilitarão traduzir conversas em 40 idiomas.

Leituras & Insights

A sociedade viverá nos próximos anos o dilema entre tecnologias e o humanismo

Robôs não roubam empregos dos trabalhadores. Nem a automação, menos ainda a inteligência artificial ou os drones. Promova um novo olhar para as manchetes de jornais, revistas, televisões, portais e sites de notícias sobre o poder de eliminação de empregos das tecnologias. Os verdadeiros responsáveis pelo fim de vagas no mercado de trabalho são outros. leia agora

O que o futuro reserva para os jornalistas

E-book produzido pelo Radar do Futuro revela as principais forças que provocarão transformações na atividade no futuro. Além de impactos das tecnologias, mostra que a concorrência com outras áreas tende a gerar os maiores estragos na sobrevivência da profissão. Clique aqui para receber o e-book completo.