Com ajuda da FIEMG, empresas vão lançar a marca Polo de Lingerie de Taiobeiras
Com ajuda da FIEMG, empresas vão lançar a marca Polo de Lingerie de Taiobeiras

Radar do Futuro

Localizado no Norte de Minas, a 263 km de Montes Claros, o município de Taiobeiras está se transformando em um polo nacional de confecção de lingerie, contando com 107 microempresas do setor, gerando cerca de 400 empregos diretos.

Quase a totalidade das empresas (96%), são comandadas por mulheres, que começaram a produzir as peças informalmente, como uma fonte de renda extra ou para ficar mais perto da família. “Eu estava para casar e trabalhava muito longe, então comecei a costurar para ficar mais perto da família”, conta Cleusa Gonçalves da Silva, da Luiza Gabrielly Lingerie. Cleusa começou com três máquinas, e hoje sua empresa conta com 19 equipamentos.

Diva Luiza de Oliveira, da Divas Lingerie, começou a costurar peças íntimas para manter a renda, quando perdeu o emprego em uma fábrica de sofá onde trabalhou por 12 anos. “Comprei uma calcinha, desmanchei e fiz o molde. Costurei e descobri que poderia fazer lingerie”, conta a empresária. Ela tinha apenas uma máquina de zig zag, aos poucos foi comprando mais equipamentos, e hoje conta com sete máquinas. Começou sozinha e já está com duas empregadas. “No início foi difícil, mas com força de vontade a gente consegue tudo, não é mesmo?”, fala.

“D. Diva”, como é chamada, ressalta o trabalho realizado pela AMIP (Associação de Moda Íntima e Praia de Taiobeiras), que fortaleceu o setor na região e ajudou as empresas saíssem da informalidade.

A AMIP foi criada após o SEBRAE Minas ter identificado a potencialidade econômica do local, que sugeriu a criação do Departamento de Desenvolvimento Econômico e depois da Associação, que conta com 23 empresas.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Taiobeiras, Jaime Uilson Lopes, as cadeias produtivas do município, que envolvem a produção de café, temperos, papel higiênico, toalhas e guardanapos de papel, agricultura e a moda íntima e praia, entre outros, têm muito o que mostrar para o Estado. “O município tem várias cadeias produtivas, mas a lingerie, de uma forma especial, tem feito com que a nossa economia comece a alavancar. Acredito que com o conhecimento transmitido pela FIEMG vamos conseguir crescer cada vez mais, gerando oportunidade para as pessoas e qualidade de vida para essas mulheres batalhadoras, pioneiras regionais, que abriram suas empresas gerando emprego, renda e desenvolvimento social”, observa Jaime Lopes.

Fiemg: construção de valor da marca

Para que essas empresas tivessem competitividade no mercado, o Sistema FIEMG, através do PCIR- Programa de Competitividade Industrial Regional, desenvolveu, com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da cidade o Programa de Branding para o Setor de Confecção de Têxtil de moda íntima em Taiobeiras para onze empresas da AMIP.

A ação, que foi desenvolvida em parceria com o SEBRAE MG e a Prefeitura Municipal, começou em outubro do ano passado e contou com uma programação extensa que envolveu reuniões com as empresas, entrevistas individuais, realização de diagnóstico, planejamento estratégico, benchmarking (os participantes do programa visitaram a cidade de Juruaia, outro Polo de Lingerie mineiro), ações sobre governança, entre outras.

“O Programa me ajudou a definir caminhos, deliberar minha identidade – algo que valorizo muito -, além de perceber o perfil dos meus clientes. Acredito que vai nos ajudar na fabricação de peças de grande valorização no momento e conquistar mercado”, destaca Adriana Anastácia, da Mima, empresa especializada em peças destinadas às mulheres grávidas.

O presidente da FIEMG Regional Norte, Adauto Marques, explica que o trabalho de branding realizado pelo PCIR impacta diretamente no aumento da competitividade do setor de Confecção de Têxtil da região e, através dessas ações, pretende-se aprimorar o posicionamento de marca, construir e aumentar seu valor intangível e, principalmente,  fortalecer a mulher empreendedora que, no caso de Taiobeiras, tem atuação destacada. “Investir em branding é importante para ajudar a aumentar a percepção de valor que o cliente tem em uma marca e seus produtos”, destaca Marques.

Em junho desse ano, aconteceu a última etapa do trabalho de branding, com a entrega completa da Identidade Visual e da primeira versão do site que divulgará o segmento. O encerramento e o reconhecimento de todo esse trabalho poderá ser conferido no dia 27/07, quando acontecerá o lançamento da marca do Polo de Lingerie de Taiobeiras, no espaço de eventos Avenida Hall. Com presença de digital influencers, haverá um desfile de moda e dicas de consultoria para empresários.

Durante o evento, as 11 empresas participantes do programa, vão receber da FIEMG a marca de identificação de Polo de Lingerie. A marca passará a identificar os produtos fabricados no município, aumentando sua competitividade no mercado.


Lançamento da marca Polo de Lingerie de Taiobeiras
Dia: 27/07/2018
Horário: 20h
Local: Avenida Hall – Rua Mato Grosso, 350 – Sagrada Família – Taiobeiras/MG